STF desbloqueia bens de Lula

Por maioria de três votos a um, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta sexta-feira, desbloquear os bens do ex-presidente Lula (PT) após recursos da defesa do petista. Os ministros concordaram que a Justiça Federal de Curitiba não poderia ter mantido o bloqueio após o Supremo, no início do ano, declarar o juízo incompetente para julgar e processar as ações relacionadas ao Tríplex de Guarujá (SP).
À época, foram anuladas as condenações contra Lula, mas a 13ª Vara Federal de Curitiba, com decisão do juiz Luiz Antonio Bonat, decidiu manter os bens do ex-presidente bloqueados. De acordo com os advogados do ex-presidente, o juiz estava descumprindo decisão do Supremo, que determinou que os autos dos processos fossem enviados para o Distrito Federal.
Apenas Edson Fachin, que contraditoriamente deferiu a liminar tornando a Justiça de Curitiba incompetente para julgar Lula no caso do tríplex, votou a favor de Bonat. Os ministros Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Kássio Nunes Marques votaram contra o bloqueio dos bens. A Segunda Turma do STF está sem um ministro desde que Cármen Lúcia foi para a Primeira Turma.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Rejeição a Bolsonaro segue em alta

Segundo pesquisa Modalmais/AP Exata divulgada hoje, só 23,9% classificam como bom/ótimo.

Receita: mais 80 delegados entregam os cargos

Mais 80 delegados da Receita Federal do Estado de São Paulo entregarão os cargos nesta quarta-feira, de acordo com o Sindifisco estadual. Já são...

Terra indígena não homologada: retirada de proteção é inconstitucional

Para Cimi, 'conduta temerária e recorrente da atual gestão da Funai pode ser enquadrada como improbidade administrativa'.

Últimas Notícias

Empregos na saúde ultrapassa 4,6 milhões

O número de pessoas empregadas na cadeia produtiva da saúde cresceu 0,6% entre agosto e novembro do ano passado ao atingir 4.652.588 de trabalhadores,...

RJ terá dificuldades de pagar R$ 92 bi à União

O Governo do Estado do Rio de Janeiro poderá encontrar dificuldades para cumprir o pagamento de R$ 92 bilhões devidos à União. Isso porque...

China reduz juros em empréstimo de médio prazo

O banco central da China reduziu nesta segunda-feira (17) as taxas de juros de seus empréstimos de médio prazo (MLF) e repôs reversos em...

Petrobras: recorde de produção no pré-sal em 2021

A Petrobras atingiu recorde anual de produção no pré-sal em 2021, ao alcançar 1,95 milhão de barris de óleo equivalente por dia (boed). Esse...

Médicos de SP mantêm greve na quarta-feira

Após se reunirem com o secretário municipal de Saúde de São Paulo, Edson Aparecido, na tarde desta segunda-feira, o Sindicato dos Médicos de São...