SEG NOTÍCIAS – ANS faz retrospectiva 2020 na saúde suplementar

Agência reguladora lembra medidas que foram destaque no ano para o setor de planos de saúde.

O ano de 2020 foi um dos mais complexos e desafiadores devido ao surgimento e disseminação do novo Coronavírus e dos impactos sanitários, econômicos e sociais provocados pela pandemia. A vida da população foi transformada com a adoção de rígidas ações governamentais em praticamente todos os países, como fechamento do comércio e escolas, isolamento social, quarentena e medidas necessárias para evitar aglomerações, conter o avanço da doença e evitar a sobrecarga dos sistemas de saúde. Neste sentido, alinhada com as demais autoridades de saúde para colaborar de forma mais efetiva na resposta brasileira à Covid-19, a ANS discutiu permanentemente com todo o setor de planos de saúde a implementação de uma série de medidas para o enfrentamento da pandemia, visando a garantir a sustentabilidade do setor e, principalmente, preservar a manutenção dos contratos dos mais de 47,3 milhões de beneficiários de planos de assistência médica e 26,6 milhões usuários de planos odontológicos.
Mas apesar da pandemia, o setor de planos de saúde teve em 2020 um ano de iniciativas importantes, que contribuíram para o aprimoramento do setor e a melhoria da prestação dos serviços para os beneficiários, com a continuidade do incentivo à adoção de um modelo de assistência em saúde mais eficiente, eficaz e sustentável, com cuidado centrado no paciente; pelo crescente índice de desfechos positivos na intermediação e solução de conflitos entre beneficiários e operadoras; pela revisão e adequação de normativos que se encontravam defasados; pelo aumento da transparência e redução da assimetria de informações no setor; e pelos robustos debates com o setor e a sociedade sobre a saúde suplementar.
.
PL 3.887/2020 – No papel de legítima liderança dos 145 mil profissionais do estado de São Paulo e em nome dos mesmos, a Associação Paulista de Medicina(APM)  enviou carta a todos os parlamentares do Congresso Nacional, conclamando-os a não votar – sem o adequado debate entre a sociedade -, o Projeto de Lei 3.887/2020, que institui a Contribuição Social sobre Operações com Bens e Serviços (CBS) e altera a legislação tributária federal.
A APM tem acompanhado de perto todas as propostas em torno da reforma tributária.
“Causa-nos enorme preocupação o ônus que certamente trarão ao setor de serviços, no qual os médicos e estabelecimentos de Saúde estão inseridos, ameaçando empregos e prejudicando diretamente o atendimento à população”, pontua o documento, que conclui:
“Somos a favor de uma reforma tributária que beneficie a sociedade brasileira como um todo e entendemos que todo e qualquer projeto sobre o tema deva ser amplamente debatido com as partes interessadas. Reforma tributária, sim. Onerar a saúde com risco de desassistência aos cidadãos, não”.
.

