São Paulo, Rio e Bahia são os destinos mais procurados no Carnaval

Nos blocos de rua de São Paulo, o preço praticado por vendedores oficiais das bebidas alcoólicas, lata de cerveja sai a R$ 4.

Conjuntura / 12:00 - 21 de fev de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Cidades dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia estão entre as mais procuradas por quem vai viajar no Carnaval, de acordo com pesquisa realizada pelo portal Imovelweb. Entre os entrevistados, 29% indicam que viajarão em São Paulo, sendo que as buscas por imóveis de temporada na região, no mês de janeiro, se concentraram no litoral (86%). O segundo destino mais votado foi o Rio de Janeiro, preferência de 16% dos entrevistados, com a capital liderando as buscas. A Bahia aparece em terceiro, apontada por 10% dos entrevistados, com a procura por imóveis de temporada focada em Salvador. O ranking de destino preferidos também traz Paraná (8%), Minas Gerais (7%) e Santa Catarina (4%).
O levantamento ainda mostra que aqueles que viajam sozinhos ou com amigos preferem os imóveis de temporada, apontado por 31%, em relação aos hotéis e pousadas, escolhido por 15%. Nesse grupo, a maioria ainda opta por casa de conhecidos, 54%. Os que viajam em família vão se hospedar, principalmente, na casa de conhecidos (43%), seguido de hotéis (37%) e imóveis alugados (20%).
Daqueles que vão viajar com os amigos, 53% tem como objetivo descansar e 47% aproveitar o movimento do Carnaval. Já os que viajam em família estão focados em descansar (81%).
Já levantamento da Associação Paulista de Supermercados (Apas) prevê em 2020 um aumento de vendas reais para o Carnaval de +2,5% na comparação com 2019. A maior perspectiva de vendas está nas bebidas destiladas e carnes. Entre as bebidas alcoólicas, a expectativa dos supermercadistas é que a venda de destilados supere a cerveja (+8,1% contra +7,3%). Outros itens que envolvem o churrasco como o gelo, carvão e cortes típicos bovinos devem registrar aumento de vendas acima de +6,5%.
A pesquisa com os supermercadistas aponta que durante o Carnaval, se os termómetros subirem, a venda de sorvetes pode registrar 50% acima da média diária. Independente da temperatura, o esperado é que a venda em relação ao ano passado seja maior em +7,5%, sendo o foco nas marcas de segunda linha, encontrado em minimercados.
"Teremos um Carnaval com preços contidos neste ano. Os produtos não devem sofrer aumentos. No caso das carnes bovinas típicas de churrasco o preço deve se manter após a queda de -5% registrada em janeiro. Já nas bebidas, a vodca deve apresentar o maior aumento entre as bebidas alcoólicas", explica Thiago Berka, economista da Apas.
Nos blocos de rua de São Paulo, o preço praticado por vendedores oficiais das bebidas alcoólicas, de acordo com a Prefeitura junto da patrocinadora oficial, apresenta a formatação de três latas de 269 ml por R$ 12, ou seja, R$ 4 por lata. Uma análise comparativa com o valor encontrado nos supermercados no Centro, Zona Leste, Norte, Sul e Oeste da capital mostra que o folião que optar comprar no supermercado pode economizar até -47,7% por unidade. Simulando a economia, o consumidor que beber 10 latas deixará de gastar R$ 13, se somarmos o consumo em três dias de folia, a economia pode chegar em R$ 40. Curiosamente, este valor é maior que um fardo de 15 unidades de 269 ml que custa em média entre R$ 34 e R$ 36.

Já pesquisa feita pela agência virtual de turismo ViajaNet apontou que a cidade de Miami é o destino mais buscado por brasileiros na época de Carnaval. O local é desejado para quem quer relaxar ou aproveitar para fazer compras. Os EUA também figuram em primeiro lugar entre os países mais procurados no período.

De acordo com estudo, entre os dias que precedem o Carnaval, a cidade de Miami, nos EUA, está em primeiro lugar entre diversos locais no mundo que são procurados pelos brasileiros. A cidade mais brasileira na terra do Tio Sam conta vários locais para fazer compras, bares, baladas e parques temáticos. Além disso, a cidade está na frente de lugares históricos como Roma, Paris e Nova Iorque.

Segundo Gustavo Mariotto, Head of Marketing do ViajaNet, fala sobre a procura por viagens para Miami e principalmente para os EUA.

"Se você analisar, esse número é impressionante, porque os EUA contam com quatro cidades entre as dez mais procuradas, o local é incrível e possui com uma procura intensa de brasileiros. Além disso, a cidade também abriga muitas famílias brasileiras", comenta.

O ViajaNet também realizou pesquisa para ver quais eram os países mais visitados nessa época de Carnaval, e novamente os EUA estão em primeiro lugar, na frente da Itália, Portugal e Argentina, por exemplo.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor