SEG NOTÍCIAS – Mediação digital é alternativa contra judicialização da saúde

A mediação digital, novo recurso criado para facilitar a resolução dos conflitos entre os consumidores e os planos de saúde, foi apresentada a representantes de operadoras de saúde complementar na última quarta-feira. Lançado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o sistema permite a construção de acordos celebrados de forma virtual pelas partes do processo.
“É uma ferramenta que visa a oferecer uma resposta mais rápida aos consumidores que recebem negativas dos planos de saúde. O sistema permitirá que sejam homologados acordos sem que haja a presença física das partes. A principal missão do novo sistema é barrar a judicialização na área da saúde, buscando solucionar de forma mais ágil os impasses entre consumidores e planos de saúde”, explica Claudia Nakano, advogada especializada em Saúde em Defesa do Paciente.
.
Criação da Frente Parlamentar da Medicina Para fortalecer a representação médica em decisões políticas importantes para a classe e a saúde, a Associação Paulista de Medicina participou, em 9 de agosto, de mobilização para a criação de Frente Parlamentar da Medicina (FPMed), em Brasília. Mais de 100 entidades médicas também marcaram presença.
Segundo o presidente da APM, Florisval Meinão, o objetivo é que a classe médica tenha um canal de comunicação, com estrutura administrativa e técnica, para divulgar os Projetos de Lei de interesse do setor em tramitação.
“É uma maneira de os médicos acompanharem os PLs. Também é uma iniciativa essencial para nos mantermos próximos dos parlamentares e, de forma organizada, influenciar nas decisões de projetos que sejam relevantes”, explica.
João Sobreira de Moura Neto, diretor de Defesa Profissional da entidade, acredita que tal medida estimulará a mobilização em torno de pautas da Saúde, para que tenham prioridade no Congresso.
“Vimos um comprometimento dos parlamentares com essa discussão e o envolvimento não só dos médicos, mas de todos os profissionais da área.”
A frente engloba deputados de diferentes partidos, com ligação ou afinidade com a área médica. Dessa forma, foi formado um grupo com 15 pessoas, sendo três deputados e 12 representantes de entidades médicas, englobando associações, sindicatos e conselhos, para estudar e debater propostas. A APM é uma das entidades participantes. A criação oficial está prevista para outubro.
A Associação Paulista de Medicina foi uma das primeiras envolvidas na proposta de criação de uma frente no Congresso, ao lado do deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS) e do senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), ambos médicos. A semente da Frente Parlamentar da Medicina teve origem em março deste ano, quando Mandetta esteve na APM para iniciar o debate.
“O segmento médico, infelizmente, nos últimos anos, tem sido agredido por não contar com um núcleo político que o defenda e o previna de ações governamentais e outras na esfera política. Assim, a APM sente-se muito honrada em participar dessa formação, principalmente ao lado de dois parlamentares médicos brilhantes”, enaltece Marun David Cury, diretor adjunto de Defesa Profissional.
.
DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL


Presidente da Escola Nacional de Seguros palestra na OAB-SP
O presidente da Escola Nacional de Seguros, Robert Bittar, palestrou na sexta-feira, 12 de agosto, na cerimônia de posse dos membros da Comissão de Direito Securitário da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção São Paulo (OAB-SP).
Bittar lembrou que as Ciências Jurídicas, juntamente com as Ciências Atuariais, compõem a base sobre a qual se fundamenta a atividade de Seguros e destacou: “o contrato é peça-chave na relação entre o segurador e o segurado, por isso é de grande interesse de todas as partes envolvidas que haja a maior clareza possível, o que torna a atuação dos advogados essencial para o desenvolvimento do segmento”.
“A atuação desta Comissão é essencial no acompanhamento dos projetos envolvendo seguros que tramitam no legislativo, pois mudanças no marco regulatório afetam todo o setor e também o consumidor de seguros”, afirmou Bittar.
A presidente da comissão, Debora Schalch, enalteceu a aproximação com as instituições do setor e agradeceu a presença da Escola na cerimônia.
Também estiveram presentes no evento o vice-presidente da CNseg, Marco Barros, e o vice-presidente do Sincor-SP, Boris Ber, além de representantes de entidades do segmento.
.
II Curso Seg News de Seguro de responsabilidade Civil Geral De 22 à 26 de agosto, das 14h30 às 19h, o Espaço de Eventos Travel Ace (Av. Ipiranga, 353 – Centro – SP) sedia o II Curso Seg News de Seguro de responsabilidade Civil Geral, a cargo do professor Gutemberg R. Viana, consultor em Seguros de responsabilidade Civil, formado em Direito e com Pós-graduação na FMU e em responsabilidade Civil pela FGV-SP,.
Uma realização do Centro de Capacitação Profissional Seg News, o evento tem por público-alvo profissionais da área de Subscrição, Precificação, Aceitação, Análise e Sinistros de seguradoras, corretoras, assessorias, reguladoras, e outros relacionados.
Profissionais de Assessorias e Consultorias, Jurídicas, e de Gestão de Riscos.
O investimento é de R$ 950 (sendo que a partir de duas inscrições cai para R$ 900 cada) e inclui material de apoio, certificado e coffee break.
Informações pelo e-mail: [email protected] e [email protected] ou pelo telefone (11) 9-5794-6570.
.
Palestra de Armando Vergílio no CSP-MG tem data alterada
O Clube de Seguros de Pessoas de Minas Gerais (CSP-MG) informa que a palestra com o presidente da Fenacor, Armando Vergílio, foi transferida para o dia 16 de agosto, em virtude de alteração na agenda do convidado. O local e o horário do evento permanecem os mesmos: das 9h às 11h30, no auditório do Sindseg MG/GO/MT/DF.
.
SEGURO CIDADÃO


Prêmios Longevidade Bradesco Seguros: prazo para inscrições termina na próxima sexta
Termina na próxima sexta-feira, 19 de agosto, o prazo para inscrições nos Prêmios Longevidade Bradesco Seguros,promovidos pelo Grupo Bradesco Seguros nas modalidades Jornalismo, Histórias de Vida e Pesquisa em Longevidade. Em sua sexta edição, a iniciativa consolida-se como uma das mais importantes voltadas à difusão e discussão do tema em âmbito nacional.
O Brasil é hoje um dos países que mais rapidamente envelhecem no mundo. Segundo projeções do IBGE, o país terá, em 2050, 64 milhões de idosos, o que equivalente a 30% da população total. Atento à nova estrutura etária da população brasileira, o Grupo Bradesco Seguros promove, desde 2011, os Prêmios Longevidade Bradesco Seguros.
“Nosso principal objetivo é difundir para a sociedade brasileira a importância da conquista da longevidade em seu conceito mais amplo, valorizando ações que conciliem planejamento financeiro com envelhecimento ativo e saudável, qualidade de vida, bem-estar e preparação dos mais jovens para o futuro”, destaca Alexandre Nogueira, diretor do Grupo Bradesco Seguros.
Desde a primeira edição, os Prêmios Longevidade Bradesco Seguros contam com a consultoria do médico e pesquisador em saúde pública Alexandre Kalache, ex-diretor do Departamento de Envelhecimento e Saúde da Organização Mundial da Saúde (OMS) e uma das maiores autoridades internacionais em gerontologia.
“Nos últimos 70 anos, a expectativa de vida no Brasil aumentou mais de 30 anos. Existem hoje no mundo 700 milhões de idosos, e em 2050 serão mais de dois bilhões. A população acima de 80 anos, que era de 14 milhões em 1950, chegará a quase 400 milhões em 2050. Tudo isso representa uma revolução que já está sendo percebida na saúde pública, no cuidado social, na forma como trabalhamos, buscamos informações e nos organizamos”, ressalta Kalache.
Os três primeiros colocados nas modalidades de Jornalismo e Histórias de Vida e os dois primeiros de Pesquisa em Longevidade receberão prêmios, além de troféus e certificados. A cerimônia de entrega ocorrerá durante o XI Fórum da Longevidade Bradesco Seguros, que reunirá especialistas e convidados nacionais e internacionais no dia 5 de outubro de 2016, na cidade de São Paulo.
Os Prêmios Longevidade fazem parte de um conjunto de ações mais abrangentes desenvolvidas pelo Grupo Bradesco Seguros desde 2006, com o intuito de difundir a importância de se conquistar um envelhecimento ativo e saudável, com bem-estar.
Além do Fórum da Longevidade, as iniciativas incluem o Circuito da Longevidade, que já reuniu, desde 2007, mais de 350 mil participantes, em corridas e caminhadas nas principais cidades do país; o Programa Porteiro Amigo do Idoso, lançado em 2010 para capacitar porteiros a oferecer melhores serviços aos idosos, e que já treinou mais de dois mil profissionais, em bairros de Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo; e o movimento Conviva, que visa a incentivar a convivência harmoni osa entre ciclistas, motociclistas, motoristas e pedestres, englobando, entre outras ações, a Ciclo Faixa de Lazer São Paulo.
Em reconhecimento à importância da imprensa como formadora de opinião e difusora de conhecimento, o Prêmio Longevidade de Jornalismo busca estimular a elaboração de trabalhos jornalísticos que tratem o tema da longevidade com criatividade, contemplando duas categorias: Mídia Impressa (jornais e revistas) e Mídia Digital (tv, rádio e web). Estão habilitados a concorrer matérias, artigos ou outros trabalhos de cunho jornalístico veiculados no período de 12 de setembro de 2015 a 19 de agosto de 2016. Os vencedores em primeiro, segundo e terceiro lugares de cada categoria receberão troféus, certificados e prêmios nos valores de R$ 10 mil, R$ 5 mil e R$ 3 mil, respectivamente (a serem pagos medi ante carga inicial e única em cartão de débito nominal ao premiado, sem função de saque, para aquisição de produtos ou serviços).
Já o Prêmio Longevidade Histórias de Vida, aberto à participação de maiores de 18 anos de idade, tem como principal objetivo reconhecer e estimular a transmissão de conhecimento entre gerações, incentivando o relato de histórias que, de alguma forma, contribuam para disseminar o conceito de longevidade com qualidade de vida e bem-estar. O primeiro, segundo e terceiro colocados receberão troféus, certificados e prêmios nos valores de R$ 5 mil, R$ 3 mil e R$ 1 mil, respectivamente (a serem pagos mediante carga inicial e única em cartão de débito nominal ao premiado, sem função de saque, para aquisição de produtos ou serviços).
E, por fim, o Prêmio Pesquisa em Longevidade, direcionado à comunidade acadêmica, é composto pelas categorias Geriatria e Gerontologia. Somente estão habilitados a concorrer projetos de pesquisa desenvolvidos no âmbito acadêmico, aprovados por agências de fomento nacionais e/ou estaduais nas áreas de conhecimento existentes nessas agências no período de 1º de janeiro de 2010 a 19 de agosto de 2016 e que remetam ao tema longevidade no sentido amplo. Os vencedores em primeiro e segundo lugares de cada categoria receberão troféus, certificados e prêmios nos valores de R$ 10 mil e R$ 5 mil, respectivamente (a serem pagos mediante carga inicial e única em cartão de débito nominal ao premiado, sem função de saque, para aquisição de produtos ou serviços).
.
ENDOSSANDO


