Submissão estrangeira e o aumento do gás

Lei prometia queda, mas realidade entrega alta.

Paulo Guedes afirmou em 2020 que a aprovação da Lei do Gás faria o preço do produto cair 50%. Bom economista, acertou no percentual, mas errou o sinal: a Petrobras acaba de acertar um aumento de 50% no gás natural para os contratos de longo prazo (queria 100%, o que pode indicar uma interferência na decisão). O preço do gás encanado para o consumidor no Rio de Janeiro, residencial, comercial e industrial, deve subir, em média, 41% a partir de janeiro de 2022.

“A justificativa para retirar o monopólio da Petrobras foi estabelecer a competitividade em um setor que é, em todo mundo, monopolista ou oligopolista”, ensina o administrador aposentado Pedro Augusto Pinho sobre o que acontece na área de petróleo e energia no Brasil. “Foram vendidos ativos da Petrobras em todos os segmentos: campos produtores, refinarias, dutos para movimentação de óleo, gás e derivados, áreas e instalações para tancagens, terminais marítimos e a distribuidora e postos de venda a varejo. Melhorou a qualidade do produto? O preço dos derivados? Em absoluto”, afirmou em entrevista ao programa Faixa Livre, da Rádio Bandeirantes AM, nesta quarta-feira.

“Não por falta de recursos naturais, não por indisponibilidade de recursos financeiros, não por ausência de tecnologia e de mão de obra preparada. O doente energia assim se encontra por decisão política”, afirma Pinho. “No que consiste então esta decisão política? Na submissão do interesse nacional, na solução das demandas brasileiras aos ganhos astronômicos do sistema financeiro internacional, na sujeição da política brasileira ao decálogo do Consenso de Washington. E para isso tem o apoio de toda mídia comercial, hegemônica, que penetra principalmente pelos canais de televisão em todos os lares, impedindo a justa revolta popular. E elegendo estes governos e aplicando golpe, como o de 2016”, denuncia o especialista.

 

Engenheiro Brizola

Em comemoração ao Dia do Engenheiro (11 de dezembro), o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio (Crea-RJ) divulga nesta quinta-feira o Prêmio Láurea ao Mérito Profissional, que contemplou os agraciados nos anos de 2020 e 2021.

Além dos profissionais, foram homenageados o Centro de Pesquisas de Energia Elétrica da Eletrobras (Cepel) como Pessoa Jurídica e o ex-governador do Rio de Janeiro e egresso da Escola de Engenharia Civil da UFRGS Leonel de Moura Brizola, com o Diploma de Mérito na premiação de 2020.

 

Soberania

Independente se houve ou não ataque hacker a sites do Governo Federal, a pergunta a se fazer é: qual a segurança de uma Nação se os dados sigilosos de todos seus cidadãos estão guardados em um servidor (AWS, da Amazon) de uma potência estrangeira?

 

Rápidas

A idealizadora do método Superself, Fernanda Gazal, estará neste domingo, às 12h, em São Paulo, realizando o “Encontro Superself Brasil”. Desde 2018 a especialista não vem ao Brasil *** O livro Mulher de Verdade, em sua 10ª edição, será lançado dia 20, às 13h, na Ribalta Espaço Multieventos, na Barra da Tijuca (RJ). A obra, promoção da Fundação Ceperj, contém 325 histórias. De acordo com a idealizadora do projeto, Itamarcia Marçal, quando se escreve a biografia de alguém, na verdade está se escrevendo a essência de uma era.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Gasolina a R$ 4 é possível? Sim

Três etapas a serem seguidas para o combustível chegar a um preço justo.

208 ganha motor 1.0 na linha 2023

Equipamento é o mesmo do Fiat Argo.

Redução das desigualdades e saneamento

Brasil ainda apresenta 1,6 milhão de residências sem banheiro.

Últimas Notícias

Gasolina a R$ 4 é possível? Sim

Três etapas a serem seguidas para o combustível chegar a um preço justo.

Bolsonaro demonstra estabilidade e Lula consolida liderança

Segundo pesquisa Modalmais/AP Exata divulgada hoje, ambos têm dificuldades em buscar eleitores fora das suas bolhas de apoiadores.

208 ganha motor 1.0 na linha 2023

Equipamento é o mesmo do Fiat Argo.