Só chovendo

A tragédia trazida pelas enchentes aos municípios de Santo Antonio de Pádua, Itaperuna, Laje de Muriaé, Cardoso Moreira, Italva, Bom Jesus do Itabapoana, Apeberibe e Itaocara, no Norte do Rio de Janeiro, provocou fenômeno incomum na economia brasileira. Em comunicado a seus associados, a Federação Brasileira de Bancos recomenda que os bancos dispensem a cobrança de juros referentes a boletos com vencimento nos dias 17, 18, 19, 20, 21 e 22 de dezembro, referentes a cobranças como mensalidades escolares, clubes e condomínios. A Febraban recomenda ainda que os títulos vencidos naquelas datas possam ser pagos sem juros até dia 2.

Holocausto anunciado
O massacre perpetrado por Israel, desde o fim de 2008, a Gaza, veio somar-se a condições de vida já extremamente degradadas para a população. Já em 2007, quando a situação não era comparável à de agora, o relator especial do Conselho dos Direitos Humanos das Nações Unidas para os Territórios Palestinos Ocupados, o professor Richard Falk, descreveu dessa forma o cerco israelense a Gaza: “Será um exagero irresponsável associar o tratamento dos palestinos às práticas de atrocidades coletivas dos nazistas? Não creio. Os recentes desenvolvimentos em Gaza são particularmente inquietantes porque exprimem de modo evidente uma intenção deliberada da parte de Israel e dos seus aliados de submeter toda uma comunidade humana a condições da maior crueldade que põem em perigo a sua vida. A sugestão de que este esquema de conduta é um holocausto em vias de ser feito representa um apelo bastante desesperado aos governos do mundo e à opinião pública internacional para que ajam com urgência a fim de impedir que estas tendências atuais ao genocídio não conduzam a uma tragédia coletiva”, escreveu Falk, professor emérito de Direito Internacional na Universidade de Princeton, nos Estados Unidos.

Boicote
A intransigência de Israel levou o presidente da Assembléia Geral da ONU, o padre nicaragüense Miguel D”Escoto Brockman, a, antes mesmo do atual ataque, defender um boicote da comunidade internacional àquele país nos mesmos moldes do decretado à África do Sul, em protesto contra o então regime de apartheid: “Há mais de 20 anos, nós, as Nações Unidas, havíamos seguido a via da sociedade civil quando concordamos que eram necessárias sanções para proporcionar meios de pressão não-violentos contra a África do Sul, a fim de que ela pusesse fim às suas violências. Hoje, deveríamos considerar seguir a via de uma nova geração da sociedade civil, que apela a uma campanha não-violenta semelhante de boicote, desinvestimento e sanções para fazer pressão sobre Israel a fim de que ponha um fim às suas violações”, defendeu Brockman, que preside a ONU desde 16 de setembro.

Papai Noel
As vendas do comércio varejista da cidade do Rio de Janeiro registraram aumento de 5% no Natal, em relação ao ano anterior, de acordo com dados divulgados pelo Centro de Estudos do Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro (CDL-Rio). Os produtos mais vendidos foram bijuterias, carteiras, óculos e, como nos anos anteriores, os brinquedos. Os ramos que tiveram o pior desempenho foram os de móveis e eletrodomésticos.
“Considerando que o Natal de 2007 foi o melhor dos últimos dez anos, registrando um crescimento de superior a 13%, o resultado deste ano foi bom. Outro fator que deve ser comemorado é que, em 2008, somente o mês de janeiro registrou números negativos”, diz o presidente do CDL-Rio, Aldo Gonçalves.

Crescimento
Fabricante do sistema de cobertura metálica Roll-on, patenteado em 17 países, a Marko Sistemas Metálicos fecha 2008 ultrapassando os R$ 110 milhões em faturamento. A partir do próximo ano, a empresa vai investir mais de R$ 15 milhões no parque industrial, diversificando ainda mais a linha de produtos, pela importação de máquinas vindas da Itália e da França. Com isso, a expectativa para 2009 é de um aumento de cerca de 20% no faturamento total da empresa.

Lista suja
Com inclusão de 19 proprietários, a nova lista de empregadores flagrados explorando mão-de-obra escrava no país, divulgada pelo Ministério do Trabalho, contém 205 nomes, entre pessoas físicas e jurídicas.

Feliz 2009
Esta coluna deseja a todos seus leitores um Excelente Ano Novo, com saúde, felicidade e paz e no qual a única queda estrondosa seja a dos juros.

Artigo anteriorEspírito
Próximo artigoQue responsabilidade?
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Argentina fechará com China parceria do Cinturão e Rota

Iniciativa pode ser pontapé inicial para desenvolvimento e integração da América Latina.

G20 analisa aumentar taxação de corporações, mas…

Proposta tem que ser vantajosa para todos, não só para as sedes das multinacionais.

Botes salva-vidas para a classe A

No mundo de negócios, é tudo uma questão de preço.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Castello Branco diz adeus à Petrobras

Assembleia de acionistas da estatal aprovou a destituição.

Alerj pede ao STF suspensão do pagamento de dívida na pandemia

Alerj estima que desde março de 2020, quando se iniciou a pandemia, o Estado do Rio já quitou R$ 1 bilhão em juros da dívida com a União.

Governo Bolsonaro tumultua e população vive drama para receber auxílio

Consórcio do Nordeste, formado por todos os governadores da região, defende que governo descentralize pagamento do benefício.

Indústria do cimento cresce 19% no 1º tri

Mau desempenho no primeiro trimestre de 2020, em razão das fortes chuvas e do início da pandemia, frente ao mesmo período de 2021, refletiram na alta do setor.

Metroviários de SP param por vacinas e lockdown

Greve de 24 horas pede medidas de prevenção contra Covid para trabalhadores do transporte público.