Scania de olho nas oportunidades de desenvolvimento de alta qualidade da China

159
Foto aérea panorâmica tirada em 10 de janeiro de 2023 mostra a vista da área de Lujiazui da Zona Piloto de Livre Comércio da China (Shanghai) em Shanghai, no leste da China. (Xinhua/Fang Zhe)
Xinhua - Silk Road

Beijing, 25 abr (Xinhua) — A Scania, líder europeia na fabricação de caminhões, está ativamente focada no mercado chinês para aproveitar as oportunidades significativas em meio ao amplo impulso da China pelo desenvolvimento de alta qualidade, segundo o presidente da unidade da empresa na China.

Em uma entrevista à Xinhua recentemente, Mats Harborn, presidente do Grupo Scania China, disse que vê um potencial tremendo na transformação econômica da China.

Segundo ele, a ênfase da China em fomentar novas forças produtivas de qualidade promete perspectivas favoráveis para empresas estrangeiras que fazem negócios aqui a longo prazo.

“A economia chinesa está passando de um foco em quantidade para foco em qualidade, sustentabilidade e eficiência. No centro dessa transformação está, de fato, o transporte e a logística sustentáveis e eficientes. É por isso que acreditamos que nossa empresa pode desempenhar um papel importante na China,” disse Harborn.

Espaço Publicitáriocnseg

“Embora seja muito desafiador, estamos confiantes de que o governo chinês gerenciará essa transformação porque essa é a base sobre a qual o futuro da China repousa,” ele adicionou.

O período atual é um “bom momento para investir na China,” Harborn observou. “O investimento é para o futuro do mercado chinês, e também para nós podermos exportar para outros mercados fora da China.”

Uma clara demonstração do compromisso da empresa em aumentar o investimento no maior mercado automotivo do mundo é a construção de uma fábrica de emissão zero em Rugao City, localizada na província de Jiangsu, leste da China. Esta instalação é o terceiro centro global de produção da empresa após Europa e América Latina.

“Em mais de 60 anos, a Scania nunca fez um investimento tão grande no exterior,” disse Harborn, observando que, com o início das operações em 2025, a fábrica terá uma capacidade projetada para produzir 50.000 caminhões anualmente, com uma força de trabalho de 3.000, incluindo trabalhadores e engenheiros.

Além da fábrica, a Scania está estabelecendo uma empresa de P&D em Rugao, com uma filial em Shanghai, visando integrar novas tecnologias e novos componentes ao sistema modular único da empresa.

Harborn elogiou a posição de liderança da China em inovação, particularmente em áreas como eletrificação, condução autônoma e veículos conectados inteligentes. “Queremos aproveitar o poder inovador da China e também suas cadeias de suprimentos,” ele disse.

A demanda da China por veículos especializados, como caminhões de lixo, caminhões varredores e caminhões-pipa, está em alta, indicando perspectivas promissoras para esse segmento de mercado, observou Harborn.

“Vemos que os fabricantes chineses estão ficando cada vez mais fortes e também ampliando presença nos mercados externos. Estar na China nos dá acesso a novas tecnologias no maior mercado de veículos comerciais, o que nos tornará mais fortes em todo o mundo,” disse Harborn. Fim

Leia também:

China lança navio transportador de GNL de grande escala desenvolvido internamente
Cinturão e Rota
China lança navio transportador de GNL de grande escala desenvolvido internamente

Dalian, 28 maio (Xinhua) — Um navio transportador de gás natural liquefeito (GNL) desenvolvido pela China com uma capacidade de carga útil de 175 mil metros cúbicos foi lançado nesta segunda-feira na cidade portuária de Dalian, no nordeste do país. Segundo o construtor naval, Dalian Shipbuilding Industry Co., Ltd. (DSIC), este é o primeiro navio […]

Feira de turismo quer explorar ainda mais mercado chinês
Cinturão e Rota
Feira de turismo quer explorar ainda mais mercado chinês

Shanghai, 28 maio (Xinhua) — Começou nesta segunda-feira em Shanghai uma grande feira que ajudará operadores turísticos e profissionais do setor a explorar ainda mais o mercado de turismo chinês. Decorrendo de 27 a 29 de maio, a ITB China 2024 conta com uma programação de mais de 600 expositores de mais de 80 países […]

Centro Cultural da China é inaugurado em Bucareste
Cinturão e Rota
Centro Cultural da China é inaugurado em Bucareste

Bucareste, 25 maio (Xinhua) — O Centro Cultural Chinês em Bucareste foi inaugurado última sexta-feira, às vésperas do 75º aniversário das relações diplomáticas entre os dois países e do 20º aniversário de sua abrangente parceria amigável e cooperativa. O centro, que cobre uma área de quase 3.000 metros quadrados, está localizado no centro de Bucareste […]

China e Nepal reabrem pontos tradicionais de comércio fronteiriço
Cinturão e Rota
China e Nepal reabrem pontos tradicionais de comércio fronteiriço

Lhasa, 25 maio (Xinhua) — A China e o Nepal reabriram os seus pontos tradicionais de comércio na fronteira no último sábado, marcando um passo à frente na melhoria dos laços econômicos e comerciais bilaterais. A cerimônia de reabertura foi realizada no distrito de Zhentang, na fronteira entre a China e o Nepal, na cidade […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui