Sede de lucros

Mais de 1 milhão de comerciantes de um estado da Índia aderiram ao boicote de refrigerantes estrangeiros, incluindo Coca-Cola e Pepsi, após denúncias de duas associações comerciais de que as indústrias de fora estão explorando os recursos de água do país. A campanha afirma que são necessários 400 litros de água para fazer um único litro de refrigerante. O boicote ganhou força após a pouca quantidade de chuvas na região após as últimas monções, que costumam trazer tempestades. Os comerciantes estão substituindo os produtos importados por locais.

O assunto não se restringe à Índia. A água é vista como um potencial faturamento para algumas empresas. O presidente da gigante Nestlé, Peter Brabeck, já disse que “a água não é um direito humano e deve ser privatizada”. Na opinião dele, a água deveria ser tratada como qualquer outro bem alimentício e ter um valor de mercado estabelecido pela lei de oferta e procura. A coluna Empresa-Cidadã já mostrou, neste MM, declarações como a da multinacional suíça e casos como a Guerra da Água, em Cochabamba (Bolívia), ou a cobiça sobre o Aquífero Guarani. Mais próxima, a imposição do Governo Temer em privatizar a Cedae, companhia de abastecimento e saneamento do Rio de Janeiro. O jogo está feito. Mas, como mostrou a população de Cochabamba, resistir – e ganhar – é possível.

Aprovado

O Carnaval carioca continua atraindo mais homens do que mulheres (63% contra 37%), mostra pesquisa realizada pela Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ, Fundação Cesgranrio e Portal Consultoria em Turismo com 1,5 mil turistas brasileiros que visitavam a cidade, de 24 a 28 de fevereiro. Coordenado pelo professor Bayard Boiteux, o estudo mostrou que o Airbnb já responde por 10% das hospedagens, apesar de ficar ainda muito atrás dos hotéis (55%).

Turistas de primeira viagem foram 39%, enquanto 46% vieram duas ou três vezes, e 15%, quatro ou mais. A maioria veio de Minas Gerais (30%) e São Paulo (24%). Os pontos mais elogiados foram os blocos (41%), a informação (34%) e a segurança turísticas (13%). Críticas mais severas aos preços altos (36%) – no que os cariocas, com certeza, concordam – e à limpeza da cidade (22%) – idem.

Nada menos do que 95% responderam que retornariam ao Rio.

Na mídia

No Carnaval do Rio, as artistas Ivete Sangalo, Thaila Ayala, Paloma Bernardi, Juliana Alves e Ludmilla foram as mais comentadas do Twitter. Não por acaso, elas dominaram as coberturas das mídias tradicionais, que comprova a dependência das mídias sociais. Mas o inverso também é verdadeiro, embora menos frequente.

Popular

A Organização Nacional de Turismo do Japão anunciou que o número de visitantes ao país em 2016 foi de 24 milhões de pessoas. Isso representa um recorde, desde que a entidade começou a fazer as estatísticas em 1964. Durante os últimos três anos, o número de visitantes cresceu 2,4 vezes. A Organização atribui o sucesso às conferências e aos eventos internacionais realizados no Japão.

Do Oiapoque ao Chuí

Não deu para Taquitá, de Claudia Leitte, nem para qualquer samba-enredo carioca: o grande hit do Carnaval 2017 foi “Fora, Temer!”

Rápidas

A 13ª edição da Abradilan Conexão Farma ocorrerá entre 21 e 23 de março, no Expo Center Norte (SP). Mesmo com o país em recessão, o setor farmacêutico aumentou o número de vendas em 3,6% em relação a 2015, e o faturamento, em 15%, atingindo R$ 83,3 bilhões em 2016 *** Erick Mafra, descrito como fenômeno adolescente, lança em livro a história completa de O Garoto do Sonho, pela editora Astral Cultural. Na pré-venda, a obra já alcançou o segundo lugar da Saraiva. O lançamento no Rio será em 11 de março, às 15h, na Livraria Cultura Cine Vitória (Rua Senador Dantas, 45).

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Capitalismo na origem da pandemia

Agronegócio e destruição do habitat estão nas raízes de 70% das novas doenças infecciosas.

Bitcoin leva 2 pancadas de uma vez

Pagamento de resgate a hackers e declaração de Musk mostram ‘lado negro da força’.

Taxação sobre heranças reflete desigualdade

Apenas 0,5% da receita vem de impostos sobre bens deixados ou doados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Prisão de Pazuello na CPI é improvável, afirma jurista

Liminar concedida por Lewandowski será submetida à apreciação da Corte.

Turismo caiu 17,6% em março

No primeiro mês pandêmico no Brasil, março de 2020, setor viu receitas caírem 22,3%; ante mesmo mês de 2019, retração é de mais de um terço.

Custo de produção de suínos passa dos R$ 7 por quilo vivo

Em abril, os custos para produzir suínos aumentaram 2,33% ante março, fazendo indicador do setor medir a variação nos custos de produção.

Europa opera em comportamento negativo nesta manhã

A Bolsa de Frankfurt cedia 0,80% e Londres operava em queda de 0,66%.

EUA: serviços públicos puxam recuperação da indústria

Nível de produção segue abaixo do período anterior à pandemia.