SEG NOTÍCIAS - ANS finaliza inclusão de testes para zika em rol de planos de saúde

Seguros / 16:38 - 22 de abr de 2016

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) finalizou na última terça-feira proposta para a incorporação de exames de detecção de vírus zika ao Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, que estabelece a cobertura obrigatória que os planos de saúde devem oferecer aos seus clientes. O texto, elaborado em parceria com representantes do setor, com órgãos de defesa do consumidor e com a Associação Médica Brasileira (AMB), ainda será avaliado pela Diretoria Colegiada da agência. Assim que for aprovada, a ANS dará um prazo para que operadoras de planos de saúde organizem a rede de atendimento e de laboratórios para oferecerem os exames. É importante destacar que a ANS está realizando de forma extraordinária a revisão do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde para incorporação de testes laboratoriais para o diagnóstico da zika por se tratar de uma emergência em saúde pública decretada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Esta é mais uma das ações da Agência no enfrentamento da atual situação, além do acompanhando atento das diretrizes do Ministério da Saúde para prevenção e o combate ao vírus zika e as demais doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. Este processo está sendo realizado com o apoio de um grupo técnico criado especificamente com essa finalidade, coordenado pela Gerência-Geral de Regulação Assistencial da Diretoria de Normas e Habilitação de Produtos (Dipro), e que conta com a participação dos principais atores da saúde suplementar. A proposta elaborada pelo grupo encontra-se alinhada às diretrizes do Ministério da Saúde, da OMS, da AMB e do Centers for Diseases Control and Prevention (CDC) norte-americano. A reunião que definiu a proposta que será apresentada à Diretoria Colegiada da ANS foi aberta pela diretora-adjunta da Dipro, Flávia Tanaka, e conduzida pela gerente-geral de Regulação Assistencial, Raquel Lisbôa. O gerente de Produtos Diagnósticos de Uso In-Vitro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Augusto Bencke Geyer, apresentou informações sobre como funciona o processo de registro de produtos junto ao órgão para que possam ser comercializados no Brasil, especialmente os destinados à detecção do vírus zika. Também participaram da reunião representantes da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge), Associação Nacional das Administradoras de Benefícios (Anab), Associação Nacional dos Participantes de Fundos de Pensão (Anapar), Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH), Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp), Autogestão em Saúde (Unidas), Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Federação das sociedades de ginecologia (Febrasgo), Federação Brasileira de Hospitais (FBH), Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), Sociedade Brasileira de Patologia Clínica e Medicina Laboratorial (SBPC/ML), Unimed Brasil e União Geral dos Trabalhadores (UGT). Nesta sexta-feira, a presidente Dilma Rousseff assinou decreto que institui o programa de prevenção e proteção individual de gestantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica contra o Aedes aegypti. De acordo com a publicação, se caracterizam como em situação de vulnerabilidade socioeconômica as gestantes que integram famílias beneficiárias pelo Programa Bolsa Família. O programa será desenvolvido por meio da implementação e execução de ações voltadas para a aquisição e a distribuição de insumos estratégicos para a saúde, como repelentes para uso tópico contra mosquitos. . Seguro de vida resgatável oferece garantias em vida A Mapfre Previdência anunciou o lançamento do Bién Vivir, que dá a oportunidade do segurado em obter o que é chamado cobertura por Sobrevivência, ou seja, enquanto o segurado estiver vivo, o seu tempo contratado da apólice de seguro de vida terá um capital segurado para ele mesmo. "Um bom planejamento financeiro deve observar objetivos e riscos presentes em nossa vida, tanto no curto quanto no longo prazo, e hoje temos soluções inovadores em seguro de vida para essas questões", diz Maristela Gorayb, diretora comercial da Mapfre Serviços Financeiros. O Bién Vivir é competitivo com produtos de nível internacional e as reservas que