33.2 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, janeiro 18, 2021

SEG – Idosos são os que mais contratam planos médico-hospitalares

O setor de saúde suplementar registrou alta de beneficiários pelo quinto mês consecutivo após sucessivas quedas em função da pandemia do novo coronavírus. Os dados são da Nota de Acompanhamento de Beneficiários (NAB), produzida pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (Iess). Com a retomada, o setor atingiu a marca de 47,3 milhões de pessoas, avançando 0,7% no período de 12 meses encerrado em novembro de 2020.
Segundo José Cechin, na avaliação trimestral, entre agosto e novembro de 2020, o crescimento é ainda maior. “Nesse período, os mais de 476 mil novos beneficiários de planos médico-hospitalares significaram um crescimento de 1% no total. O que mostra que o mercado brasileiro pode ter encontrado alternativas de amenizar os impactos da pandemia”, comenta o especialista. “Mesmo com a queda no primeiro semestre de 2020, os números mostram que as famílias e as empresas brasileiras permanecem com seus planos de saúde apesar da crise atual”, acrescenta.
Na análise anual, a faixa etária de 59 ou mais foi a que registrou o crescimento mais expressivo, com avanço de 2,9%. Na trimestral, no entanto, os brasileiros entre 19 e 58 anos foram maioria. Os mais de 334 mil novos beneficiários representam um aumento de 1,2% no período.
Cechin reforça que o mercado de saúde suplementar tem uma relação direta com o número de empregos formais no país e depende de sua recuperação, especialmente nos setores de indústria, comércio e serviços nos grandes centros urbanos. “Seguiremos acompanhando de perto como a economia brasileira irá se comportar nesse ano que se inicia”, aponta.
Para se ter uma ideia, em novembro de 2020, 38,3 milhões, ou 80,8%, de beneficiários de planos médico-hospitalares possuíam um plano coletivo. Desses, 83,6% eram do tipo coletivo empresarial e 16,4% do tipo coletivo por adesão.
A NAB consolida os mais recentes números de beneficiários de planos de saúde médico-hospitalares e exclusivamente odontológicos, divididos por estados, regiões, faixas etárias, tipo de contratação e modalidade de operadoras.
.
Aprovado prêmio zero para Dpvat 2021 – O Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) aprovou, em reunião extraordinária realizada no último dia 29, prêmio zero para o Dpvat em 2021 e autorizou a contratação de novo operador pela Superintendência de Seguros Privados (Susep) em caráter emergencial e temporário.
A Susep está envidando os melhores esforços para viabilizar a contratação de pessoa jurídica, já na primeira semana de janeiro de 2021, com capacidade técnica e operacional para assumir o Dpvat, garantindo as indenizações previstas em lei para a população brasileira.
Corroborando esses esforços, o Tribunal de Contas da União emitiu decisão cautelar no mesmo dia determinando que CNSP e Susep adotem as providências necessárias para assegurar a continuidade da operacionalização do seguro Dpvat.
.

