STF pede para PGR investigar Bolsonaro

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia enviou nesta quarta-feira à Procuradoria-Geral da República (PGR) um pedido de parlamentares do PT para a abertura de uma investigação sobre Jair Bolsonaro. Os parlamentares querem que o chefe do governo seja investigado por suas declarações dados em transmissões ao vivo na semana passada disseminando informações falsas sobre as urnas eletrônicas e o processo eleitoral brasileiro.

De acordo com a magistrada, as acusações feitas pelos parlamentares são “graves” e as declarações de Bolsonaro “podem, em tese, configurar crime” de natureza eleitoral, utilização ilegal de bens públicos e atentado contra a independência de poderes da República.

Os parlamentares quem saber se houve: improbidade administrativa pelo uso da TV Brasil para transmitir a live, ou seja, se foram usados recursos públicos pelo presidente para atacar adversários políticos e o Tribunal Superior Eleitoral; propaganda eleitoral antecipada; houve abuso de poder político e econômico; “prática de crime de divulgação de fake news eleitoral,”

Leia também:

Live de Bolsonaro sobre urna eletrônica é ataque à democracia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Senado vai analisar vetos na Lei Aldir Blanc

Existe uma fila de 36 vetos aguardando votação dos senadores e deputados

Senado pode convocar ministro da Educação para explicar corte

Requerimento pede que Victor Godoy explique o corte de R$ 619 milhões no orçamento das instituições federais de ensino.

Transição progressiva e com segurança para a saída do PPI

Programa da chapa Lula-Alckmin defende papel estratégico da Petrobras

Últimas Notícias

Ford Brasil: Centro global de exportação de serviços de engenharia

Projetos de ponta voltados ao futuro da mobilidade, como veículos elétricos, autônomos e conectados. 

Senado vai analisar vetos na Lei Aldir Blanc

Existe uma fila de 36 vetos aguardando votação dos senadores e deputados

Caixa: desconto de até 44% para regularizar penhor em atraso

As unidades com serviço de penhor disponível podem ser consultadas no site da Caixa

Índice de Preços ao Produtor (IPP) sobe 1,83% em maio

Das 24 atividades analisadas, 21 tiveram alta de preços

Acqio inclui transações via Pix em suas soluções de pagamento

Em abril os pagamentos feitos via Pix atingiram a marca histórica de 11,5%, no comércio eletrônico