Seguros: Ouvidorias solucionam demandas e reduzem judicialização

Das 60.551 demandas registradas no sistema das ouvidorias, 98% não tiveram repercussão em ações judiciais.

No ano passado foram registradas cerca de 192 mil demandas de ouvidorias por 105 empresas e grupos seguradores, que representaram mais de 89% do valor de prêmios arrecadados entre as associadas da CNseg. Os números constam do Relatório de Atividades das Ouvidorias do Setor de Seguros 2020, lançado recentemente pela CNseg.

Das 60.551 demandas registradas no Sistema Coletor de Dados das Ouvidorias com repercussão em outras instâncias, 98% foram finalizadas sem repercussão em ações judiciais e 99,7% sem repercussão em multas aplicadas pelos Procons. Além disso, das 14.597 encaminhadas pela Susep, apenas em 74 casos os consumidores retornaram à autarquia requerendo a abertura de um Procedimento de Atendimento ao Cliente. E, destes 74 casos, apenas 25 se converteram em processos administrativos.

“Esses índices evidenciam a relevância do trabalho dos profissionais das Ouvidorias no exercício de suas atribuições de prevenção e solução de conflitos, e também de proposição de melhorias de produtos e processos”, avalia o presidente da CNseg, Marcio Coriolano.

O Relatório – publicado anualmente desde 2006 pela Comissão de Ouvidoria da CNseg – apresenta o diagnóstico das demandas dos consumidores de seguros nas ouvidorias do setor e os principais indicadores sobre sua efetividade.

“O monitoramento dessas demandas também ajuda a identificar temas de atenção e tendências, além de contribuir para o desenvolvimento de métricas e índices que evidenciam o desempenho das funções das Ouvidorias das empresas”, explica Coriolano.

Pelo terceiro ano consecutivo, o Relatório apresenta indicadores sobre o tratamento das demandas dos consumidores, com destaque especial para o índice de efetividade das ouvidorias frente às demandas que são levadas aos Procons, à Susep e ao Judiciário.

O Relatório de Atividades das Ouvidorias do Setor de Seguros 2020 está disponível no link: https://cnseg.org.br/publicacoes/relatorio-de-atividades-das-ouvidorias-do-setor-de-seguros-2020.html

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Moby fecha 2021 com crescimento de 26%

Apesar da pandemia, da crise econômica e da redução na fabricação de veículos, a Moby corretora de seguros conseguiu fechar o ano de 2021...

Gama Saúde registra ganhos em nuvem da Oracle

A Gama Saúde, empresa do grupo Qualicorp e líder na oferta de serviços e soluções para empresas e operadoras de planos de saúde, teve...

MDS: Diretora de Resseguros quer ampliar atuação no Brasil

A MDS Brasil, uma das principais corretoras do país no segmento de seguros, resseguros, gestão de benefícios e consultoria de riscos, anuncia uma mudança...

Últimas Notícias

Caixa registra recorde em crédito imobiliário

A Caixa Econômica Federal realizou mais de R$ 140 bilhões contratados ao longo de 2021, maior valor da história do banco, com crescimento de...

Vendas do Grupo Patrimar crescem 193,7 no 4T21

O Grupo Patrimar - construtora e incorporadora mineira que atua na baixa, média e alta renda em Belo Horizonte, no Rio de Janeiro e...

Vacina errada em mais de 57 mil crianças e adolescentes

Em meio à campanha de vacinação contra a Covid-19, 57,14 mil crianças e adolescentes em todo o país foram imunizados com doses para adultos...

Pandemia aumenta acesso da população a serviços bancários

Os bancos digitais aumentaram o acesso da população brasileira a produtos financeiros, com destaque para a parcela de baixa renda. Atualmente 19% dos brasileiros...

Moby fecha 2021 com crescimento de 26%

Apesar da pandemia, da crise econômica e da redução na fabricação de veículos, a Moby corretora de seguros conseguiu fechar o ano de 2021...