SEGURO CIDADÃO


“Velhos Hábitos, Novos Meios” – Final de ano é sempre uma época em que se ponderam os principais momentos vividos ao longo dos meses e, normalmente, revisitamos projetos e começamos novos planos para o futuro. É nesse contexto de reflexão, de tantos desafios e superações experimentados ao longo de 2020, que a HDI Seguros acaba de lançar nas redes sociais sua nova campanha institucional “Velhos Hábitos, Novos Meios”.
Trazendo um manifesto sobre os desafios enfrentados em 2020, a peça faz um convite para uma reflexão de como é possível se reinventar e adaptar hábitos a novas situações. A campanha foca na busca de adequação a esse novo estilo de vida, sem perder a essência de quem realmente somos e também promove a reflexão de como situações que, a princípio seriam desmotivadoras, acabaram criando oportunidades para ousar e seguir honrando os compromissos e responsabilidades assumidos.
A campanha interativa, que será veiculada nos perfis da HDI nas redes sociais Instagram, Facebook, LinkedIn e Twitter, reforça ainda o compromisso da seguradora com a proteção das pessoas, mesmo diante da mudança de hábitos enfrentada nos últimos meses, mostrando o respeito da companhia com as diferentes visões e comportamentos sem mitigar os cuidados com a saúde. O novo cenário mundial e novos costumes foram inspiração para o vídeo publicitário, que retrata como as pessoas, em geral, conseguiram se adaptar durante o ano que trouxe diferentes circunstâncias e desafios para o nosso dia a dia.
“Não poderíamos deixar de trazer os ensinamentos e lições que 2020 nos proporcionou para a nossa missão como seguradora humana, digital e inovadora. As novas formas de dar continuidade a velhos hábitos marcaram o ano que desafiou nossa mobilidade, modificou nossa jornada e trouxe mudanças significativas no nosso comportamento. Para 2021, o objetivo é absorver ainda mais essas adequações e, como negócio, oferecer produtos e serviços que atendam diferentes perfis”, destaca Murilo Riedel, presidente da HDI.
.
Inclusão – Durante nove décadas de existência, são incontáveis os avanços e as conquistas da Associação Paulista de Medicina (APM) para médicos, pacientes, para a saúde pública, a Medicina, a inclusão social e a Democracia do Brasil. Em seu nonagésimo aniversário, essa história é reconstituída com fartura de detalhes e fotos inéditas na obra “Associação Paulista de Medicina, A Grandeza dos 90 anos”.
Federada da Associação Médica Brasileira (AMB), o braço nacional da Associação Médica Mundial (WMA – World Medical Association), a APM representa mais de 30 mil médicos do estado de São Paulo na capital e no interior. Atualmente, são 14 Distritais compostas por 75 Regionais e cerca de 50 Departamentos e Comitês Científicos.
Editado sob a coordenação geral do diretor cultural da APM, Guido Arturo Palomba, a publicação apresenta a releitura, comentada e ilustrada, dos momentos mais marcantes de uma trajetória que dia a dia, desde o nascimento da APM, tem novas páginas escritas. Neste momento, por exemplo, a Associação Paulista de Medicina figura entre as principais instituições do País organizadas para oferecer a médicos e pacientes informações amplas e atualizadas em tempo real sobre a pandemia da Covid-19.
As pesquisas de campo que balizaram a imprensa e a sociedade sobre como os médicos atuavam na linha de frente, suas dificuldades e angústias, a escassez de equipamentos de proteção e as reações dos pacientes, entre tantos outros aspectos, todas tiveram berço na APM, neste 2020. Agora mesmo, renovada por um processo eleitoral, pelos ares do voto e da voz dos médicos de São Paulo, a APM inicia dois processos de suma relevância: um para impedir que pontos equivocados venham a fazer parte da proposta de reforma tributária, o que afetaria o acesso, aumentaria preços e certamente geraria desemprego no setor de saúde; outro, diz respeito ao orçamento do Sistema Único de Saúde, que corre risco de importante redução pela proposta em andamento em Brasília. A APM pleiteia mais investimento em Saúde e um pacto por gestão qualificada.
Ao longo do tempo, a defesa do bem-estar coletivo sempre foi o foco. “Associação Paulista de Medicina, A Grandeza dos 90 anos”, confirma essa característica desde a ideia inicial do médico Alberto Nupieri até a atual administração do anestesiologista José Luiz Gomes do Amaral.
Alberto Nupieri foi quem teve a iniciativa de criar uma associação acessível e atrativa a todos os médicos, sem restrições quanto ao número de sócios ou escola de origem. Ao lado de Barbosa Corrêa, Potiguar Medeiros, Felipe Figlioni, Oscar Monteiro de Barros e Cesário Matiais, o médico dedicou-se a uma busca intensa por adesões de profissionais da Saúde e, durante Assembleia na Faculdade de Medicina de São Paulo, em 29 de novembro de 1930, fundou a APM, sob a presidência de Rubião Meira.
A missão prioritária da APM já era presente desde aquela época: lutar pela defesa do exercício profissional, como consta em sua primeira ata. O livro percorre cada uma das realizações em busca desse ideal, ressaltando o esforço de seus membros em benefício à sociedade e aos profissionais médicos, seja quanto à remuneração, condições dignas de trabalho, questões jurídicas e formação continuada.
Dois anos após a sua fundação, a APM já contava com 650 associados. Em 1951, graças ao trabalho incansável do Prof. Dr. Jairo de Almeida Ramos, a entidade conquistou sede própria na Avenida Brigadeiro Luís Antônio. A inauguração coincidiu com o III Congresso da APM, com mais de 2 mil participantes, e a fundação da Associação Médica Brasileira (AMB).
O Congresso representou um marco na história, com a qualidade científica e a troca de experiências que virariam características intrínsecas à instituição. Outro momento crucial foi o investimento em capilaridade no interior do estado: as Regionais, criadas em cidades fora da região metropolitana, configuraram a representatividade que os médicos locais careciam até então.
De lá para cá, o crescimento foi estrondoso: lançamento da Revista da APM, instituição de selos médicos, criação da Pinacoteca, aquisição do Clube de Campo, criação do programa Compromisso com a Qualidade Hospitalar (CQH), realização de inúmeros projetos sociais voltados aos médicos, acadêmicos e sociedade, inclusão no Simples Nacional, inauguração do Edifício Dr. Florisval Meinão, realização do primeiro Global Summit Telemedicine & Digital Health, e por aí vai.
Neste contexto, o objetivo dos mais de mil exemplares impressos e da versão on-line do livro “Associação Paulista de Medicina, A Grandeza dos 90 anos” é difundir a trajetória atuante da APM em favor dos médicos paulistas, registrando projetos, iniciativas, marcos da medicina no país e depoimentos de grandes ícones da profissão.
.

ENDOSSANDO


Campanha publicitária – “Guardar dinheiro dá sorte”. O slogan inspira a nova campanha publicitária da Brasilcap, empresa de capitalização da BB Seguros. De autoria da agência Jotacom, as peças têm como foco o Ourocap PM (Pagamento Mensal), produto voltado para o acúmulo de reservas. A ideia central é cuidar do que é valioso para as pessoas através do título de capitalização. Desta vez, a linha criativa incorpora o elemento serotonina – conhecido como o hormônio da felicidade – na realização de planos e objetivos de vida.
A campanha terá peças para mídias digitais, que serão veiculadas até o próximo dia 31, e filmes publicitários para televisão, a serem exibidos durante o mês de janeiro. Nas mensagens, a Brasilcap vai desejar que os clientes tenham um 2021 repleto de algo que pode ajudar sempre, especialmente em momentos de imprevisto ou quando algo sai diferente do que foi planejado: sorte. Por meio do Ourocap, eles podem, ao mesmo tempo, guardar dinheiro e concorrer a prêmios de até R$ 25 milhões. Ou seja, quanto mais guardam, mais chances têm de ganhar.
Os filmes publicitários incorporam novos elementos nas campanhas da Brasilcap. Com linguagem simples, de tom animado, eles têm a narração de um contador de histórias, que explica como a sorte é aliada dos que sabem economizar. “Em 2021, tem algo que pode te ajudar com as promessas: sorte! E sabe o que ajuda a ter sorte? Guardar dinheiro”, diz o narrador, que explica como concorrer a prêmios de até R$ 25 milhões do Ourocap.
“Construímos um filme com linguagem leve e positiva, apropriada ao momento desafiador que estamos passando, para disseminar a mensagem de realização de planos nos canais digitais e integrados”, complementa João Passarinho Netto, vice-presidente de Estratégia Criativa da Jotacom.
A linha visual adota recursos de stop-motion, trazendo imagens de fogos de artifício, malas de viagem, rolos de tinta, noivos e bolo de casamento, figuras que remetem à realização de planos. Os filmes serão exibidos em canais como Globonews, Telecine, TNT, Warner, Space, Cartoon Network, AXN e Sony.
“A nova campanha encerra de forma especial um ano desafiador e de muitas realizações para a Brasilcap. Ela não apenas reforça a trajetória vitoriosa do Ourocap, que completou 25 anos de existência, como traz ainda formas diferentes de se comunicar com o público. E mostra a solidez de um título que, desde 1995, ajuda a realizar planos e transformar vidas. Questão de persistência e de sorte”, explica Gustavo do Vale, presidente da Brasilcap.
Só em 2020, a Brasilcap distribuiu R$ 71,9 milhões em prêmios para 14,2 mil títulos sorteados. E desde sua fundação, a companhia entregou um total de R$ 2,3 bilhões em prêmios, contemplando 657 mil títulos.
.
Acordo – A Caixa Seguridade, subsidiária integral da Caixa, e a Tempo Assist concluíram, na terça-feira, acordo de R$ 30 milhões que implementa uma nova parceria e estrutura societária para exploração, com exclusividade e pelo prazo de 20 anos, dos ramos de serviços assistenciais na rede de distribuição do banco.
A Tempo Assist efetuou, ainda nesta terça-feira, o pagamento de R$ 30 milhões (Upfront) à Caixa, valor este que foi pago ao banco em razão da outorga concedida à Caixa Seguridade. Todas as condições para o fechamento da operação foram cumpridas, incluindo as aprovações regulatórias necessárias, além da constituição de nova companhia. O acordo contempla ainda mecanismo de incentivo atrelado ao desempenho e lucratividade (Earn-out) limitado ao valor de R$ 40 milhões em até três anos.
.
Abertura de chamados – Os segurados da Previsul Seguradora tem mais uma facilidade: o novo Portal do Segurado, que agora permitirá a abertura de diversas solicitações de forma 100% digital, dispensando a utilização do telefone. As novidades do Portal trazem maior performance e agilidade para os segurados em suas necessidades.
“Estamos acompanhando as tendências de autosserviço e oferecendo uma ferramenta digital que gere ainda mais facilidade para o segurado. Agora, ao invés de ligar para o SAC para solicitações simples como alteração de beneficiários ou da forma de pagamento, o segurado pode abrir e acompanhar o status da solicitação de forma 100% digital no Portal. Além, é claro, dos já conhecidos serviços de consulta e geração de segunda via de documentos, entre outros”, afirma Renato Pedroso, presidente da Previsul Seguradora.
“Em breve, lançaremos também a possibilidade de abertura 100% digital do sinistro, através de todos os Portais (Corretor, Segurado e Estipulante), completando assim a jornada digital dos nossos clientes”, conta Pedroso.
Com este lançamento, a Previsul chega à terceira reformulação de seus portais, parte de um projeto que começou com o Portal do Corretor e, em seguida, o Portal do Estipulante, tudo em 2020.

