SEG NOTÍCIAS - Plano de transformação digital da ANS é aprovado 

Medida busca tornar agência mais simples, ágil e eficiente, melhorando a jornada do usuário que utiliza serviços da reguladora.

Seguros / 16:29 - 14 de set de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) aprovou junto ao Ministério da Economia e à Presidência da República o seu plano de transformação digital. Com essa medida, a ANS avança na digitalização dos seus processos e serviços, simplificando etapas, gerando maior eficiência e aprimorando a jornada dos usuários que utilizam os serviços prestados pela reguladora. O documento foi pactuado na última quinta-feira, em reunião virtual realizada com a Secretaria de Governo Digital e a Secretaria Especial de Modernização do Estado, responsáveis por coordenar os projetos de transformação digital no âmbito do Governo Federal.
A transformação digital objetiva ampliar oferta de serviço digitais e aumentar a satisfação do usuário, com a disponibilização de serviços mais simples e intuitivos para os diversos públicos que interagem com a agência. Também visa simplificar e desburocratizar os serviços prestados pela ANS, reduzir o tempo médio de espera dos usuários e implementar soluções tecnológicas que otimizem os trabalhos dos técnicos, com a eliminação de atividades repetitivas. Hoje, a carta de serviços da ANS contempla 16 itens, sendo que oito são considerados digitais (com diferentes níveis de maturidade nesse aspecto) e oito são realizados parcialmente de forma digital. A meta é que até 2021 todos esses serviços se tornem 100% digitais.
Na reunião em que foi pactuado o plano, o diretor-presidente substituto da ANS, Rogério Scarabel, destacou a dedicação e o envolvimento de todas as diretorias na elaboração do projeto e reforçou a importância da transformação digital. "É um projeto de grande relevância, que vai contribuir para aprimorar cada vez mais as atividades que são prestadas pela reguladora e para melhorar e ampliar a interação com os usuários. É uma iniciativa muito positiva e que, sem dúvida, vai trazer ganhos para toda a sociedade", pontuou.
O diretor de Gestão substituto, Bruno Rodrigues, enfatizou que o plano faz parte do Projeto ANS Digital, que consta na Agenda Regulatória 2019-2021, e busca inserir a agência reguladora no rol das organizações que possuem um planejamento voltado para a transformação digital. "Com a pactuação realizada hoje, a ANS ingressa formalmente no processo de transformação digital. Nossa intenção é tornar a ANS mais simples e mais eficiente, para gerar mais valor público para a sociedade", disse Bruno.
O plano da ANS está sustentado em três eixos. O primeiro trata da transformação digital de serviços e prevê a disponibilização de oito atividades que atualmente são realizadas de forma parcialmente digital, tais como alteração de dados em registro de plano de saúde, obtenção ou cancelamento de registro de planos e de operadoras, pagamento ou parcelamento de débitos junto à ANS e suspensão ou reativação da comercialização de plano de saúde.
O segundo eixo trata da unificação dos canais digitais, com a implantação do login único, migração do site da ANS para o portal Gov.br e atualização dos serviços que irão para o portal, avaliação pelo cidadão e migração dos aplicativos.
O terceiro eixo contempla a interoperabilidade dos sistemas, com a integração de base de dados, iniciativas voltadas para ciência de dados e disponibilização de dados no formato aberto. Com as ações de integração dos serviços da ANS às bases de dados do governo, será possível obter informações de forma automática, eliminando a necessidade, por parte de cidadãos ou empresas, de preencher campos de formulários, apresentar documentos e validar informações de forma manual. Já há previsão de integração com a base do CPF até o primeiro trimestre de 2021 para serviços como denúncia de práticas irregulares de operadoras, obtenção de vistas e cópias de processos de ressarcimento ao SUS e verificação da situação e da regularidade cadastral junto à ANS.
A partir da pactuação do Plano Digital, os próximos passos preveem a capacitação e treinamento de servidores para a realização dos processos de transformação, a atualização dos serviços no portal da Agência e a realização de eventos que venham contribuir para a disseminação da estratégia e dos serviços junto à sociedade.
.

DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL

Prêmio de produção científica O Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (Iess) prorrogou as inscrições para o "X Prêmio Iess de Produção Científica em Saúde Suplementar". Os interessados em participar da mais importante premiação de trabalhos acadêmicos em saúde suplementar terão até o dia 15 de outubro para se inscrever. Chegando à histórica décima edição, a iniciativa conta com mais de 50 trabalhos laureados e algumas centenas de estudos avaliados. Em função da pandemia do novo coronavírus, o evento que conta com palestras exclusivas, cerimônia de entrega dos prêmios e exibição de pôsteres de trabalhos deste ano será totalmente online.
Para José Cechin, superintendente-executivo do Iess, esse é um ano fundamental para a premiação e para o setor de saúde suplementar. "Enfrentamos a maior crise sanitária do século, o que torna o momento pertinente para uma análise retrospectiva de como o setor e comportou nesse delicado cenário, dos avanços e conquistas, mas, principalmente, dos desafios que teremos que encarar para assegurar a sustentabilidade econômico-financeira e, mais importante, a qualidade assistencial no futuro", comenta o especialista.
Na premiação principal podem ser inscritos artigos científicos e trabalhos de conclusão de curso de Pós-graduação (Especialização, MBA, Mestrado ou Doutorado) nas áreas de Economia, Direito e Promoção de Saúde, Qualidade de Vida e Gestão em Saúde. Sucesso nos últimos anos, o Prêmio volta a repetir a iniciativa de exibição de pôsteres de trabalhos.
Neste caso, além dos trabalhos de Pós-graduação (Especialização, MBA, Mestrado e Doutorado), também são aceitas pesquisas de graduação (nível universitário). Os pôsteres ficarão expostos virtualmente nos canais da entidade e passam a contar com ISSN para inclusão no currículo, especialmente na Plataforma Lattes, utilizada por institutos, universidades e centros de pesquisa para avaliar alunos e professores.
"Com tanto a ser debatido também em decorrência da pandemia e pelo histórico de trabalhos de excelente nível técnico, que efetivamente se mostraram capazes de colaborar para o aperfeiçoamento do setor, não há como não ficar ansioso para ver o que o Prêmio Iess nos reserva este ano", comemora José Cechin. "Já recebemos trabalhos de altíssimo nível e esperamos ainda mais", complementa.
A partir deste ano, a premiação também irá recompensar financeiramente os orientadores dos trabalhos vencedores com R$ 3 mil. Além disso, os valores dos prêmios das três categorias foram reajustados. Cada um dos primeiros colocados receberá R$ 15 mil este ano e os segundos colocados receberão R$ 10 mil.
As inscrições para o Prêmio Iess e para exibição de pôster são gratuitas e vão até 15 de outubro. Cada candidato pode inscrever apenas um trabalho na premiação. O espaço para pôsteres não possui limite para inscrição.
Veja o regulamento completo em www.iess.org.br/premio.
.
Parceria A Allianz Partners, em conjunto com o Grupo Tigre anunciam um espaço especialmente projetado para oferecer treinamentos e atualizações aos prestadores de serviço residencial e demais públicos relacionados à área, que ficará alocado dentro da sede da empresa, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo.
Especialistas da Tigre e da Allianz Partners ministrarão aulas práticas nas modalidades elétrica e hidráulica, voltadas a situações de prevenção de danos e rotinas sequenciais no mercado de assistência 24h, com destaque para a formação de instalador hidráulico. Todos os participantes receberão certificados e poderão oferecer serviços cada vez mais assertivos aos clientes, gerando ainda mais satisfação. A sala tem capacidade para receber 10 profissionais por sessão e o plano inicial é treinar mais de 200 profissionais no primeiro ano de funcionamento.
O crescimento do projeto será faseado e prevê ainda mais benefícios diretos e indiretos aos prestadores de serviço e clientes finais.
.

