Reversa

Dez por cento dos produtos comprados no Brasil são devolvidos, por diversos motivos. A conclusão é do estudo Políticas de logística reversa em empresas que atuam no Brasil, apresentado no Fórum Internacional de Logística Reversa. Ainda segundo a pesquisa, em metade desses casos a solução do problema ocorre em, no máximo, uma semana. Os dados são citados pela Direct Express, para destacar a importância da logística reversa, que inclui o uso de dispositivos móveis, com tecnologia WAP, para alimentar  bancos de dados.

Escassez relativa
“Escassez de engenheiros: realmente um risco?” Esta é a pergunta que o Ipea procura responder em publicação que lançará na quarta-feira. Alguns setores empresariais e da mídia têm alardeado que, no caso de a economia brasileira crescer muito, poderá haver uma generalizada escassez de mão-de-obra especializada, particularmente de engenheiros. Entretanto, o órgão constata que, atualmente, há no Brasil cinco engenheiros em outras ocupações para cada dois que trabalham nas ocupações que lhes são típicas.

Remédio alvinegro
Em alta depois de derrotar o Flamengo e garantir vaga na final da Taça Guanabara, o Botafogo voltará a exibir um patrocinador no seu uniforme, neste domingo, quando decide a Taça Guanabara, no Maracanã, com o Vasco da Gama. A Neo Química Genéricos, do setor de remédios genéricos e que já patrocina outros clubes, como Corinthians e Goiás, fechou o patrocínio para exibir sua marca no uniforme do Glorioso. A marca, comprada pela Hypermarcas em dezembro de 2009, será estampada no peito e nas costas da camisa do time. Os uniformes da comissão técnica e coletes dos jogadores reservas também exibirão o patrocínio, que vale apenas para a final da Taça Guanabara. A torcida, porém, espera que o futebol do time seja original.

Outra chance
Aos que pretendem brigar para receber a correção monetária da caderneta de poupança da época do Plano Collor têm até o final deste mês para ir à Justiça, alerta o escritório de advocacia Dezontini. A recomendação é ter em mão os extratos para entrar com a ação de cobrança. Caso não consiga os extratos dentro do prazo – os bancos costumam dcemorar 30 dias, isso quando atendem ao pedido dos correntistas – a saída é entrar com ação cautelar de exibição de documentos. Mas, para isso, o cliente precisar ter em mãos algum comprovante de existência da conta, como a declaração de Imposto de Renda da época.

Ameaça real
Em lugar de cultivar os maus modos dos impérios de darem pitacos sobre os países dos outros, a secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, que se declarou preocupada com os riscos de “uma ditadura militar no Irã”, devia estar mais atenta aos efeitos do “complexo militar-industrial” em sua própria casa. Caso, apesar do posto que ocupa, desconheça os riscos dessa maldição, pode ler, na biblioteca da Casa Branca, o discurso que o então presidente dos EUA, o general Dwight David Eisenhower, “Ike” para os íntimos, fez, em 1961, na despedida dos seus oito anos de governo.

Mal concentrado
Ex-comandante das tropas da Otan de com grande experiência com o alto escalão do poder militar e político dos EUA, Eisenhower, após relatar a crescente influência da estrutura militar e de grandes grupos econômicos estadunidenses nas esferas do poder, alertou: “Nas esferas da governo, devemos proteger-nos contra a aquisição de uma influência indesejada, procurada ou não, por parte do complexo militar-industrial. Existe, e permanecerá, o potencial para um surto desastroso de poder mal concentrado. Não devemos nunca permitir que o peso dessa conjugação ameace as nossas liberdades ou o processo democrático. Não devemos partir do pressuposto de que tudo esteja garantido.”

Foco errado
Por que, em vez de pressionar a Grécia a cobrar a conta do estouro da suas contas públicas dos seus cidadãos, impondo-lhes um brutal e inaceitável aperto fiscal, os burocratas da União Européia (UE) não obrigam os bancões que, ao estimularem a farra no parque de diversões tóxicas dos derivativos, provocaram a crise a assumir, ao menos, parte das perdas?

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBabalorixás
Próximo artigoPílula azul livre

Artigos Relacionados

Plano B dos bilionários dos EUA

Fuga dos impostos, de Trump e dos bloqueios levam a dupla cidadania.

É a inflação, estúpido

Preços não dão trégua a Bolsonaro em ano de eleição.

Brasil: 3% da população, 6% dos desempregados do mundo

Pode colocar na conta de Bolsonaro–Guedes.

Últimas Notícias

Correspondentes bancários são punidos por irregularidade em consignado

Sidney: 'assédio comercial leva ao superendividamento do consumidor; isso não interessa a ninguém, nem ao consumidor nem aos bancos'.

Inadimplência cresce e atinge 61,94 milhões de brasileiros

Número de inadimplentes no país teve crescimento de 5,59% em comparação a abril de 2021; média das dívidas é de R$ 3.518,84.

Inflação permaneceu elevada em todas as faixas de renda em abril

Variação foi entre 1% para famílias de renda mais alta e 1,06% para mais baixas; dinheiro é maior preocupação de três em quatro brasileiros.

Mercados globais operam no negativo com dados decepcionantes de China

Notícias de Xangai e IBC-Br também ficam no radar.

Tome cuidado com a moda das criptomoedas

Por Florêncio Ponte Cabral Jr.