27.4 C
Rio de Janeiro
terça-feira, janeiro 19, 2021

Sentença

“A inflação aleija, a crise cambial mata…”, dizia o ex-ministro Mario Henrique Simonsen, insuspeito economista da linha ortodoxa. A lembrança vem a calhar nesse momento em que o governo opta pelo populismo cambial, repetição do filme – de final infeliz – que estreou em 1995, na época com FH na presidência e Gustavo Franco na direção.
O Chile – outro que não pode ser acusado de heterodoxia – não cai na mesma esparrela e resiste a permitir a valorização do peso.

Risco
A simbiose comunista-capitalista da China não se dá sem atropelos. O próprio governo chinês admite estar preocupado com a crescente concentração de renda no país, informa o boletim quinzenal Solidariedade Ibero-americana. Dados oficiais mostram que, para os trabalhadores urbanos, a massa salarial dos 20% com menores rendimentos equivale a apenas 4,6% dos 20% com melhores salários, com uma tendência ao agravamento do problema.

Blim-blom
O setor de vendas diretas fechou 2005 com crescimento de 20,4% em comparação a 2004. São cerca de 1,5 milhão de revendedores espalhados pelo Brasil, que comercializaram mais de 1,1 bilhão de itens no porta a porta, totalizando um volume negócios de R$ 12,3 bilhões. O Brasil ocupa o quarto lugar no ranking mundial, atrás apenas dos EUA, Japão e Coréia. Pelos cálculos da Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (Abevd) é como se cada domicílio brasileiro tivesse comprado 21,3 artigos pelas vendas diretas. O destaque em 2005 foi o crescimento da venda dos complementos nutricionais, 30% mais que no ano anterior.

Mapa da mina
Como elaborar um plano de negócios é explicado de forma didática em Captação de Recursos para Projetos e Empreendimentos, livro do economista e ex-consultor do Sebrae em São Paulo Paulo França. Voltado para empresários, executivos, profissionais liberais e gestores públicos, a obra começa pela elaboração de um pré-diagnóstico, que identifica o potencial do empreendimento, os problemas e a proposta de soluções. Daí surge o plano de negócios. Além disso, o autor explora um dos temas que mais assombram empreendedores: onde estão os recursos e como fazer para acessá-los. O livro apresenta condições favoráveis para iniciar negociações com bancos, fundos de investimento de capital de risco, governos, financiadores, doadores e com outras empresas. Mais informações em www.soeconomia.com.br

Sem perdas
O empresário paranaense Francisco Simeão vai bombardear as teses neoliberais no Seminário Nacional Sobre Redução de Jornada de Trabalho, promovido pelas centrais sindicais, nesta segunda-feira, em São Paulo. Simeão apresentará o Pacto Empresarial para o Pleno Emprego (Pepe), programa implantado em sua empresa, a BS Colway Pneus, que reduziu a jornada de oito para seis horas diárias, sem redução de salário, gerando 580 novos postos de trabalho em três anos, com significativos ganhos de produtividade e qualidade. Se implantado nacionalmente, o programa ampliaria em 22% o número de trabalhadores empregados no país.

Impertinência jornalística
A derrubada dos dogmas neoliberais na Argentina ajuda a oxigenar até a imprensa local. O jornal argentino El Clarin, por exemplo, abriu entrevista com Kermal Dervis, administrador do Programa de das Nações Unidas para  Desenvolvimento, perguntando “se é necessário reformar o FMI ou seria melhor fechar suas portas?”  Difícil é imaginar tal “ousadia” em algum dos seus congêneres conservadores no Brasil.

Cansaço
Em tempo, Dervis, que era o ministro da Economia da Turquia, em 2001, quando aquele país negociava novo acordo com o FMI, admitiu que a desigualdade está crescendo em 80% dos países e que “as pessoas estão cansadas das receitas do fundo” e “começando a apoiar líderes populistas e/ou socialistas”. Apesar disso, defendeu que a solução deve se dar em nível mundial, porque, segundo ele, os países isoladamente não podem lidar “com esses problemas globais”.

Artigo anteriorCompensação
Próximo artigoLeão seletivo
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Exportações de suco de laranja recuam 23% entre julho e dezembro

Safra menor e estoques mais elevados estão entre as principais razões para a baixa.

Os desafios para Joe Biden nos EUA

Avanço da Covid-19 pode fazer com que democrata e equipe tenham que apagar alguns incêndios no começo do mandato.

Mercados sobem em véspera do Copom

Campos Neto, presidente do BC, participa da primeira sessão da reunião do Copom.

Mercados locais sobem seguindo Bolsas mundiais

Dia amanhece com tendência de alta para o mercado interno, seguindo NY na volta do feriado.

Contra tudo temos vacina

Dia promete ser de mais recuperação da Bovespa, dólar fraco e juros em queda.