SEGURO CIDADÃO


Covid – Com o aumento do número de casos de coronavírus e estimativa de uma segunda onda do vírus, a fórmula de um antisséptico antiviral bucal é uma alternativa comprovada para conter o avanço do vírus em 96%.
Um grupo de 60 pesquisadores brasileiros da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (Bauru), Instituto de Ciências Biológicas da USP, Universidade Estadual de Londrina e Instituto Federal do Paraná, desenvolveu uma fórmula com a base da tecnologia Phtalox.
Enquanto outras pesquisas similares têm sido feitas em laboratórios, as universidades seguiram com estudos em humanos, e foi comprovado que a fórmula é capaz de inativar, ao menos em 96%, a proliferação do vírus da Covid-19 na cavidade oral (região da boca), impedindo-o de avançar para o restante do organismo.
A pesquisa brasileira obteve reconhecimento Acta Cientific Dental Science – A Recommendation of Phtalox Mouthwash for Preventing Infection and Progression of Covid-19, com os autores Fabiano Vieira Vilhena, Paulo Sérgio da Silva Santos, Bernardo da Fonseca Orcina, Lucas Marques da Costa Alves, Rodrigo Cardoso de Oliveira e Mariana Schutzer Ragghianti Zangrando. Também já foi publicado no ResearchGate., e os estudos aprovados pelo Comitê de Ética em Pesquisa em Seres Humanos do Ministério da Saúde, registrados no ReBEC – Registro Brasileiro de Ensaios Clínicos e publicados na plataforma da Organização Mundial da Saúde (OMS).
Para garantir a comprovação científica, o pesquisador Fabiano Vilhena, cirurgião dentista sanitarista e doutor em Biologia Oral pela Universidade de Odontologia de Bauru (USP), especializado em Desenvolvimento de Produto, levou cerca de nove meses e envolveu seis etapas de estudos, com a participação de 107 pessoas. Desde março – quando se deram os primeiros casos oficiais de Covid-19 no Brasil – foram concluídos os estudos científicos: laboratoriais, séries de casos e estudos clínicos randomizados triplo cego.
“A higiene oral com um antisséptico bucal antiviral inativa o vírus na saliva por meio de um composto que ativa o oxigênio molecular. Ao inativar o vírus, o mesmo para de se espalhar pelo organismo. A tecnologia Phtalox faz um bloqueio químico na orofaringe e impede a progressão da doença. Existe um caminho que o vírus da Covid-19 percorre. Ao entrar no organismo, ele vai para a glândula salivar, língua, amígdala e vias respiratórias e lá ele replica para o restante do organismo. A doença tem uma rota. Começa pelas vias superiores e vai para inferiores, além de ativar respostas imunológicas por todo o corpo”, explica.
Foi comprovado que a boca tem um papel significativo no processo de transmissão da SARS-CoV-2. Isso ocorre devido à disseminação de pequenas gotículas que torna a mucosa oral e orofaríngea alvos fáceis para o vírus ao inalar de partículas do ambiente. As evidências mostraram que é necessária uma intervenção precoce para diminuir a intensidade da carga viral. A lavagem da boca, nariz e garganta pode erradicar as partículas virais, reduzindo a carga viral em pacientes expostos ao vírus. O uso de enxaguatórios bucais para gargarejo pode ajudar a prevenir e tratar infecções respiratórias no trato superior e inferior.
De acordo com as pesquisas feitas com seres humanos, o Phtalox – um corante funcional bioativo – promove uma autoativação e produção contínua de oxigênio reativo na presença de oxigênio molecular. “Em todas as fases de pesquisa, o antisséptico bucal Phtalox demonstrou atividade antimicrobiana (incluindo atividade virucida) associada à regeneração dos tecidos moles e redução do sangramento gengival”, explica Vilhena.
De acordo com o artigo da Acta, em um primeiro ensaio, os pacientes com teste positivo para Covid-19 apresentaram rápida recuperação após o uso do protocolo de bochechos Phtalox, com redução de sintomas como dor de garganta, úlcera bucal e tosse. Esses pacientes tornaram-se assintomáticos após alguns dias de uso de antisséptico bucal antiviral.
Dados mais completos sobre a recuperação dos pacientes estão disponíveis no Social Science Research Network (SSRN) sob o título Phtalox Mouthwash as An Option to Reduce Clinical Symptoms of Covid-19: Case Series. Este artigo já está entre os top 10 no SSRN.
.

ENDOSSANDO


Parceria – A VidaClass, startup focada na promoção da saúde com serviços médicos, dentistas, exames de imagens e laboratoriais, consultas e telemedicina, apoiada pela banca de advocacia Fleichman Advogados, acaba de assinar uma parceria com a Ticket, empresa de benefícios de refeição, alimentação e outros, que a partir de agora passa a ser distribuidora exclusiva dos serviços e/ou produtos VidaClass para empresas de qualquer porte em todo o país.
Com essa parceria, a Ticket vai ampliar as possibilidades para as empresas oferecerem benefícios aos seus colaboradores, com a oferta do Ticket Saúde, suportado operacionalmente pela VidaClass, que ganha escala e capilaridade dentro do mercado corporativo nacional.
Sobre o acordo Vitor Moura, CEO da plataforma destaca que – “estamos totalmente preparados para atender o aumento de demanda gerado pela assinatura de nossa parceria com a Ticket. Temos uma estrutura tecnológica “estado da arte” que nos permite avançar a partir de ferramentas especialmente criadas internamente para atender a todos os nossos clientes e estamos avançando em diversas frentes de negócios além do chamado B2C”. Com o acordo, a Ticket amplia a oferta de novas possibilidades de benefícios corporativos e salienta a vocação de ter sempre um produto estratégico para reforçar o relacionamento com as empresas e comerciantes.
Há quatro anos em operação, a healthtech VidaClass desenvolveu uma tecnologia própria e criou um portfólio de produtos que a credenciam como um suporte para os quase 170 milhões de brasileiros que não possuem Plano de Saúde e recorrem ao SUS.
Adicionalmente, a VidaClass tem no seu portfolio de ofertas variados produtos que complementam as necessidades dos que também possuem planos de saúde, como pacotes cirúrgicos não cobertos pelos planos, por exemplo. A parceria com a Ticket vai fortalecer ainda mais os serviços oferecidos pela startup que possui produtos com preços competitivos e total previsibilidade de gastos, além de possibilitar o acesso a uma rede hospitalar que inclui alguns hospitais de referência.
Para utilizar o aplicativo, o paciente escolhe o profissional/serviço/produto desejado por meio de filtros, como preço, distância e especialidade, a plataforma encontra a opção que mais se encaixa no interesse do paciente e finaliza a solicitação, liquidando a transação inteiramente online. A ferramenta mostra com clareza quem são os profissionais disponíveis e os descontos oferecidos e aceita variadas formas de pagamento e parcelamento. A VidaClass oferece ainda serviços complementares para os pacientes, como seguro de diária hospitalar e a VC Delivery, farmácia online com entrega na comodidade do lar dos pacientes, em qualquer lugar do país e descontos significativos não só para medicamentos, mas também para qualquer outro produto de farmácia, incluindo produtos de beleza e higiene pessoal
Outro ponto de destaque de VidaClass é que a startup é a única na área da saúde brasileira a ter uma plataforma própria de telemedicina, adquirida em 2019 na Europa, totalmente voltada para o atendimento de videoconsultas e prescrições médicas.
.
Cristo Redentor – Considerado uma das maravilhas do mundo, o Cristo Redentor está em processo de revitalização para comemorar seus 90 anos, que serão celebrados em 12 em outubro de 2021. E a Quali, administradora de planos de saúde coletivos, será uma das empresas a patrocinar a restauração e modernização do monumento. A companhia também irá promover, com exclusividade, a troca do sistema de iluminação.
Desenvolvido pela equipe pós-doctor da Universidade Fluminense, em parceria com o Santuário Cristo Redentor, o projeto visa promover uma restauração completa da obra e do espaço onde ela está inserida, de acordo com a aprovação e crivo do Iphan.
“O Cristo Redentor é um cartão-postal do nosso país, tem um valor incalculável. Nós ficamos muito honrados em contribuir com sua revitalização, pois acreditamos que essa é uma forma de valorizar um patrimônio nacional e, ao mesmo tempo, proporcionar uma iniciativa de cultura à sociedade”, declara Bruno Blatt, CEO da Quali.
A Qualicorp irá contribuir com os processos de conservação preventiva, obras estruturais emergenciais e melhorias do monumento, e está apadrinhando a troca do sistema de iluminação, que a partir de agora será eco-amigável, com energia sustentável e de baixo consumo, além de oferecer energia limpa para recarga de celulares.
“O ano de 2020 foi marcado por muitos desafios para todos os brasileiros. Sob as bênçãos do Redentor, a sociedade civil e o setor privado unem forças por um país melhor. Obrigado, Qualicorp, por ser a nova patrocinadora do Cristo Redentor!”, comenta padre Omar, reitor do Santuário Cristo Redentor.
Além da revitalização do monumento, o projeto prevê a implantação de uma plataforma de acessibilidade e a reforma da capela. A previsão é que as obras terminem em dezembro de 2021.
.
Fidelização de clientes – Construir um relacionamento com o cliente após a compra é tão importante quanto conquistá-lo antes de realizar a primeira venda. Para isso, é fundamental investir em estratégias e em equipes que garantam esse contato direto e contínuo no pós-venda. Pensando nisso, a MetaLife Pilates, fabricante de equipamentos de Pilates, oferece canais multiplataformas de atendimentos e possui a maior rede de assistência técnica no país neste segmento.
Com o objetivo de se aproximar ainda mais dos clientes, a empresa fortaleceu esses serviços neste ano. “Queremos manter um relacionamento a longo prazo com os clientes e sempre oferecer produtos e um leque de opções que atendam às necessidades e expectativas deles. Quanto mais a marca está presente, mais ela é lembrada e, consequentemente, é mais fácil de realizar as próximas vendas” explica Cristian Fernandes, diretor de Inovação e Novos Negócios da MetaLife Pilates.
Embora o percentual ainda seja tímido, esse formato de atendimento proporciona à MetaLife Pilates vendas de peças e acessórios, manutenção dos Studios e a divulgação de outros equipamentos comercializados pela empresa. Segundo uma pesquisa da McKinsey, 70% da experiência de compra do cliente é baseada na forma como ele é tratado, sem considerar produto e preço. Já um estudo da H.Interactive revelou que 9 em cada 10 consumidores não se importariam em pagar mais pelo produto se tivessem um atendimento melhor. Portanto, o pós-venda exerce um papel fundamental na decisão da próxima compra, além de determinar como a marca será divulgada para o mercado.
Para Fernandes, clientes satisfeitos e bem atendidos tendem a voltar a comprar com o mesmo fornecedor, e não com a concorrência. Esse é um dos benefícios que a fidelização proporciona. O diretor de Inovação e Novos Negócios da MetaLife Pilates, enxerga um risco muito grande em cortar custos para esse serviço, uma vez que há mais pontos positivos que negativos para os negócios e para o futuro da empresa.
“Outro argumento que reforça a importância do investimento no pós-venda é poder receber feedbacks. Com o contato mais próximo, a empresa pode identificar pontos de melhorias dos produtos, tendências e desejos de mercado, capilaridade da rede, possibilidade de aplicação de cursos de formação profissional e muito mais”, pontua Arnaldo Furtado, gerente de Pós-vendas da MetaLife Pilates.
Um dos principais desafios do pós-vendas é integrar todas as áreas da empresa que influenciam a jornada do consumidor, desde a área comercial, financeira, logística e de produção, até a assistência técnica. É preciso manter a equipe alinhada e motivada para que os produtos e serviços sejam reconhecidos com excelência. Atualmente, os clientes estão cada vez mais exigentes com relação ao atendimento de suas solicitações. A MetaLife Pilates investe em recursos para cada vez mais proporcionar uma experiência que gere satisfação aos clientes, buscando resolver problemas e trazer soluções para o mercado. “Se a empresa não contar com um plano para o atendimento eficiente no pós-venda para os consumidores, infelizmente a reputação e, consequentemente, os lucros serão reduzidos”, conclui Furtado.

