Sentença

O presidente do Banco Central, Armínio Fraga, disse que atualmente a instituição não tem condições de definir qual será a trajetória dos juros.  Segundo ele, no longo prazo os juros deverão cair. “Numa visão de longo prazo estamos construindo um país que vai ter uma taxa de juros nominal mais baixa”, afirmou. No longo prazo, diria Keynes, estaremos todos mortos.

Pé quente
Tricolor de coração, o secretário de Energia do Rio de Janeiro, Wagner Victer, acredita que seu filho Chicão, de oito meses, é um tremendo pé quente. No jogo contra a Ponte Preta, por exemplo, enquanto ele assistia a partida com o filho no colo, o Fluminense ia bem, vencia o jogo por 1×0. Bastou a mulher de Victer, em função do horário, colocar o menino para dormir, que a Ponte empatou o jogo. O secretário, temendo um resultado adverso, esperou a mulher dormir, acordou Chicão, pedindo silêncio absoluto, e voltou escondido para assistir ao final da partida. O tricolor das Laranjeiras venceu por 3×2 e passou às semifinais do Campeonato Brasileiro.

Prévias
A pré-candidata ao Governo do Rio pelo PT, Benedita da Silva, vota neste domingo, às 10h, no núcleo do Chapéu Mangueira, no Leme. Em torno de 15 mil filiados do partido estarão escolhendo, por voto direto, o candidato petista à sucessão de Garotinho.

Preconceito
O assassinato do velejador neozelandês Peter Blake no Amapá propiciou um festival de sandices na imprensa mundial. Jornais como The Guardian (Inglaterra) e Washington Post (EUA) se apressaram em apontar que a margem do Amazonas é conhecida pela violência e que atos de pirataria são comuns nos “trópicos sul-americanos”. Já o The New York Times (EUA) atirava no sentido oposto: “Ataque a barcos é considerado coisa rara no Amazonas”. O The Nelson Mail (Nova Zelândia) especulava se não teria havido algo “mais sinistro”, pois o velejador se preparava para iniciar viagem pelo Rio Amazonas em defesa do meio ambiente. Mais objetivo, o Le Monde (França) noticiou a prisão de sete acusados pelo assassinato.

Compulsório
Adiar para 2003 parte da restituição do Imposto de Renda (IR) prevista para 2002, como forma de compensar a correção de 17,5% dos valores da tabela que servem de base de cálculo para as declarações das pessoas físicas, como defende a base parlamentar governista, é o aprofundamento da lógica perversa do confisco fiscal. Trata-se, na verdade, de um duplo confisco”, criticou o presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Unafisco), Paulo Gil Introíni. “É algo semelhante ao empréstimo compulsório”, protestou. Nisto, até o ministro da Fazenda, Pedro Malan, concorda. Ele acha que a Justiça derrubaria o adiamento. A proposta foi praticamente enterrada na sexta-feira.

Teoria e prática
A Alca é o evento de maior importância desde a independência das Américas. A afirmação é do secretário geral da Organização dos Estados Americanos (OEA) e ex-presidente da Colômbia, César Gaviria. Para ele, a “interdependência (dos países americanos) levará a resolver conflitos e problemas coletivos”, tais como a distribuição de renda e o déficit em conta corrente. Porém, Gaviria criticou, durante homenagem que recebeu na Universidade Estácio de Sá, a intervenção dos Estados Unidos na Colômbia, sob a alegação de combater o narcotráfico, enfatizando que “não é de forma unilateral” que serão resolvidos os problemas dos países americanos.

Burocracia
Délio Lins e Silva, advogado do secretário da Receita Federal, Everardo Maciel, garantiu que seu cliente tinha que participar de reunião do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) e já tinha apresentado essa justificativa para não depor como testemunha de um processo administrativo disciplinar. “Evidentemente que o senhor Everardo Maciel não poderia deixar de estar presente em tal reunião, em face dos enormes interesses envolvidos para o país”, afirmou Lins e Silva.
Já o coordenador do Confaz, Ednilton Soares, disse que o conselho não tomou nenhuma decisão importante sexta-feira, mas apenas discutiu os convênios normais sobre ICMS nos estados. A ausência de depoimento de Everardo provocou um bafafá no prédio da Receita, com direito a lacre da sala do secretário e pedido de habeas corpus.

Artigo anteriorPadaria quebra
Próximo artigoVoracidade
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Moeda chinesa na mira dos bancos centrais

Participação como reserva internacional ainda é baixa… por enquanto.

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.

Cem anos de Celso Furtado

A atualidade de um dos mais importantes intelectuais do planeta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Lei do Superendividamento favorece negociação e cobrança humanizada

Início das multas no contexto da LGPD também deve frear a oferta de crédito a quem não pode pagar.

Mercado de fertilizantes especiais cresce 41,8% em 2020

Neste ano, a expectativa é de que o setor obtenha uma nova elevação de 24%.

Consumo nos setores de turismo e diversão cresce em junho no Rio

O consumo das classes C e D no Brasil recuou 5% em junho, depois de ter subido 8% em maio, de acordo com a...

População de países emergentes fica ainda mais pobre

Perda de renda foi 2x maior que nas nações ricas.

Pagamento indevidos: TCU encontra 11% de inconsistências no INSS

‘Falhas afetam a confiabilidade do banco de dados’ de benefícios previdenciários.