Se a realidade não lhe agrada…

A pesquisa CNT/MDA desagradou aos jornalões. Alckmin não conseguiu crescer nem 1 ponto percentual; os demais candidatos também variaram dentro da margem de erro de 2,2 pontos. Com uma exceção: Lula, que subiu 4,9 pontos. A Folha/UOL decretou: “Por ser a primeira vez em que o cenário traz apenas os 13 candidatos ao Planalto, não é possível comparar os índices desta pesquisa com os dados anteriores divulgados pelo MDA.”

A afirmação bate de frente com o que diz a CNT, que encomenda o levantamento: “Os resultados da 137ª Pesquisa CNT/MDA mostram crescimento e liderança do ex-presidente Lula na intenção de voto para presidente da República, com Jair Bolsonaro na segunda posição. Caso Lula não consiga ter sua candidatura aprovada pela Justiça Eleitoral, Fernando Haddad, Marina Silva, Ciro Gomes e Jair Bolsonaro, nessa ordem, seriam os principais herdeiros dos seus votos; 31,3% votariam em branco ou nulo, e 16,6% declararam-se indecisos.”

Os resultados divulgados pelo MDA comparam a pesquisa divulgada nesta segunda-feira com a anterior, a 136ª, de maio deste ano. Mas talvez a Folha tenha assumido o seu lado estatístico, da mesma forma que, na matéria, incorpora o TSE e o Supremo de uma vez só: “Lula, que está preso desde o dia 7 de abril, inelegível pela Lei da Ficha Limpa (…)”

Similar, o Estadão tasca em manchete do site: “Sem Lula, Bolsonaro lidera corrida presidencial das eleições 2018 com 20%, diz Ibope.” Para desgosto do vetusto jornalão paulista e do candidato militar, o ex-presidente ainda é candidato. Mas o Estadão explica: ele também já sentenciou o candidato do PT. “Como Lula foi condenado em segunda instância e está preso por corrupção e lavagem de dinheiro, é candidato apenas do ponto de vista formal”, expõe-se o jornalão.

 

Mediação

A Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RJ) lança nesta terça-feira uma Câmara Privada de Mediação. A entidade foi credenciada pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ). “Essa credencial que a ABRH-RJ recebeu amplia a forma como poderemos servir a sociedade. Agora, contribuiremos com os poderes público e privado para a pacificação de conflitos”, avalia o presidente da Associação, Paulo Sardinha.

A mediação facilita o diálogo, pois o mediador conduz a discussão, mantendo o foco na questão e permitindo que cada um exponha o seu ponto de vista”, explica a ABRH-RJ. O lançamento ocorrerá no Hotel Hilton Copacabana.

 

Pato muito manco

Começa nesta terça-feira o Congresso Aço Brasil 2018, que terá duração de dois dias, no Hotel Transamérica, em São Paulo. Informa o Instituto Aço Brasil que o presidente Michel Temer confirmou presença no primeiro dia. Para quê, ninguém sabe.

 

Estrutura da Controladoria

A Controladoria-Geral do Estado do Rio, recentemente criada pelo governador Luiz Fernando Pezão, tem uma estrutura gigantesca com 161 cargos comissionados de direção superior (DAS-8 a DAI-5), incluindo o de auditor geral (símbolo SS), superintendente e assessor especial (DG). Todos, segundo anexo publicado no DO de 14 deste mês, remanejados da Secretaria estadual de Fazenda.

Será que não tinham serviço por lá?

 

Rápidas

O Hospital Oeste D’Or realiza, nesta quarta, palestra gratuita sobre “Anticoagulação em situações especiais”, com Bárbara Abufaiad, coordenadora da unidade de internação cardiológica do hospital, Leonardo Siqueira, chefe do Serviço de Arritmia do Hospital do Fundão, e Adriano Marçal Nogueira Júnior, diretor médico da Casa de Saúde Nossa Senhora do Carmo *** Histórias de casais de diversas regiões do Rio de Janeiro se encontram na mostra fotográfica Espalhe Amor, de Renato Júnior, que ficará até 16 de setembro no Shopping Jardim Guadalupe *** A Subway anuncio que Michel Machado assume o cargo de gerente geral Brasil, e Gabriel Ferrari será o novo diretor de Marketing *** O Ibracon está com inscrições abertas para o curso “CPC 25 – Provisões, Passivos e Ativos Contingentes”, no dia 22, no Rio de Janeiro (RJ): www.ibracon.com.br *** A Associação Brasileira de Mulheres de Carreira Jurídica (ABMCJ) realizará nesta terça-feira, das 17h30h às 20h, na sede da OAB/RJ, um debate sobre segurança pública e a intervenção federal no Rio de Janeiro. O palestrante será o delegado federal Marcelo Itagiba, ex-superintendente da Polícia Federal e ex-secretário de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Salário mínimo baixo, gasto do Estado alto

Nos EUA, assistência a trabalhadores que ganham pouco custa US$ 107 bi por ano ao governo.

Privatização da Eletrobras aumentará tarifa em 17%

Estatal dá lucro e distribuiu R$ 20 bi em dividendos para a União.

Dois mitos sobre a Petrobras

Mídia acionada pelo mercado financeiro abusa de expedientes que ataca quando usados por bolsonaristas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Presidente do Banco do Brasil joga a toalha

Centrão tem interesse no cargo.

Imóveis comerciais tiveram estabilidade em janeiro

Nos últimos 12 meses, entretanto, preços de venda e locação do segmento acumulam quedas de 1,32% e 1,18%, respectivamente.

Contas públicas têm superávit de R$ 58,4 bilhões em janeiro

Dívida bruta atinge 89,7% do PIB, o maior percentual da história.

Presidente do Inep é exonerado do cargo

Medida foi publicada no Diário Oficial de hoje; até o momento, não foi anunciado o nome de quem o substituirá.

Primeiro caso de Covid-19 no Brasil completa um ano

Brasil tem novo recorde de mortes diárias, diz Fiocruz; boletim informa que houve ontem 1.148 mortes.