28.3 C
Rio de Janeiro
sábado, janeiro 23, 2021

Comissão da Alerj aprova continuidade do impeachment de Witzel

A comissão especial que analisa o pedido de impeachment do governador afastado Wilson Witzel na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou, por unanimidade de seus 24 integrantes, o parecer do relator, deputado Rodrigo Bacellar (SDD), pela continuidade do processo de impeachment.

O relatório sustenta que há fortes indícios de que o governador afastado tenha cometido crime de responsabilidade por meio do recebimento de vantagens indevidas. Witzel é acusado de participação em um esquema de desvio de recursos públicos destinados ao combate à pandemia no Rio. Ele foi afastado do cargo pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O texto segue agora para votação em plenário, onde pode receber emendas. Por isso, a votação, que deve começar na próxima quarta-feira, poderá levar mais de uma sessão. O governador afastado disse que está sendo vítima de um “linchamento político”.

Para ser aprovado, o texto precisará do quórum qualificado de dois terços dos 70 parlamentares, ou 47 deputados. Caso a decisão da Casa seja pela aceitação da denúncia, será formado um tribunal misto composto por deputados e desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado (TJRJ) e comandado pelo presidente do TJ.

Também nesta quinta-feira, a Câmara de Vereadores do Rio rejeitou, por 24 votos a 20, proposta feita pelo Psol de abertura de processo de impeachment do prefeito Marcelo Crivella. Ele é acusado de desvio de recursos.

 

Texto atualizado às 20h42 para inclusão da votação na Câmara dos Vereadores

Artigos Relacionados

Rio: varejo não sentiu melhoria anunciada por institutos de pesquisa

Aldo, do CDL: 'vivemos nosso pior momento, com severas dificuldades em várias áreas, com economia praticamente estagnada'.

MPRJ obtém decisão que interdita a Cidade do Samba

Além disso, eventual demora no julgamento do feito prolongará a situação de risco a que estão expostos não só os trabalhadores, como todas as pessoas que frequentam o local”, afirma o Juízo na decisão.

Comerciantes do Centro tiveram piora na demanda em 2020

Segundo Instituto Fecomércio, 80,3% registraram queda acima de 25% no faturamento de 2020 no comparativo com 2019.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Copom está alinhado com maioria da expectativa do mercado

Considerando foco na inflação de 2022, estamos considerando agora que BC começará a aumentar Selic em maio e não em agosto.

Primeira prévia dos PMI’s e avanço da Covid-19

Bolsa brasileira sucumbe ao terceiro dia de queda, mediante aos temores fiscais.

Exterior em baixa

Queda acontece em meio às preocupações com problemas para obtenções de vacinas.

Más notícias persistem

Petróleo negociado em NY mostrava queda de 2,60% (afetando a Petrobras), com o barril cotado a US$ 51,75.

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.