Leia mais:

Proposta amplia direitos de idosos usuários do SUS

FenaSaúde: idosos é o público que mais cresce nos planos

Artigos Relacionados

Atividade econômica está 1,9% abaixo do nível de fevereiro

Mas produção industrial e as vendas no varejo ampliado estão 2,6% e 5,2% acima dos níveis do mês.

SEG NOTÍCIAS – Caixa assume gestão dos recursos e pagamentos do Dpvat

Não há nenhuma mudança nas regras de indenização; presidente da Caixa, Pedro Guimarães, deu detalhes.

Início da vacinação no Brasil deixará mercados atentos

Discurso de Christine Lagarde, do BCE evidencia a preocupação dos formuladores de política econômica da região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Atividade econômica está 1,9% abaixo do nível de fevereiro

Mas produção industrial e as vendas no varejo ampliado estão 2,6% e 5,2% acima dos níveis do mês.

SEG NOTÍCIAS – Caixa assume gestão dos recursos e pagamentos do Dpvat

Não há nenhuma mudança nas regras de indenização; presidente da Caixa, Pedro Guimarães, deu detalhes.

Início da vacinação no Brasil deixará mercados atentos

Discurso de Christine Lagarde, do BCE evidencia a preocupação dos formuladores de política econômica da região.

Positivismo com o início da vacinação no Brasil

Conflito de Dória com Bolsonaro aumentou ontem após o início da vacinação ter sido em São Paulo.

IBC-Br de novembro mostrou avanço de 0,59%

Com a leitura de hoje, o índice dessazonalizado permanece ainda -1,86% abaixo do nível registrado em fevereiro de 2020.