ENDOSSANDO

Soluções de assistência para o varejo A Europ Assistance Brasil (EABR), multinacional líder em soluções de serviços e assistências presente em mais de 200 países, é uma das patrocinadoras do Global Retail Show 2020 - o maior evento do varejo -, que acontece de 13 a 19 de setembro, de forma 100% on-line. Na oportunidade, o CSO & CMO da companhia, Rogério Guandalini, participará, no dia 17, do Momento Empresarial "Soluções para o Varejo".
Com a temática "O Consumo do Novo Mundo", o Global Retail Show vai promover debates que fortaleçam a relação entre varejistas, empresas de consumo e fornecedores de soluções sobre tendência, aprendizados e melhores práticas em um cenário pós-Covid-19. A participação da Europ Assistance Brasil e CEABS Serviços no evento reforça o compromisso das empresas de atuar no varejo, ampliando seus serviços para todos os clientes.
"Nossa participação no Global Retail Show é uma oportunidade para apresentar ao varejo as vantagens da oferta de produtos de assistências através deste canal, reforçando as estratégias de fidelização, reforço de marca e além claro de novas linhas de receita, tão importantes principalmente neste momento de retomada pós pandemia. As assistências são produtos democráticos aderentes a qualquer perfil, oferecendo serviços tangíveis relacionados a conveniência e necessidades dos clientes", explica Guandalini. Sobre o papel dos serviços de assistência no varejo, Guandalini reforça que "essa junção de mercados reflete uma mudança que veio para ficar, já que o mundo atual pede novos serviços mais flexíveis".
Atualmente, apenas uma pequena parcela da população brasileira tem acesso a serviços e assistências, que estão restritos aos que possuem apólice de seguro. No Brasil, por exemplo, há mais de 41 milhões de veículos leves que circulam pelo País, e menos de 27% possui proteção veicular. Já das 68 milhões de residências, apenas 13,3% possui seguro residencial.
Com a oportunidade de contratação de assistência, o mercado varejista ganha em alcance - pois os serviços atingem parte da população que não tem acesso ao mercado de seguros - e em fidelização de marca, tornando o varejista um provedor de soluções. Além disso, o cliente também pode desfrutar de acesso a serviços com qualidade e segurança, com contratação fácil e flexível.
.
Teletrabalho - Os mais de 80 colaboradores da Nunes & Grossi Benefícios, sediada em Santos (SP), serão mantidos em regime de trabalho remoto até o final de 2020. A empresa possui filiais em São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro.
O grupo anuncia a decisão amparado pelos bons resultados obtidos desde que o sistema foi adotado, na segunda quinzena de março, e, principalmente, reafirmando sua premissa em zelar pela consciência coletiva.
O objetivo é contribuir com a redução de circulação nas áreas urbanas e no próprio local em que a empresa está instalada, um complexo formado por duas torres - uma corporativa e outra residencial -, no bairro da Aparecida, em Santos.
"O mundo e as relações interpessoais mudaram. E nós também estamos passando por um momento de transição interna, entendendo as transformações causadas pela pandemia e a partir delas repensando as formas de trabalho, sempre pautados na excelência do atendimento", pontua Willy Maxwell, CEO do Grupo Nunes & Grossi.
Além disso, durante o mês de agosto, a empresa realizou uma pesquisa com seus colaboradores para melhor entender as necessidades de cada um ao atuar remotamente.
A análise resultou não só na implementação de uma ajuda de custo, como também em uma melhoria na estrutura do ambiente doméstico para execução do trabalho.
Alinhada às transformações que o momento exige, a empresa segue uma estratégia que inclui atualizações constantes de conteúdo para colaboradores e para o público em geral, vídeos de exercícios laborais e ações para integração de seus colaboradores, com o suporte de novas plataformas digitais.
Esses valores foram estabelecidos a partir do movimento #CuidarÉColetivo, criado internamente com o objetivo de formar uma rede de mobilização para ajudar no processo de conscientização da sociedade em meio à pandemia.
"Nossas operações podem ser administradas digitalmente por mais algum tempo e acreditamos que é essencial garantir a segurança dos nossos colaboradores e, por consequência, seus familiares. No final do ano reavaliaremos o cenário quanto à retomada das atividades presenciais em 2021 e de que forma ela se dará", completa Pedro Luiz Nunes Conceição, sócio-diretor.
Fundada em 2003, a Nunes & Grossi Benefícios atua no mercado com foco na gestão de benefícios e seguros, por meio de um amplo conceito de prevenção. Oferece soluções em planos de saúde, planos odontológicos, seguro de vida e previdência privada no segmento corporativo, entidades de classe e pessoas físicas.
.
Trânsito A HDI Seguros anuncia o lançamento do HDI Drive, uma ferramenta voltada para usuários do aplicativo HDI Segurado, e que ajudará os motoristas na avaliação e melhoria de suas condutas no trânsito. A novidade é mais uma forma que a seguradora encontrou de garantir que o cliente se sinta seguro durante a sua jornada, e para isso, utiliza recursos de inteligência artificial.
Aliado aos sistemas de GPS, o HDI Drive acompanha os usuários ajudando a entender como eles podem melhorar sua conduta no trânsito e garantir a sua segurança e também do próximo. A ferramenta avalia o desempenho do motorista por meio de um score que leva em consideração a velocidade média do veículo, excessos de velocidade, frenagem brusca, distração no volante e direção noturna.
O usuário poderá consultar as suas viagens conferindo o seu desempenho, e para garantir que o score seja baseado na sua experiência no trânsito, ele terá 72 horas para confirmar se era o motorista ou passageiro daquele trajeto. Após este prazo, se a viagem não for confirmada, será identificada como se o segurado fosse o motorista e será contabilizada no score. Em viagens por outros meios de locomoção, como trens ou ônibus, por exemplo, o sistema identifica que não é um veículo comum e não capta o desempenho.
"Queremos que a experiência com os nossos canais digitais flua de forma cada vez mais natural, porque isso faz parte de ser humano e inovador. O HDI Drive proporciona uma inserção maior do uso do nosso aplicativo na rotina do segurado, nos permite entender melhor seus hábitos e ainda contribuir para o cuidado no trânsito", destaca Murilo Riedel, CEO da HDI.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor