Salles não tem um triplex

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, explica que sua florescente riqueza ocorreu com a valorização de um apartamento duplex (ou será dúplex?) comprado em mau estado e reformado. Nas contas do ministro, ele pagou R$ 2 milhões pelo imóvel e fez reforma que custou R$ 800 mil. Dividiu o duplex em dois imóveis independentes e lançou cada um no Imposto de Renda por R$ 3 milhões.

Arredondar o valor para explicar a valorização até é compreensível. Mas o milagre de multiplicar um imóvel de R$ 2,8 milhões (R$ 2 milhões de aquisição mais R$ 800 mil de benfeitorias) pode dar ao advogado Salles, travestido de engenheiro, problemas com o Leão. E olha que esse animal não é da fauna brasileira, da qual o ministro deveria entender.

Se o duplex (ou será dúplex?) reformado foi a – vá lá – R$ 3 milhões, cada um deveria ter sido lançado por R$ 1,5 milhão. Dividir para dobrar parece conta de quem tem o que explicar, o que é uma rima, mas não uma solução. Também carece de esclarecimentos a origem do dinheiro. Salles – que ocupou cargos públicos em boa parte da época em que viu seu patrimônio florescer – alega que atuou como advogado nos intervalos em que não recebia do Estado.

Condenado em primeira instância por improbidade administrativa em atos praticados durante sua gestão como secretário estadual de Meio Ambiente na gestão de Geraldo Alckmin (PSDB) em São Paulo, Salles está sendo investigado por suspeita de enriquecimento ilícito entre 2012 a 2017.

 

Compras aéreas

Muito se falou do avião de João Doria Jr., financiado pelo BNDES, uma notícia que mal consegue esconder a disputa política em gestação para 2022. Mas foi deixado de lado que as Lojas Riachuelo, que também pegou empréstimo com juros camaradas no BNDES para financiar um jatinho de R$ 55,52 milhões, é de Flávio Rocha, bolsonarista de primeira hora. Será que a aeronave é para levar para as lojas clientes de cidades distantes?

 

Camuflado

Quem tenta achar no site do Itaú os endereços e telefones das agências sai sem informação. O link leva de volta à página principal. Outras tentativas de driblar a barreira se mostram inúteis. Em outros bancos, como Santander e BB, o consumidor encontra o que procura.

 

Balas perdidas

A presença do governador Wilson Witzel, com direito a punho cerrado em comemoração, na Ponte Rio–Niterói parece ter tido condenação unânime. A ação das polícias, conseguindo salvar todos os reféns, ainda que com a morte do sequestrador, teve aprovação geral dos especialistas.

Agora, os tiros dados – algo em torno de seis – e as balas que acertaram na carroceria do ônibus demandam explicações. Foram todas disparadas por atiradores de precisão?

 

Não aprenderam

O noticiário foi dominado pelo sequestro na Ponte. Mas sobrou tempo para os jornais televisivos darem destaque para a condenação meia-boca de Fernando Haddad. Mas o colunista da Folha deve continuar acreditando na frase atribuída a José Dirceu de que ‘a Globo é a TV do governo’.

 

Rápidas

Rachel Rimoli, gerente de Business Intelligence da ArtPlan, fala sobre o tema na Uva Tijuca (rua Ibituruna, 108), durante a segunda aula inaugural do curso de Publicidade, dia 26, às 18h30 *** A cantora Roberta Miranda foi homenageada com a Medalha São Paulo Digital, da Câmara Municipal paulistana *** O Núcleo Cultural Samyama, na Tijuca (RJ), recebe nesta quinta-feira o coach Anderson Augusto para uma palestra gratuita sobre “Clareza de propósito”; dia 24 será a vez do consultor Alessandro Vassalo falar sobre “Empreendedorismo”. Inscrições pelo telefone (21) 2264-9037 *** A Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB) inaugura no próximo dia 26 um novo serviço: a Câmara AEB de Mediação de Conflitos – a primeira no Brasil em entidade empresarial. O evento, com início às 15h, reunirá profissionais do setor na sede da Sociedade Nacional da Agricultura (SNA) *** Entre 23 de agosto e 1º de setembro, a Associação de Empreendedores e Amigos de Santa Teresa (AmeSanta) realiza “A Gosto de Santa”, evento cultural e gastronômico. Programação em visitesantateresa.com.br *** “Acordo Mercosul–União Europeia” é o seminário que o Modecom, o Trabalhismo e o Ibep realizarão nesta quinta-feira, com participação de Rafael Padula (UFRJ), Júlio Sérgio Gomes de Almeida (Iedi) e Mauro Osório (Iplan Rio), entre outros. Será na Av. Pres. Vargas, 502/15º andar, a partir de 15h30.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

G20 analisa aumentar taxação de corporações, mas…

Proposta tem que ser vantajosa para todos, não só para as sedes das multinacionais.

Botes salva-vidas para a classe A

No mundo de negócios, é tudo uma questão de preço.

Mortes dos essenciais

Aumentam em mais de 50% óbitos de caixas, frentistas e educadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Eleição no Peru está indefinida. Empate técnico entre 5 candidatos

Primeiro turno será no domingo. segundo turno está previsto para o dia 6 de junho.

Equador: Não haverá contagem rápida no domingo de eleições

Arauz, candidato do ex-presidente Rafael Correa lidera as pesquisas com 37% das intenções de voto contra 30% do candidato do Aliança Creo, o banqueiro Guillermo Lasso.

Indicador econômico global mantém trajetória de recuperação

Segundo FGV, fato reflete avanço das campanhas de vacinação contra a Covid.

Brasil movimentou R$ 2 tri em transações com cartões em 2020

Transações digitais foram impulsionadas por modernização do mercado e pandemia.

IPCA de março variou abaixo da expectativa do mercado

Nossa projeção para o ano que vem permanece de 6,5%, podendo ser antecipada para este ano.