.

HAPPY HOUR

“A melhor maneira de ser feliz é contribuindo para a felicidade dos outros.”
Confúcio

Leia mais:

Petrobras acelera saída da área de transporte de gás natural

SEG NOTÍCIAS – ANS propõe revisão de rol a cada seis meses

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Moby fecha 2021 com crescimento de 26%

Apesar da pandemia, da crise econômica e da redução na fabricação de veículos, a Moby corretora de seguros conseguiu fechar o ano de 2021...

Gama Saúde registra ganhos em nuvem da Oracle

A Gama Saúde, empresa do grupo Qualicorp e líder na oferta de serviços e soluções para empresas e operadoras de planos de saúde, teve...

MDS: Diretora de Resseguros quer ampliar atuação no Brasil

A MDS Brasil, uma das principais corretoras do país no segmento de seguros, resseguros, gestão de benefícios e consultoria de riscos, anuncia uma mudança...

Últimas Notícias

Caixa registra recorde em crédito imobiliário

A Caixa Econômica Federal realizou mais de R$ 140 bilhões contratados ao longo de 2021, maior valor da história do banco, com crescimento de...

Vendas do Grupo Patrimar crescem 193,7 no 4T21

O Grupo Patrimar - construtora e incorporadora mineira que atua na baixa, média e alta renda em Belo Horizonte, no Rio de Janeiro e...

Vacina errada em mais de 57 mil crianças e adolescentes

Em meio à campanha de vacinação contra a Covid-19, 57,14 mil crianças e adolescentes em todo o país foram imunizados com doses para adultos...

Pandemia aumenta acesso da população a serviços bancários

Os bancos digitais aumentaram o acesso da população brasileira a produtos financeiros, com destaque para a parcela de baixa renda. Atualmente 19% dos brasileiros...

Moby fecha 2021 com crescimento de 26%

Apesar da pandemia, da crise econômica e da redução na fabricação de veículos, a Moby corretora de seguros conseguiu fechar o ano de 2021...