Sinais trocados

“O governo FHC não fez a atualização (da tabela do Imposto de Renda) e esse erro foi decisivo para declínio do seu prestígio do seu prestígio popular. Foi uma tunga…” A afirmação não é uma recuperação de algum texto dos tempos em que o PT, na oposição, batia forte no governo FH. Trata-se de crítica publicada no site do “novo” PFL (www.oposicao.com.br), aquele que, na oposição, resolveu desancar o PT por praticar o que os pefelistas defendiam no reinado do tucanato.

Passando a limpo
Aproveitando a disposição da mídia para controlar gastos do poder com despesas de viagem, esta coluna sugere levantamento do dinheiro despendido pelo então presidente FH com as viagens de seus netinhos para Paris. À época, esta coluna foi um dos raros espaços a registrar que, como bom avô, FH era um perigo para o erário.

Canaveral petista
A confissão do presidente Lula de que prometeu cerca de R$ 1,4 bilhão para saneamento sem saber se a verba seria liberada confirma que, a exemplo do tucanato, os petistas também fizeram do Palácio do Planalto sua base de lançamento de factóides.

Anabolizante
Decorridos cerca de 15 dias de Arnold Schwarzenegger ser eleito para o governo da Califórnia, muito se falou da espetacularização da política e muito pouco das condições que pavimentaram o caminho para Arnie. A omissão é preocupante, pois a adesão dos democratas da Califórnia às idéias de desregulamentação do mercado de energia elétrica, que contrataram os apagões naquele estado, reafirmam que o preço a ser pago por esse tipo de concessão é a lata de lixo da história.

PPP
Analisar a viabilidade das parcerias público-privadas no Brasil é o objetivo da conferência que a IBC irá promover em São Paulo, nos dias 29 e 30, e que mostrará experiências com projetos de infra-estrutura na América Latina e África do Sul. Entre os palestrantes, representantes dos ministérios do Planejamento e dos Transportes, do BNDES e da Caixa, advogados e empresários. Mais informações em www.ibcbrasil.com/ppps

Simulado
Um vazamento de amônia na Nitriflex dará a partida amanhã para o 4° Simulado de Emergência do Processo Apell – programa de redução de riscos em pólos industriais, realizado anualmente – e que consiste na retirada de uma comunidade próxima ao Pólo Petroquímico de Campos Elíseos (RJ).

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFrágil
Próximo artigoQueda virtual

Artigos Relacionados

Estaleiros darão a volta por cima

Indústria naval brasileira sofre com política do Governo Bolsonaro.

‘Empreendedores’ fecham suas empresas

Aumentou 35% número de negócios fechados em 2021.

Por que mexer no ICMS e manter dividendos elevados?

Acionistas ganham em dividendos tanto quanto toda a população perderia com corte no imposto.

Últimas Notícias

Clorin ganha destaque nos lares e empresas brasileiras

A empresa amplia distribuição da marca Milton no Brasil.

Tokenização: conceitos e casos de uso dessa tecnologia

BC e CVM acompanharão ao longo deste ano as operações dos projetos aprovados nos respectivos sandboxes regulatórios

Sim Pro Samba homenageia Lula Gigante

O Sim Pro Samba começa às 18h30, na Praça dos Professores. Gratuito!

Solução para o investidor no cálculo e declaração do IR

Usufruir de serviços automatizados para o cálculo e o pagamento de DARFs,

CVM divulga estudo sobre ESG e o mercado de capitais

Relação entre o mercado de capitais e o tema sustentabilidade,