se acumulam dentro do seguro podem ser resgatadas a partir de 24 meses. Essas reservas tem rentabilidade garantida de 3%aa somados ao IPCA - Índice de Preços ao Consumidor Amplo e o que exceder a isso é repassado progressivamente ao segurado com o passar do tempo de vigência da apólice. O mesmo seguro pode ser solução para projetos de Planejamento Sucessório em empresas com objetivo de evitar que, no caso de falecimento de um dos sócios, seus herdeiros, que porventura não tenham aptidão ou afinidade com o negócio, ingressem na sociedade. Os sócios podem contratar o seguro tendo como beneficiária a própria empresa, o que permitirá capitalizá-la para a compra das cotas dos seus herdeiros de um sócio que vier a falecer. Esse seguro tem flexibilidade ainda para resolver questões de proteção em caso de perda de uma "pessoa chave", numa empresa ou negócio, por exemplo, um sócio que detém a propriedade intelectual de seu negócio ou se um alto executivo cujo know-how técnico é vital para a sustentabilidade de um determinado segmento da empresa. . DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL
Projetos de pesquisa em saúde suplementar O Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (Iess) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) selecionaram quatro propostas de pesquisa para receber bolsas pela primeira chamada de projetos de pesquisa acadêmica das duas organizações. Trata-se da primeira parceria entre o Instituto e a Fundação estadual para fomentar estudos e debates sobre a sustentabilidade da saúde suplementar brasileira. Os projetos escolhidos serão desenvolvidos nos próximos dois anos. O superintendente-executivo do Iess, Luiz Augusto Carneiro, destaca a qualidade dos projetos selecionados. "São projetos sofisticados, de grande densidade acadêmica, provenientes de grupos de pesquisa de excelência", avalia. "Temos expectativa de que os trabalhos serão de alto nível e, com certeza, vão contribuir com boas propostas para a sustentabilidade da saúde suplementar", adiciona. Além da concessão de bolsas de pesquisa em conjunto com a Fapesp, o Iess também realiza, há cinco anos, o Prêmio Iess de Produção Científica em Saúde Suplementar, voltado para trabalhos de Pós-graduação (especialização, MBA, mestrado ou doutorado) nas áreas de Economia, Direito e Promoção da Saúde. Os pesquisadores beneficiados com as bolsas são: Arnaldo Luiz Ryngelblum, da UNIP, com o projeto "Regulamentação da saúde suplementar no Brasil: evolução, tendências e impactos"; Mario Ferretti Filho, da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein, com o projeto "Segunda opinião nas indicações de cirurgias de coluna: avaliação de custo-efetividade"; Alexandre Pereira Salgado Junior, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP de Ribeirão Preto, com o projeto "Proposta de boas práticas em gestão que colaborem para sustentabilidade financeira de hospitais filantrópicos vinculados a saúde suplementar"; e, Gustavo Cardoso Guimarães, do A.C. Camargo Câncer Center/FAP, com o projeto "Analise da custo-efetividade do rastreamento e das modalidades terapêuticas do câncer de próstata". . SEGURO CIDADÃO
Hipertensão reduz em média 16,5 anos na expectativa de vida A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) lança campanha para ampliar a adesão ao tratamento da hipertensão arterial, já que 35,5 milhões de brasileiros têm a doença e não se cuidam. A ação será deflagrada em todo o país pela passagem do Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão, em 26 de abril. Os folders e cartazes terão os atores Marcelo Serrado e Ingrid Guimarães vestindo a camiseta "Eu sou 12 por 8", campanha que já está na sétima edição. O Brasil tem 47,5 milhões de hipertensos e somente 19,6% estão com os valores pressóricos adequadamente controlados. O slogan da campanha é "Quem trata a hipertensão vive sem restrição". Para o diretor de Promoção da Saúde Cardiovascular da SBC, Weimar Sebba Barroso, além de visitar o médico com regularidade, o hipertenso precisa tomar o medicamento prescrito, cuidar da alimentação e exercitar-se. As doenças cardiovasculares são as principais causas de morte, com 350 mil óbitos todos os anos no Brasil. Um dos principais fatores de risco para essas altas taxas de mortalidade é a hipertensão, responsável por 57,5 mil mortes anuais em decorrência dos infartos e 