33.1 C
Rio de Janeiro
sábado, janeiro 16, 2021

Rotatividade?

Embora o saldo de 230.956 vagas com carteira assinada criadas em outubro não deixe de ser positivo, o que mais chama a atenção nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados, segunda-feira, pelo ministro do Trabalho, Carlos Lupi, é o alto índice de demissões mês passado: 1.202.959. Esse número equivale a 46,7% das 1.433.915 admissões. Mais do que a geração de empregos, essa relação pode sinalizar a substituição de trabalhadores, provavelmente com salários maiores, por outros que recebam menos.

Independência
A entrevista-despedida de Mário Torós do Banco Central de volta à banca é reveladora da gramática do BC independente. Independente da sociedade, do governo e do Congresso Nacional – como um corpo para-estatal enquistado no aparelho de Estado – seus integrantes sentem-se à vontade para prestar contas apenas aos ex e futuros patrões.

Dominado
Apesar de algumas nuanças entre os dois nomes, a reação de quase indiferença do mercado financeiro pela troca de Torós por Aldo Luiz Mendes confirma que, independentemente de quem ocupa as cadeiras do BC, não muda o essencial para a banca: juros astronômicos como principal mecanismo de transferência de renda do setor produtivo para especuladores e rentistas, seja qual for o álibi mobilizado.

Fim da febre?
O número de acessos ao Twitter nos EUA caiu 8% em outubro, relata o Portal Imprensa Online. A rede de minimensagens, de acordo com levantamento da comScore, especializada em pesquisa em marketing, recebeu cerca de 19,2 milhões de visitantes, contra 20,9 milhões em setembro.

Desfile
Um personagem que marcou gerações – símbolo também de uma relação de colonialismo cultural – está de volta: Zé Carioca, o papagaio criado por Walt Disney no início dos anos 1940. Sugerido – não se sabe se por ironia – para ser símbolo da Olimpíada do Rio de Janeiro, Zé Carioca terá seu próprio carro alegórico na parada Momentos Mágicos Disney, evento inédito na América do Sul, que acontecerá na orla de Copacabana, no último domingo de novembro, dentro da campanha Rio Faz Bem Nestlé.

SOS Educação
No próximo dia 26, às 11h,  na sala 311, as Comissões de Trabalho, Consumidor e do Ensino da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) realizam audiência pública sobre a situação da Suesc. Na pauta, demissões em massa e  assédio moral, entre outras temas. No último dia 5, a Alerj já debatera a também grave situação da Candido Mendes.

Milagre chinês
Lula cita, em sua coluna “O presidente responde”, que o Brasil cresceu, no terceiro trimestre deste ano, em ritmo chinês. Bons tempos em que o Brasil era o modelo a ser lembrado quando o assunto era ritmo de crescimento da economia.

Imagem
Quem assiste a anúncio da Uniban (está no YouTube) com Cauby Peixto e Wanessa Camargo chega à conclusão que ser expulsa da universidade é quase um prêmio. Nem a narração de Fernanda Montenegro (ou uma atriz com voz idêntica) salva.

Alerta
Em agosto, ao anunciar que deixaria o cargo de diretor de Operações de Furnas, Fábio Resende criticou as ingerências políticas na estatal responsável pela distribuição de mais de 50% da energia do país. Resende alertou: há riscos para o bom funcionamento do sistema elétrico brasileiro. A Diretoria de Operação responde por 12 usinas, 49 subestações e 19 mil quilômetros de linhas de transmissão. Aliás, alguém viu, ouviu ou leu explicação do atual diretor, Cesar Ribeiro Zani, sobre o blecaute?

Alerta – 2
Na mesma batida, o engenheiro Osvaldo Nobre, com larga experiência na área de energia, alertou, em 2006, em artigo nesta página do MM: “Não reclamem de novo apagão nos próximos três anos!”

Artigo anteriorEducação x supermercados
Próximo artigoAmeaça crônica
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

Não foi a disrupção que derrotou a Ford

Mercado de automóveis está mudando, mas montadora sucumbiu aos próprios erros e à estagnação que já dura 6 anos.

Quantas mortes pode-se debitar na conta de Bolsonaro?

Se índice de óbitos por Covid-19 no Brasil seguisse a média mundial, teriam sido poupadas 154 mil vidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Varejo sente redução no auxílio e alta da inflação

Comércio ficou estável em novembro e quebrou sequência de recuperação.

Senado quer que Pazuello se explique

Pedido de convocação para cobrar ação do Ministério da Saúde no Amazonas.

Lenta recuperação na produção industrial dos EUA

Setor ainda está 3,6% abaixo do nível anterior à pandemia.

Realização de lucros em âmbito global

Bolsas europeias e os índices futuros de NY operam em baixa nesta manhã de sexta-feira.

Desaceleração deve vir no começo do primeiro trimestre

Novo pacote de estímulo fiscal, bem como o avanço da imunização, deve garantir reaceleração em direção ao final do período.