Seca

Junte uma companhia de distribuição de águas em permanente prejuízo e um clube de futebol com dívidas monstruosas e o resultado é o que ocorreu ontem com o time de maior torcida do país: às vésperas do Fla-Flu, que acontece domingo, o Flamengo teve o fornecimento de água cortado pela Cedae por falta de pagamento. O presidente do clube, Hélio Ferraz, disse que fez o pagamento ontem e o fornecimento deve ser normalizado entre hoje e amanhã. Os jogadores, além de conviver com dois meses de atraso nos salários, ainda vão enfrentar racionamento de água nos vestiários.

“Negociata”
Para o sociólogo Francisco de Oliveira, professor titular da USP e um dos fundadores do PT, a proposta de reforma da Previdência encaminhada pelo governo federal à Câmara dos Deputados é uma “enorme negociata”. Segundo ele, as mudanças deverão afetar drasticamente as universidades públicas. O sociólogo esteve ontem na Unicamp para falar a um auditório lotado de professores, funcionários e estudantes. Pelos cálculos de Oliveira, a reforma deverá gerar para o Estado, no período de sete anos (até 2010), um superávit de R$ 670 bilhões, o que equivale a pouco mais da metade do PIB brasileiro.

Ornitorrinco
Segundo análise de Francisco de Oliveira, as mudanças aprovadas afetarão de forma imediata e perniciosa a universidade pública. “A reforma desguarnece a universidade de pessoas que estão em franca fase de produção”, disse. Além disso, segundo ele, a médio e longo prazo as universidades públicas deixarão de atrair novos cérebros para a carreira docente. “A profissão acaba por ser pouco atrativa”. Com bom humor, o sociólogo comparou a reforma da Previdência a um ornitorrinco – animal mamífero, com bico de pato, ovíparo e habita a região da Austrália – para caracterizar como ” esdrúxula” a proposta do governo.

Microcrédito
“A Sociedade de Crédito ao Microempreendedor no Contexto das Microfinanças” é o tema de palestra que a Associação de Bancos e o Sindicato de Bancos do Rio de Janeiro promovem no próximo dia 22. Os palestrantes serão Euds Pereira Furtado, presidente da Associação Brasileira de Microcrédito, e Luiz Edson Feltrim, chefe do Departamento de Organização do Sistema Financeiro do Banco Central do Brasil. O evento será realizado no auditório das entidades (Av. Rio Branco, 81 – 19º andar – Centro), a partir de 14h30. Inscrições sem ônus pelos telefones (21) 2203-2188 ou 2253-1538.

Homenagem
A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) prestará homenagem à memória do jornalista Roberto Marinho hoje, às 16h, na sede da associação (Rua Araújo Porto Alegre, 71 – Castelo – RJ). Roberto Marinho, falecido há sete dias, era associado da ABI desde 1924.

Selo
Será hoje a entrega do Prêmio Selo do Varejo 2003, iniciativa do Conselho Empresarial de Varejo da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ), em parceria com o Sebrae/RJ, que visa a destacar a melhor empresa de varejo do município do Rio de Janeiro, nas categorias Micro e Pequena Empresa e Média e Grande Empresa. A cerimônia será na Marina da Gloria (Av. Infante Dom Henrique, s/n – Aterro do Flamengo), às 10h, durante a abertura do 4° Encontro de Negócios e Tecnologia do Rio.

Benedita
A ministra da Assistência Social, Benedita da Silva, participa hoje, às 10h, no Rio, do IV Encontro de Negócios e Tecnologia. Às 19h, a ministra participa da I Conferência das Cidades Fluminense, cujo tema é “Cidades para todos, construindo uma política democrática integrada de desenvolvimento urbano”. O evento será na Unig (R. Abílio Augusto Távora, 2134, antiga estrada de Madureira, Nova Iguaçu).

Expectativas
As empresas de siderurgia do país estão prevendo para este ano crescimento do produto interno bruto (PIB) entre 1,3% e 1,6%. No caso do câmbio acreditam que, no fim de dezembro, a cotação esteja em R$ 3,50 por dólar.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPrincesinha
Próximo artigoGregos e baianos

Artigos Relacionados

‘EUA do Mar’ seria considerado crime de lesa-pátria

Na terra de Biden, entregar navegação a estrangeiros é impensável.

Governo Bolsonaro não dá a mínima para a indústria

País perde empregos de qualidade e prejudica desenvolvimento.

Taxa sobre exportação de petróleo renderia R$ 38 bi

Imposto aumentaria participação do Estado nos resultados do pré-sal.

Últimas Notícias

Fundos de investimento poderão atuar como formadores de mercado na B3

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) autorizou os fundos de investimento a atuarem como formadores de mercado na B3, a bolsa do Brasil. A...

ABBC: Selic deve subir 1,50 ponto percentual

O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) se reúne na próxima terça-feira (7) para decidir sobre a nova Selic, a taxa básica...

Ibovespa fecha a semana em alta

(alta de 0,013%). O volume representou uma extensão do movimento positivo registrado na quinta-feira (2), quando o índice fechou com forte alta de 3,66%,...

China: Incentivos fiscais para investidores estrangeiros

A China anunciou que estendeu suas políticas fiscais preferenciais para investidores estrangeiros que investem no mercado de títulos da parte continental do país. A...

Brasileiro teria renda 6 vezes maior com indústria forte

Entre 1950–70, PIB do País foi multiplicado por 10.