Selic também voltará aos dois dígitos

Os juros cobrados nos financiamentos, empréstimos e cartões de crédito devem ficar mais altos a partir da próxima semana. O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) fará sua primeira reunião do ano, na terça-feira (1º), sobre a nova Selic, taxa básica de juros. A Taxa Selic hoje está em 9,25% ao ano. Ela foi definida no dia 8 de dezembro de 2021 pelo Copom, que decidiu subir a taxa de 7,75% para 9,25% – a sétima alta consecutiva. próxima reunião, o Copom já sinalizou que deve elevar a Selic em mais 1,5 ponto percentual.
O superintendente da Assessoria Econômica da Associação Brasileira de Bancos (ABBC), Everton Pinheiro de Souza Gonçalves, considera que a taxa deve subir 1,50 p.p, chegando a 10,75% ao ano. Em relação à inflação, a ABBC projeta que o IPCA ficará acima da meta, em 5,3% este ano. Já para 2023, a projeção é de 3,4%. “O desafio de trazer a inflação corrente à meta ainda este ano é elevado. As expectativas estão desancoradas, não reagindo de forma significativa ao esforço de política monetária”, diz.
Na opinião dele, a desinflação será favorecida pela perda de tração da atividade econômica, que deve se aprofundar em 2022, não só pelo aumento da taxa básica de juros, mas pelo cenário internacional e incertezas domésticas. “Com as limitações dos modelos de previsão de inflação e a eventualidade de reversão dos choques de oferta, torna-se mais adequada a manutenção do ritmo de aperto monetário, como sinalizado na reunião de dezembro, reduzindo o risco de comprometimento excessivo da atividade e da volatilidade no mercado futuro de taxa de juros de curto prazo”, explica Gonçalves.
O Boletim Focus publicado na última segunda-feira (24) mostrou que a previsão do mercado para a taxa básica de juros, a Selic, em 2022, também ficou estável em relação ao divulgado na semana passada, 11,75% ao ano. Há quatro semanas, a projeção era que a Selic fecharia 2022 em 11,5% ao ano. Para o fim de 2023, a estimativa é que a taxa básica caia para 8% ao ano, a mesma da semana passada. Para 2024, a previsão para a Selic é 7% ao ano, índice igual ao da semana anterior.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Perfil de risco visto pelas corretoras

Uso do Questionário de Perfil de Investidor, chamado de suitability, que tem como função identificar seu apetite de risco

Diretor do Grupo Nubank cumpre novo mandato na Anbima

Permanecerá na vaga de conselheiro titular reservada à Anbima no Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional

Ampliar volume de interfaces para atrair investidor pessoa física

Em janeiro, a B3 somava 5 milhões de contas PF abertas em corretoras

Últimas Notícias

Bolsas globais sobem após movimento do BC chinês

Corte de juros na China é um sinal positivo para Brasil, de modo que a Bolsa local possa acompanhar o bom humor global.

Leega lança solução de inteligência de dados marketing das empresas

Marketing Analytics combina arquitetura Cloud, engenharia de dados e machine learning.

Qyon Tecnologia planeja crescer 65% em 2022

Marca deve fechar ano com cerca de 100 franquias.

XP amplia crescimento do PIB para este ano

Elevou a projeção de 0,8% para 1,6%

Perfil de risco visto pelas corretoras

Uso do Questionário de Perfil de Investidor, chamado de suitability, que tem como função identificar seu apetite de risco