Rio na Mídia

O Rio de Janeiro foi escolhido pela Associação Mundial de Jornais (WAN, na sigla em inglês, como é  mais conhecida) para ser a sede do próximo encontro anual de jornais promovido pela entidade, no ano 2000. O anúncio foi feito por Jayme Sirotsky, embaixador sênior da WAN. A associação encerrou ontem o 52º Congresso Mundial de Jornais e o 6º Fórum Mundial de Editores, que reuniram mais de 1.100 proprietários e editores de jornais de 88 países em Zurique, Suíça. O encontro no Rio acontecerá de 11 a 14 de junho, como parte das comemorações dos 500 anos do descobrimento do Brasil. A WAN, que tem sede em Paris, é uma organização mundial que congrega a indústria jornalística, além de defender a liberdade de imprensa. A entidade representa 15 mil jornais e dentre seus associados estão 58 associações de jornais, executivos de 93 países,17 agências de notícias e sete grupos de imprensa regional.

Desestímulo
O diretor responsável pelo serviço de Assistência 24 horas da Sul América, Roberto Wanderley da Nobrega, previu que, se o ICMS sobre telecomunicações do Rio não for reduzido, além de ser difícil manter as já instaladas, nenhuma operadora deverá montar centros de comunicações no estado. Nobrega ressalta que a Sul América vai continuar no Teleporto do Rio, mas com ICMS de 38%.- fixado nesse patamar pelo governador Marcello Alencar – acha pouco provável que seja seguida por outras operadoras.

O petróleo é vosso
Do bilionário Paul Getty: “O melhor negócio do mundo é uma indústria de petróleo bem administrada. O segundo melhor é uma indústria de petróleo mal administrada.”

Candidato
Em artigo na página OPÇÃO BRASIL, terça-feira passada, no MM, o deputado federal Luiz Alfredo Salomão (PDT-RJ) revelou que, entre seus projetos políticos, se inclui a disputa aos cargos de prefeito e governador. Não adiantou se já é um passo para a próxima eleição.

Quarto Mundo
A insensibilidade social do governo FH e a falta de uma rede de segurança social provoca situações quase inacreditáveis. Segundo o presidente nacional do PMN, ex-deputado Celso Brant, “um desempregado na Bélgica ou na Holanda ganha hoje em um mês mais que um trabalhador brasileiro empregado recebe em dez meses”.

Interesse$
O jornalista Elio Gaspari criticou, em debate na Escola Superior de Guerra, os que, na mídia, tentam satanizar o Congresso por sua suposta deficiência, em contraponto a um suposto dinamismo do Executivo: “O conflito transita pelo Congresso; o interesse passa pelo Executivo. O Proer, por exemplo, transitou pelo Executivo”, comparou.

Caça a ex-alunos
A Associação de Ex-Alunos da Faculdade de Comunicação (ECO) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) está lançando uma campanha para localizar os cerca de 3 mil formandos da ECO, número que inclui graduação e pós-graduação desde o início do curso de Jornalismo da Faculdade de Filosofia da Universidade do Brasil. No próximo dia 7, a associação realiza o almoço-palestra “Bug do Milênio – Verdades e Crendices” com Angélica Fonseca, do Núcleo de Computação Eletrônica da UFRJ. Maiores informações podem ser obtidas com o presidente da associação, professor Sebastião Amoedo, pelo endereço eletrônico [email protected]

Paraíso
Dos 50 maiores contribuintes do Triângulo Mineiro, apenas oito pagam impostos ao governo do estado. Os outros 42 têm créditos a receber junto ao tesouro estadual. A denúncia foi apresentada pelo consultor jurídico do governo de Minas Gerais, Alexandre Dupeyrat, ao participar, ontem ,do IV Encontro da ESG com a Mídia, na Escola Superior de Guerra, no Rio. Dupeyrat destacou que a esdrúxula situação não se deve fundamentalmente a fraudes, mas a elisões fiscais, que beneficiam justamente contribuintes com maiores condições de pagar impostos.

Artigo anteriorBaratinho
Próximo artigoPalavras vazias
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.

Cem anos de Celso Furtado

A atualidade de um dos mais importantes intelectuais do planeta.

A Disneylândia espacial dos trilionários

Jornada nas estrelas escancara a desigualdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Taxar dividendos aumentou investimentos na França

Redução, nos EUA e na Suécia, só elevou distribuição de lucros.

Petroleiro tem maior produtividade da indústria no Brasil

Mesmo com setor extrativista, participação industrial no PIB caiu de 25% para 20%.

Exportação cresce, mas só com produtos pouco elaborados

Superávit de quase US$ 7 bilhões até a quarta semana de julho.

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.