35.9 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, janeiro 18, 2021

Solução é recuperar investimentos em infraestrutura

Ontem, comentamos como a pandemia fez bem para a saúde financeira dos ricaços: os bilionários norte-americanos engordaram suas fortunas em 1 trilhão de dólares. Robert Reich, ex-secretário (ministro) do Trabalho dos Estados Unidos, teme a recuperação em forma de K – os ricaços saem melhor do que entraram, enquanto a queda prossegue para os demais 99%. Boa parte desse quadro se deve à política de reduzir os impostos para os ricos como estratégia para elevar os investimentos. Recente estudo publicado pela London School of Economics and Political Science (LSE) comprova que cortar tributos dos mais ricos tem como efeito… deixá-los mais ricos. O economista John Kenneth Galbraith já duvidava da teoria do “cavalo e pardais”: “Se você alimentar o cavalo com aveia suficiente, um pouco vai cair na estrada para os pardais.”

Em artigo no jornal britânico The Guardian, Reich propõe um caminho que ele chama de “build-up economics” (economia de acumulação, tradução do colunista). Não é uma inovação: esse sistema atingiu seu ápice após a Segunda Guerra, “quando os norte-americanos mais ricos pagavam uma taxa marginal de imposto de renda entre 70% e 90%. Essa receita ajudou a financiar investimentos maciços em infraestrutura, educação, saúde e pesquisa básica – criando a maior e mais produtiva classe média que o mundo já viu”.

O investimento em infraestrutura, especialmente rumo ao Green New Deal, trará retornos impressionantes e necessários, defende Reich. “Os custos de não fazê-lo serão astronômicos.”

O investimento público compensa. Estudos mostram um retorno médio sobre o investimento em infraestrutura de US$ 1,92 para cada dólar público investido. “A vacina Covid revela a importância dos investimentos em saúde pública, e a pandemia mostra como a saúde de todos afeta a todos. Mesmo assim, 37 milhões de norte-americanos ainda não têm seguro-saúde. Um estudo da Lancet estima que o Medicare for All evitaria 68 mil mortes desnecessárias a cada ano, enquanto economizaria dinheiro”, complementa Reich.

 

Reconhecimento

Considerado o maior congresso de medicina laboratorial do mundo, o American Association for Clinical Chemistry (AACC) premiou dois trabalhos, um na divisão de informática e o outro na divisão de medicina personalizada, desenvolvidas pelos pesquisadores do Grupo Sabin Pedro Góes Mesquita, Ticiante Santa Rita e o coordenador do laboratório, Gustavo Barra. As pesquisas são referentes ao método de sequenciamento do DNA dos pacientes e ajudam na identificação de variantes genéticas causadoras de doenças.

 

Colagens

Bayard Do Coutto Boiteux lança loja digital de fotos e colagens, que pode ser conferida por meio do link fotosbayardboiteux.com.br

 

Carteirada

Uma revista divulgou que ministros do Superior Tribunal de Justiça tentaram obter na Fiocruz prioridade para a vacina contra a Covid-19; foram rebarbados. Mês passado, o Ministério Público de São Paulo tentou furar a fila. Retrato da nossa (in)justiça.

 

Ausente

De Crivella, ao chegar no presídio em Benfica: “Onde está o Queiroz”?

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

A Década do Oceano

Seremos capazes de salvar o mar que nos cerca?.

Carnaval fora de época no Rio: evento sem serventia!

Mês é considerado alta estação, e assim tal evento vai contribuir muito pouco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

SEG NOTÍCIAS – Caixa assume gestão dos recursos e pagamentos do Dpvat

Não há nenhuma mudança nas regras de indenização; presidente da Caixa, Pedro Guimarães, deu detalhes.

Início da vacinação no Brasil deixará mercados atentos

Discurso de Christine Lagarde, do BCE evidencia a preocupação dos formuladores de política econômica da região.

Positivismo com o início da vacinação no Brasil

Conflito de Dória com Bolsonaro aumentou ontem após o início da vacinação ter sido em São Paulo.

IBC-Br de novembro mostrou avanço de 0,59%

Com a leitura de hoje, o índice dessazonalizado permanece ainda -1,86% abaixo do nível registrado em fevereiro de 2020.

Semana foi complicada para mercados de risco

Expansão da Covid, recrudescência no isolamento, nova cepa do vírus e possível impeachment de Trump assustaram investidores em todo mundo.