HDI Seguros conquista prêmio recall de Marcas e Serviços em Colatina
A HDI Seguros conquistou a categoria “Marca de Valor” do prêmio recall de Marcas e Serviços, de Colatina (ES). A empresa, em votação popular, foi eleita a marca mais lembrada.
O prêmio é realizado há 15 anos na cidade e, por meio de voto espontâneo, tem como objetivo avaliar quais são as marcas nacionais mais lembradas pelos colatinenses. Como a mais indicada, a HDI Seguros ficou à frente de diversas grandes empresas de diferentes ramos.
“Acreditamos que o prêmio é uma forma de reconhecer todo o trabalho desenvolvido pela equipe na região. Ser lembrado pelos clientes é uma grande conquista para nós”, avalia Antonio Carlos Melo Costa, diretor da regional Rio de Janeiro/Espírito Santo da HDI Seguros.
A seguradora foi premiada em cerimônia que aconteceu no dia 13 de agosto, na Arena North Star, na própria cidade.
.
Circo O IRB Brasil/Re patrocina o espetáculo Unicirco Marcos Frota in Concert, que acontece naa Quinta da Boa-Vista, no Rio de Janeiro. Mais de 50 artistas participam do show que conta com trilha sonora executada ao vivo. As sessões acontecem aos sábados, domingos e feriados, sempre às 15h e 17h30.
O IRB tem se firmado como incentivador do acesso à cultura e, somente entre 2015 e 2016, já apoiou mais de 30 ações de cultura e esporte, com investimentos de mais de R$ 20 milhões, em sua maioria via leis de incentivo.
O espetáculo promove o encontro de diversas linguagens, como a capoeira com o trapézio, a guitarra com os malabares, o canto com números aéreos, a dança com acrobacia, e a percussão com a ginga tropical.
.
Cinema A Brasilcap patrocina o filme Vidas Partidas, que entrou em cartaz no dia 4 em todos os cinemas do Brasil. O longa traz a temática da violência contra a mulher, em um triste e complexo cenário que mostra o Brasil como o quinto país mais violento para mulheres em um ranking de 83 países.
De acordo com Marcio Lobão, presidente da companhia, a empresa se orgulha em contribuir para incentivar a cultura no país e, ao mesmo tempo, viabilizar a discussão de um tema tão alarmante. “Buscamos sempre apoiar iniciativas que estimulem o crescimento cultural do Brasil, e esse filme é ainda mais especial por abordar um tema tão tocante como a violência doméstica contra a mulher. Precisamos parar e refletir sobre o assunto”.
O filme do cineasta Marcos Schechtman é protagonizado pelos atores Domingos Montagner e Naura Schneider. Graça (Naura Schneider) é uma mulher apaixonada que depois de alguns anos casada é vítima de um crime de violência doméstica no Brasil dos anos 80. Ela e Raul (Domingos Montagner) têm duas filhas e uma relação marcada pela alta passionalidade. Cenas ardentes de amor se misturam com outras que vão revelando a personalidade de Raul e mostram como a vítima pode demorar a perceber que está dormindo com o inimigo.
.
Previsul Seguradora comemora 110 anos com foco no futuro
A Previsul Seguradora comemorou110 anos no dia 1º de agosto. Com 4.150 corretores cadastrados, a empresa está presente em nove estados brasileiros, oito sucursais e oito escritórios, além da matriz em Porto Alegre. O atendimento personalizado e prioritário ao corretor é o diferencial da companhia no mercado. “A Previsul é uma das poucas empresas brasileiras com mais de 100 anos. Chegar aos 110 anos é louvável, uma vez que ela se mostra com a vitalidade de uma empresa recém-criada, inserida em um ramo muito tradicional, que é o de seguros, e que consegue se reinventar e enxergar novos desafios”, destaca o diretor-presidente, Renato Pedroso.
Segundo ele, esta evolução está ocorrendo em duas grandes frentes: tecnologia e inovação e cultura organizacional. “Estamos focados em otimizar os processos de operação, investindo na evolução dos sistemas, impactando diretamente os setores administrativo, financeiro, cotações e comercial. Queremos ser vanguarda no mercado e estamos investindo para disponibilizar ao corretor canais tecnológicos para atender cada vez melhor os consumidores”, afirma, destacando que para o segundo semestre a novidade é a cotação eletrônica dos produtos da Previsul. “Isso trará mais agilidade ao atendimento, uma vez que o corretor terá a cotação imediata do seguro e poderá selecionar os tipos de cobertura e assistências.”
A Previsul Seguradora foi fundada em 1906 como Companhia de Seguros Previdência do Sul, pelo Banco da Província do RS e pelo Banco Nacional do Comércio. Em 1971, passou a fazer parte do grupo Sul América Seguradora e em 1973, foi adquirida pelo Grupo Aplub – Associação dos Profissionais Liberais Universitários do Brasil. Já em 2006, seu controle acionário passou para a Consulfac – uma sociedade gestora de participações societárias. E, em 2013, teve suas ações adquiridas pela Caixa Seguradora, quando adotou um novo posicionamento de mercado, com foco em flexibilidade, simplicidade, inovação e modernidade.
.
Receita total 7% maior no segundo trimestre No segundo trimestre e primeiro semestre de 2016, as receitas totais da Porto Seguro evoluíram 7% e 6% respectivamente. A estratégia de expansão geográfica e diversificação de produtos têm contribuído para o incremento das vendas, a despeito da crise econômica. Por outro lado, o resultado foi prejudicado principalmente em decorrência da maior incidência de sinistros.
Na operação de seguros, os prêmios auferidos da companhia aumentaram 8% no 2T16 e 6% no 1S16. O seguro de auto consolidado das três marcas cresceu 6%, enquanto o mercado recuou 4% no semestre. O número de veículos segurados atingiu 5,5 milhões (+7%) e a Porto Seguro incrementou aproximadamente 800 mil vidas no seguro de pessoas, alcançando 7,5 milhões de vidas seguradas.
O desempenho operacional de seguros piorou em ambos períodos em decorrência do aumento da sinistralidade. O índice combinado atingiu 100,1% no 2T16 e 99,5% no 1S16. No trimestre, os sinistros foram pressionados por alagamentos, chuvas de granizo e vendavais, inesperados para esse período, pelo aumento dos roubos de veículos e pela base de comparação com o trimestre anterior, quando o resultado foi melhor em relação à média histórica. Além disso, a alta elevação da frequência de utilização do seguro saúde impactou as margens. Por outro lado, o índice de despesas administrativas decresceu em 0,5 p.p., enquanto que os gastos nominais permaneceram praticamente estáveis, resultado da melhora na eficiência da operação.
As receitas das empresas financeiras e de serviços cresceram 5% no trimestre e 3% no semestre, associadas ao aumento das vendas dos produtos de telefonia móvel (Conecta) e consórcio. Entretanto, as receitas financeiras das operações de crédito decresceram significativamente, em consequência das ações de redução de risco da carteira.
O resultado financeiro apresentou um aumento de 11% no trimestre, explicado pelos investimentos em ativos atrelados a juro real+inflação e a renda variável, que apresentaram uma performance acima do índice de referência e também por um CDI médio maior no período. A rentabilidade trimestral da carteira foi de 3,6% (108% do CDI) e de 7,7% (114% do CDI) no semestre, excluindo-se os recursos previdenciários.
Finalmente, o lucro líquido, já considerando o aumento de tributos (CSLL) foi de R$ 175 milhões no trimestre e de R$ 415 milhões no semestre, correspondendo a um decréscimo de 37% e 18% em relação aos mesmos períodos de 2015, respectivamente. O Roae foi de 11,9% no 2T16 e de 14,3% no 1S16.
.
ANS: números relativos ao mês de julho já estão disponíveis para consulta
Já estão disponíveis na Sala de Situação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) os números de beneficiários de planos de saúde referentes a julho de 2016. Os dados foram atualizados nesta segunda-feira.
Os planos médico-hospitalares registraram 48.358.148 beneficiários no período – redução de 156,5 mil beneficiários em relação a junho – e os exclusivamente odontológicos registraram 22.026.217 beneficiários – aumento de 7,8 mil beneficiários em relação ao mês anterior.
Oito estados registraram aumento do número de beneficiários em planos de assistência médica em relação a junho: Acre, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Piauí, Rio Grande do Sul e São Paulo.
Visite a Sala de Situação em www.ans.gov.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

