26.2 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, janeiro 22, 2021

Se meu BMW falasse

“Com essa taxa de câmbio, daqui a pouco o BMW vai virar carro popular.” A ironia é do ex-diretor do Banco Central Emílio Garófalo se juntando ao coro por uma redução mais efetiva da taxa básica de juros (Selic). Para Garófalo, a Selic pode cair para pelo menos 9% ao ano, o que, frisa, “com uma inflação de 3%, ainda nos deixaria com os juros reais mais altos do mundo”.

Conar aéreo
Crescem as reclamações contra as escalas-surpresa da Gol. Na segunda-feira antes do Carnaval, os passageiros do vôo 1732 (Rio-Porto Seguro) foram surpreendidos por uma escala em Belo Horizonte. Ao perguntarem sobre a parada imprevista, foram informados pelos funcionários da empresa, que, embora não constasse do bilhete, a escala integrava o plano de vôo apenas para embarque e desembarque. No entanto, tanto os passageiros que vinham do Rio, como os que ingressaram em Belo Horizonte, tiveram de esperar pelo menos uma hora no Aeroporto de Confins para seguirem para Porto Seguro.

Gasto alto
Ao somar os gastos da Câmara Municipal do Rio de Janeiro aos do Tribunal de Contas do Município, chegou-se a números distorcidos sobre o custo dos vereadores cariocas. Com base nos dados do Diário Oficial, o custo por habitante para manter a Câmara seria de R$ 35,60, e não os R$ 48,60 divulgados por uma publicação e reproduzidos pelo prefeito Cesar Maia em seu Ex-blog.
A vereadora Andrea Gouvêa Vieira (PSDB) diz que “se a casa faz um bom trabalho e dá retorno ao cidadão, o gasto não é alto. Mas se a Câmara é ineficiente e não apresenta um bom trabalho, o gasto é muito alto. Cabe ao cidadão fiscalizar”.

Campo
O Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, retomou a elaboração e análise dos preços agrícolas quadrissemanais. O novo índice é composto pelos 20 principais produtos do agronegócio, que estão divididos em dois grupos: vegetal (café, amendoim, arroz, batata, cana-de-açúcar, feijão, milho, soja, tomate para mesa, trigo, laranja para indústria, laranja para mesa, algodão e banana) e animal (carne suína, carne bovina, leite B, leite C, carne de frango e ovos). As cotações são levantadas diariamente nas principais praças formadoras de preços do estado.

Artigo anteriorNo chão
Próximo artigoUpgrade
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.

EUA: expectativa por novos estímulos fiscais traz bom humor

Futuros dos índices de NY estão subindo, mesmo após terem atingidos novos recordes históricos no fechamento do pregão anterior.

Ajustando as expectativas

Bovespa andou na quarta-feira na contramão dos principais mercados da Europa e também dos EUA.

Sudeste produz 87,5% dos cafés do Brasil em 2020

Com mais de 55 milhões de sacas a região é a principal responsável pela maior safra brasileira da história.

Exportação de cachaça para mercado europeu cresceu em 2020

Investimentos será de R$ 3,4 milhões em promoção; no Brasil, já cerveja deve ficar entre 10 e 15% mais cara em 2021.