Seis em cada dez trabalhadores no mundo estão na informalidade

No Brasil, pesquisa mostra consciência do trabalhador informal da dificuldade em conseguir trabalho qualificado.

Dois bilhões de pessoas, 61% de um total de 3,3 bilhões de ocupados em 2018, estão na informalidade. Os dados são do Relatório da Organização Internacional do Trabalho (OIT), o World Employment Social Outlook 2018–2019.

A Fundação Perseu Abramo destaca outro indicador apresentado pela publicação que mostra a precariedade do trabalho mundo afora: mais de um quarto dos trabalhadores de países de renda baixa e média estavam vivendo na pobreza extrema ou moderada, os chamados working poor, pessoas que trabalham, mas não conseguem ficar acima da linha da pobreza. Há uma queda nas últimas três décadas, provocada basicamente pela China.

A FPA, ligada ao PT, publicou esta semana resultados da pesquisa “Trajetórias da Informalidade no Brasil Contemporâneo”, realizada no segundo semestre de 2018 em oito estados das cinco regiões do Brasil. Foram entrevistados trabalhadores e trabalhadoras informais da construção civil, confecção, motoboy/mototáxi, comércio ambulante, manicure e trabalhadoras domésticas.

A pesquisa, através de entrevistas qualitativas, buscar explorar o universo contemporâneo sobre o mundo do trabalho no Brasil nos últimos 16 anos, para responder à questão central: “Quem são, como vivem e o que pensam os trabalhadores e trabalhadoras informais das periferias do Brasil?”

Uma das observações é sobre o significado de possuir uma carteira de trabalho assinada, abandonando a condição de informalidade. “Não é que eles não querem ter carteira assinada. É que eles sabem que na condição deles, com a qualificação que eles têm, o trabalho que vão conseguir é para ganhar menos e talvez trabalhar mais e serem mais explorados”, comenta a supervisora da pesquisa Ludmila Costhek Abílio.

 

Aqui jaz

Quando o Monitor Mercantil publicou, com todas as letras, que a Embraer fora vendida para a Boeing, recebeu censura de alguns leitores, que afirmavam ter ocorrido uma fusão. A revelação do nome da nova companhia – Boeing Brasil Commercial – mostrou que o MM não exagerou.

 

Brazil

Dois fatos chamam atenção após a divulgação do novo nome da Embraer: primeiro, os jornalões passaram a falar sobre a “compra da divisão comercial” da empresa que já foi símbolo da tecnologia brasileira; antes, embarcaram na história da fusão.

Segundo: por que a Boeing não colocou Brasil com “z”?

 

Dedicação extraordinária

O Corpo de Bombeiros atuante na tragédia de Brumadinho e a cardiologista pediátrica Rosa Célia Pimentel Barbosa, do Pro Criança Cardíaca, foram homenageados durante a Hospitalar 2019, um reconhecimento “à dedicação extraordinária dos profissionais cuja atuação incide diretamente no bem-estar da população, muitas vezes sendo o fator determinante para sua sobrevivência”, destaca Waleska Santos, fundadora da feira.

 

Cadafalso

Em entrevista a Glenn Greenwald, Lula disse que, antes da eleição de 2018, Mangabeira Unger afirmou que Haddad tinha topado ser vice de Ciro Gomes. Perguntado se a chapa não vingou porque o PT queria manter o controle da esquerda, Lula enrolou, mas não respondeu.

 

Rápidas

O maior fórum de participação popular em defesa da saúde, do fortalecimento do SUS e da democracia no Estado do Rio de Janeiro começa nesta sexta e seguirá pelo final de semana. A 8ª Conferência Estadual de Saúde será realizada na Uerj. O secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos, fará a abertura *** A Anhanguera de Niterói (RJ) realiza mais um RH na Comunidade, neste sábado, das 10h às 12h, no Morro da Penha, Ponta d’Areia. Serão oferecidos serviços como elaboração de currículo e marketing pessoal, além de dicas médicas, odontológicas e nutricionais *** A Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) realiza o Seminário de Segurança e Operações, entre 28 e 30 de maio, no Centro de Convenções Expo Center Norte, em São Paulo. Detalhes em seminario.abrasce.com.br/ *** Estão abertas as inscrições para a 3ª Rodada da Cidadania, da Associação Comercial de Santos (ACS). O tema será “O Porto do Futuro” com palestra do presidente da Codesp, Casemiro Tércio de Carvalho. Inscrições pelo e-mail [email protected] *** Vinícius Casimiro Carneiro de Andrade toma posse na presidência da Associação Brasileira de Distribuição e Logística de Produtos Farmacêuticos (Abradilan) em 5 de junho, em São Paulo.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Moeda chinesa na mira dos bancos centrais

Participação como reserva internacional ainda é baixa… por enquanto.

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.

Cem anos de Celso Furtado

A atualidade de um dos mais importantes intelectuais do planeta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

ANP publica edital e modelo de contrato da 17ª Rodada de Licitações

A Agência Nacional de Petróleo e Gás Natural (ANP) publicou nesta terça-feira o edital e o modelo de contrato de concessão da 17ª Rodada...

Oi quer captar US$ 500 milhões garantindo 9%

Garantindo juros na faixa de 9%, a Oi, em recuperação judicial desde 2016, colocou no mercado um título em dólares, que espera vender US$...

Estatais chinesas registram alta nos lucros no primeiro semestre

Os lucros combinados das empresas estatais da China atingiram 2,39 trilhões de iuanes (US$ 368,94 bilhões) nos primeiros seis meses deste ano, subindo 110%...

Unifique Telecomunicações concluiu seu IPO na B3

A Unifique Telecomunicações (ticker FIQE3), operadora de telefonia de Timbó (SC), concluiu nesta terça-feira a sua oferta pública inicial (IPO) na B3. A empresa...

Sistema de Autorregulação Bancária começa a valer

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) está confiante na eficácia do Sistema de Autorregulação Bancária que começará a valer efetivamente agora. Trata-se de um...