Sabotagem

Analistas ligados ao meio militar suspeitam que os dois recentes acidentes com o Veículo Lançador de Satélites (VLS) – o anterior e o de sexta-feira – foram atos de sabotagem. No primeiro caso, foi registrada a presença de um navio suspeito próximo das águas territoriais brasileiras. Os acidentes pode atrasar em até quatro o importante programa espacial brasileiro – que desagrada aos países que já detêm a tecnologia no setor.

“Gato”
Flagrado por um usuário usando sua linha telefônica, um operador da Telemar se recusou a interromper a ligação, que se estendeu por longos e inacreditáveis 17 minutos. Para justificar o abuso, o funcionário alegou estar fazendo um conserto na linha de outro usuário. Perguntado por que não se comunicava por um celular da empresa, o intruso, além de afirmar ser essa uma prática comum na empresa, retirou o som da linha do usuário,  enquanto continuava a conversa. No número chamado, 2554-8233 – identificado graças ao bina do usuário – minutos depois o atendente informou tratar-se de aparelho da Telemar. Apesar da ocorrência aberta, 217311879775, nenhum responsável pela concessionária conseguiu responder a uma simples questão: afinal, essa prática ilegal é autorizada pela empresa, ou iniciativa isolada do funcionário?

Meu nome é líder
O Prona conseguiu, com o presidente da Câmara dos Deputados, João Paulo Cunha (PT-SP), garantir o direito do partido à liderança, como esta coluna antecipara há dois meses. O líder será – claro – Enéas.

Esoterismo
A sequência de 11 pregões em alta da Bovespa, quebrada sexta-feira, mostra o quão frágil é esse tipo de indicador. Recorde idêntico fora alcançado entre 10 e 26 de abril de 1990, pouco mais de um mês do início da aventura de Collor. A razão do recorde na época, no entanto, pouco tinha a ver com os tais sólidos fundamentos macroeconômicos. Com a desconfiança instaurada após o confisco no primeiro dia de governo, boa parte dos investidores que conseguiu salvar seu dinheiro de Zélia & Cia migrou para ativos reais, como a bolsa.

Pão de queijo
O governador de Minas Gerais, Aécio Neves, será o homenageado do mês do Almoço do Empresário, na Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ), nesta segunda-feira. No menu, além de apresentar projetos de parcerias público-privadas, muita reforma tributária.

Pequenas causas
O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) é contra o anteprojeto de lei que pretende introduzir o Juizado Especial no âmbito da Justiça do Trabalho, com competência para valores correspondentes a 50 salários mínimos. A OAB considerou que o projeto é inconstitucional, uma vez que os juizados especiais foram contemplados na Constituição somente em matéria cível e em matéria criminal. Nos juizados de pequenas causas – como eram chamados – não há obrigatoriedade de contratar advogado.

Cinquentona
O Movimento em Defesa da Economia Nacional (Modecon) comemora os 50 anos da Petrobrás nesta segunda-feira com palestra do presidente da Associação dos Engenheiros da Petrobrás (Aepet) e vice-presidente do Modecon, Fernando Leite de Siqueira, na sede da Associação Brasileira de Imprensa (ABI, Rua Araújo Porto Alegre, 71 – 7º andar – Castelo – RJ).

Casa nova
O grupo Camargo Corrêa estréia no segmento de incorporação e construção de imóveis residenciais. A divisão Camargo Corrêa Desenvolvimento Imobiliário (CCDI), tradicionalmente associada a empreendimentos comerciais, reformulou a sua logomarca para a estréia no mercado residencial. Nesta sexta-feira entrou no ar o site (www.camargocorrea-ccdi.com.br) desenvolvido pela TV1.Com.

Explicações
O líder do governo no Senado, Aloizio Mercadante (PT-SP), será o entrevistado do programa Roda Viva, da TV Cultura, às 22h30 desta segunda-feira.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomenagem
Próximo artigoImagem

Artigos Relacionados

Falta de servidores traz prejuízo, inclusive financeiro

Fila de segurados no INSS vai engrossar precatórios em R$ 11 bilhões.

Desmonte do Estado se dá pelas beiradas

Miçangas e espelhos empurram reformas administrativas nos municípios.

O que vale pros precatórios vale pra dívida interna?

Se calotes são defensáveis, poderiam ser estendidos para os títulos públicos.

Últimas Notícias

Distribuição comercial: quais cláusulas e condições mais importantes?

Por Marina Rossit Timm e Letícia Fontes Lage.

Mercado corre do risco em momento de estresse

Se tem uma coisa que o mercado é previsível é com relação ao seu comportamento em momentos de estresse é aversão ao risco. “Nessa...

Petrobras: mais prazo de inscrição no novo Marco Legal das Startups

Interessados em participar do primeiro edital da Petrobras baseado no novo Marco Legal das Startups (MSL) poderão inscrever-se até o dia 12 de dezembro....

Canal oficial para investidor pessoa física na B3

A partir desta sexta-feira, a nova área logada do investidor da B3, lançada em junho, passa a ser o canal que centraliza todas as...

Fitch Ratings atualiza metodologia de Rating de Seguros

A Fitch Ratings, agência de classificação de risco, publicou nesta sexta-feira relatório de atualização de sua Metodologia de Rating de Seguros. Segundo a agência,...