63 mil óbitos anuais por AVCs. "Sem falar nos que sobrevivem e passam a conviver com sequelas para sempre. Controlar a hipertensão pode aumentar em 16,5 anos a expectativa de vida", esclarece o cardiologista. O presidente da SBC, Marcus Bolívar Malachias, lembra que 80,4% negligenciam a doença no país, não tomam regularmente o remédio prescrito e consequentemente não controlam seus níveis pressóricos. Os dados fazem parte da compilação de 14 estudos populacionais feitos nos últimos 15 anos. "O índice de quem não se trata pode ser ainda maior, já que os estudos analisados são bastante heterogêneos e com baixa abrangência em áreas rurais, onde existe menor cobertura do Programa de Saúde da Família", explica Malachias. Nos EUA, 53% dos hipertensos têm a pressão controlada e, no Canadá, este índice chega a 68%. Segundo a Organização Mundial de Saúde, a cada ano a hipertensão causa 7,6 milhões de óbitos de pessoas em todo o mundo, cerca de 80% em países em desenvolvimento como o Brasil, mais da metade na faixa de 45 a 69 anos. Weimar Sebba Barroso destaca que, na maioria das vezes, a hipertensão é silenciosa, não apresentando qualquer sintoma. "Basta realizar a medida da pressão de forma adequada no consultório ou em um posto de saúde para descobrir o problema e iniciar um tratamento, com orientação de um médico", completa. . ENDOSSANDO
Descontos de até 50% em produtos e serviços de parceiros - O Clube Porto, site de benefícios e descontos especiais para clientes e segurados Porto Seguro, adicionou novos parceiros a sua lista visando trazer ainda mais vantagens. O site, que já conta com diversos parceiros que oferecem até 50% de desconto na compra de produtos e contratação de serviços, agora também disponibiliza ofertas exclusivas da Havanna, loja virtual de alfajores argentinos, Blue Tree Hotels, Sony e Meu Móvel de Madeira. O portal funciona como uma vitrine de benefícios e ofertas exclusivas aos clientes da carteira da Porto Seguro, com descontos em segmentos como lazer, entretenimento, gastronomia e eletrônicos. O projeto faz parte da estratégia da Porto Seguro em ampliar as vantagens para os clientes, estando cada vez mais presente na vida dele e de sua família. Para usufruir dos benefícios é preciso que o cliente ou segurado se cadastre por meio do site. Após realizar o cadastro, basta selecionar as ofertas desejadas e apresentar o voucher no parceiro escolhido. No caso da loja online, devem ser observadas as instruções de resgate de acordo com a loja escolhida. Para conferir todos os benefícios e parceiros do Clube Porto Seguro, acesse: www.clubeportoseguro.com.br. . Transações na nuvem no setor de healthcare - A Infor, empresa de programação empresarial na nuvem, anunciou na HIMSS 2016 sucesso significativo no setor de healthcare. Aplicações de saúde para a gestão de capital humano, gestão financeira e empresarial, gestão de supply chain, análises avançadas e interoperabilidade contribuíram para cerca de 450 novos negócios ou expansões em 2015. Estão inclusos nessas frentes o Children’s Health, UNC Health, Jackson Health System, Confluence Health, Memorial Health System e o Liberty Healthcare Management. A empresa continua a ver a aceitação de soluções em Cloud da Infor em todo o setor de saúde. Atestando isso, a divisão de Healthcare da Infor teve um aumento de 153% em suas operações comerciais de serviços em cloud, comparando o período de 2015 com 2014. O Infor CloudSuite Healthcare oferece visibilidade em todas as esferas de uma organização, tudo dentro de uma infraestrutura segura projetada para atender as necessidades de hospitais comunitários, redes de distribuição integradas, centros médicos acadêmicos, hospitais infantis, instalações de cuidados de longo prazo, centro de cuidados intensivos, ambulatórios e clínicas particulares. Com uma simples atualização de programa os clientes Infor tem uma trajetória simples até o Infor CloudSuite Healthcare, no Amazon Web Service (AWS), tendo acesso a novas funcionalidades e capacidades, utilizando-se de tecnologias inovadoras em análise de dados, aplicações para mobiles e tecnologias colaborativas que aumentam tanto a produtividade quanto a eficiência dos usuários. "Quando nos mudamos para a nova arquitetura usando a nuvem como a nossa força motriz, economizamos cerca de US$ 400 mil em despesas operacionais anuais", disse Bill Hofrichter, Chief Operating Officer da Concordia Plan Services. "Nossa análise final foi a de que a solução de nuvem da Infor funcionou muito bem na prática além ser extremamente eficiente em redução de custos" completou o COO da Concordia. Além disso, as soluções de interoperabilidade clínica oferecidas para prestadores de serviços de saúde ajudam a colocar os pacientes como prioridade de seus negócios. Com o Infor Cloverleaf, as organizações podem tomar melhores decisões operacionais, financeiras e clínicas, permitindo que os usuários compartilhem informações e dados de pacientes em sistemas distintos, integrando dados de diferentes EMRs e ERPs, por exemplo. Com a capacidade de intercâmbio de dados e a possibilidade de novos insights, empresas da área da saúde podem melhorar o gerenciamento de troca de informações clínicas, apoiar provedores não eletrônicos de registro médico (EMR), além de facilitar referências e consultas, compartilhando uma visão consolidada dos registros de um paciente. Já as aplicações de inteligência de negócios da Infor buscam oferecer análises significativas para a indústria da saúde, identificando oportunidades de redução de custos, melhorias de contratação e gestão pessoal além de aumentar a colaboração com aplicações de análise, que foram construídas por especialistas de saúde para o setor de saúde. . Seguros para profissionais autônomos e liberais - A Seguros Unimed anunciou que "pensando na proteção e na tranquilidade de profissionais autônomos e liberais" formatou o Vida Serit Modular, uma modalidade de seguro de Renda por Incapacidade Temporária. Em caso de acidentes ou doenças que exijam afastamento do trabalho, o produto garante a renda mensal contratada ao segurado, que pode, então, se dedicar totalmente ao seu bem-estar e recuperação. Segundo a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), feita no Brasil pelo Sebrae e pelo Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP), o Brasil é o país mais empreendedor do mundo. O estudo mostra que 34,5% da população brasileira tem seu próprio negócio, seja formal ou informal, sendo assim, três em cada dez brasileiros adultos, entre 18 e 64 anos, possuem uma empresa ou estão envolvidos com a criação de um negócio próprio. A pesquisa ainda mostra, que mesmo diante da atual condição da economia brasileira, o volume de empreendedores no Brasil continua avançando. Mostrando que além de ser uma maneira de conquistar independência nos negócios, o empreendedorismo tem sido uma alternativa importante para complementar a renda da população e lidar com segurança frente ao cenário de crise e incertezas. O seguro de Vida Serit Modular faz parte do portfólio de produtos de Vida da Seguros Unimed, segmento em operação há mais de 20 anos. Segundo o superintendente de Estratégia, Governança, Riscos, Produtos e Novos Negócios na Seguros Unimed, Fábio Gastal, o produto superou as questões de proteção financeira, porque a seguradora, desde sempre e por seu DNA cooperativista, entende o papel do empreendedorismo no desenvolvimento econômico e social dos países, portanto criar um tipo de seguro que garanta estabilidade ao segurado nas situações mais complicadas e inesperadas da vida. Para comemorar a trajetória bem-sucedida e incentivando a inovação e a qualidade no mercado de seguros, a companhia oferece aos clientes um bônus exclusivo de indenização. Os segurados que completam o terceiro ano de vigência do contrato, sem ocorrência de sinistro terão direito a uma diária de bonificação na indenização. E após esse período, o quarto ano de vigência do seguro, o cliente acumula uma diária extra por ano, limitado ao máximo de cinco diárias. "É importante que as pessoas tomem conhecimento sobre como um seguro pode melhorar suas vidas, principalmente porque esse tipo de produto está relacionado a amor e proteção. Contratar o seguro de vida que mais se adapta às necessidades de cada pessoa é estar protegido e proteger a família também. Temos mais de duas décadas de expertise e sucesso com o Serit Modular, trata-se de algo muito procurado e bem-sucedido que temos o compromisso de seguir aprimorando para nossos clientes e todo o mercado, afirma o superintendente de Estratégia, Governança, Riscos, Produtos e Novos Negócios na Seguros Unimed, Fábio Gastal.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor