Seguro informal

Projeto do deputado Lucas Vergílio (SD-GO) quer acabar com a proteção veicular comercializada por associações e...

Projeto do deputado Lucas Vergílio (SD-GO) quer acabar com a proteção veicular comercializada por associações e cooperativas. Trata-se de uma espécie de seguro informal, ao qual recorrem proprietários de carros mais velhos e muitos motoristas de táxi. O assunto não é tão badalado como foi o da regulamentação de aplicativos de transporte, que movimentou forte lobby das empresas que exploram o trabalho – e os carros – de motoristas. Desta vez, o lobby está a favor do projeto. O deputado de Goiás é filho do presidente da Federação Nacional dos Corretores (Fenacor), Armando Vergílio. Também as seguradoras não veem com bons olhos a atuação das cooperativas.

Lucas Vergílio entende que as associações são um risco para o consumidor e não estão sujeitas às mesmas regras das empresas de seguro, que pagam tributos e são obrigadas a manter uma reserva financeira equivalente ao valor dos bens segurados. O problema é que os prêmios cobrados pelas seguradoras são impossíveis de pagar por boa parte dos proprietários de automóveis. Em estados como o Rio de Janeiro, o aumento do número de roubos tornou o seguro veicular inviável para moradores de áreas de maior risco.

Segundo a Agência Câmara, o relator do PL 3139/15 na Comissão Especial sobre Seguros Privados, deputado Vinicius Carvalho (PRB-SP), deve propor a regulamentação da proteção feita por associações e cooperativas. O parecer deve ser votado nesta terça-feira. Em novembro do ano passado, o relator afirmou que, se existe esse tipo de produto, é porque o mercado tem espaço. “O que não é permitido é que esse produto não siga uma regra comum ao mesmo tipo de prática econômica.” De certa forma, trata-se de uma volta às origens. O seguro nasceu da necessidade de dividir os riscos, especialmente no comércio. No Brasil, o mutualismo começou com os jesuítas, poucas décadas após o descobrimento.

 

Eu, drone

Drones para combater drones. Ou, como prefere o fabricante Fortem, o DroneHunter é um robô autônomo projetado para “voar e cessar drones indesejados em áreas restritas”. Parte da tecnologia foi desenvolvida em aplicações do Departamento de Defesa dos EUA.

A ONU fez recentemente uma reunião para proibir a ação de robôs contra humanos, porém será que também vale para não atacar outros robôs? Alguém aí lembra das leis da robótica de Asimov?

 

Contabilidade inviável

A partir do dia 16 de julho de 2018, quando todas as empresas brasileiras deverão ter aderido ao eSocial, os escritórios contábeis que atendem uma grande quantidade de organizações do Simples Nacional correrão o sério risco de ver o seu negócio ser inviabilizado. A avaliação é do empresário contábil Edilson Júnior, presidente da CF Contabilidade.

Essas microempresas têm pouco contato com outros módulos do Sped (Sistema Público de Escrituração Digital) já lançados anteriormente, tais como o ECD (Escrituração Contábil Digital) e o EFD (Escrituração Fiscal Digital). Com isso, não estão preparadas para enviar o excessivo número de informações exigidas pelo eSocial”, explica Edilson Junior.

 

A entrevista de Fernando Henrique na semana passada, cheia de afagos a Lula, vai na direção do que esta coluna escreveu: se o quadro eleitoral continuar como está, sem um candidato viável da direita, não será nada impossível que a elite se volte para o ex-presidente petista.

 

Rápidas

As inscrições para o Prêmio Golden Tombstone 2018, lançado pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (Ibef-SP), vão até o próximo dia 29. O prêmio foi instituído para incentivar e estimular o mercado, dando exposição e cobertura às operações de captação de recursos *** A Universidade Cruzeiro do Sul realiza mais uma edição do Plantão Fiscal 2018, oferecendo auxílio no preenchimento e transmissão da declaração de Imposto de Renda Pessoa Física. Os atendimentos podem ser realizados somente com horário marcado pelo telefone (11) 2037-5814 até 5 de abril *** Os sucessos do Pop e da MPB são os destaques do show que o cantor Josh Mille apresentará dia 16, às 19h30, no Caxias Shopping (RJ) *** A Marinha abriu concurso de admissão ao Colégio Naval. São 190 vagas, e a inscrição pode ser feita até 20 de abril. Detalhes em www.ingressonamarinha.mar.mil.br *** Ciro Gomes fará palestra dia 15, durante a reunião do Conselho Diretor da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ), às 11h. O tema é “O Brasil do século XXI”.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Bolsonaro invade TV Brasil

Programação foi interrompida 208 vezes em 1 ano para transmissão ao vivo com o presidente.

FMI: 4 fatores ameaçam inflação

Fundo acredita que preços deem uma trégua no primeiro semestre de 2022, mas...

Pandora Papers: novos atores nos mesmos papéis

Investigação mostra que pouco – ou nada – mudou desde 2016.

Últimas Notícias

Mercados operam mistos no exterior

No Brasil haverá resposta ao Copom.

Elevação na Selic deve repercutir no mercado

EUA: divulgação de PIB do terceiro trimestre e balanços de grandes empresas são o foco das atenções no cenário internacional.

TSE forma maioria contra cassação da chapa Bolsonaro-Mourão

PT, PCdoB e PROS pedem cassação da chapa por cometimento de abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação.

IGP-M acumula inflação de 21,73% em 12 meses

Alta da taxa de setembro para outubro foi puxada pelos preços no atacado.

Mirando agora na PEC dos Precatórios

Ultrapassada a decisão do Copom, investidores vão mirar na avaliação da PEC cheia de 'jabutis' que ainda não foram retirados.