PF investiga fraudes no Postalis

Operação apura lavagem de dinheiro e corrupção no fundo de pensão dos Correios.

Plano de assinatura garante um smartphone novo todo ano

A parceria une o propósito da Samsung de trazer inovação a cada lançamento - desta vez oferecendo sua terceira geração de smartphones - e...

Seguro de auto, pago em até 12 vezes no cartão

Com a primeira medida, além de trazer comodidade, a Zurich remete a conceito de seguro “por assinatura”. Já as novas coberturas oferecem benefícios...

Últimas Notícias

Hospital Icaraí prepara expansão com mais de 130 leitos de internação

Objetivo das reformas é melhorar ainda mais a agilidade de exames e o atendimento dos pacientes.

Ansiedade: distúrbio tão pandêmico quanto o coronavírus

Remédios produzidos à base de cannabis têm se mostrado uma alternativa viável e mais eficiente.

Investimento direto da China no exterior cai 4,3% em oito meses

O investimento direto no exterior (ODI, na sigla em inglês) não financeiro da China atingiu 459,71 bilhões de iuanes nos primeiros oito meses do...

CVM quer dispensar registro para investidor não residente

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) colocou em audiência pública esta semana uma proposta de alteração da Resolução CVM 13, que reúne as regras...

Ratings de empresas de saneamento não sofrerão impactos imediatos

A crise hídrica no Brasil terá reflexos em diversos segmentos da sociedade. Mas os ratings das empresas brasileiras de saneamento básico avaliadas pela agência de classificação...