23.8 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, janeiro 25, 2021

Século

“Se o país mantivesse a mesma taxa de crescimento da renda per capita do período de 1985 a 2005, levaríamos 100 anos para dobrar nossa renda per capita. Ou seja, um século para atingir o nível de renda semelhante ao de Portugal”, disse o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Armando Monteiro Neto. Ele está preocupado em manter um ritmo forte de crescimento, por longo prazo.

PPP
Acesso à Internet em banda larga por R$ 5. Essa é a promessa do projeto de parceria público-privada para levar a rede a 92 municípios do Rio de Janeiro até 2010. A proposta prevê prazos de concessão de cinco a 35 anos. Para atrair a iniciativa privada, o governo estadual oferece a chamada “receita garantida”, que é a certeza de que os serviços hoje pagos pelo governo pela rede serão mantidos, e o “fundo garantidor”, um instrumento jurídico que permitirá aos empresários garantia líquida em caso de inadimplência do poder público. A tarifa social atenderia a uma banda “meio larga” – 128k, ou apenas duas vezes mas rápida que a linha discada convencional. Resta saber se os R$ 5 não são apenas factóide. É bom lembrar que o Governo Federal, ao lançar a TV digital, prometia caixas conversoras a R$ 100 – valor que deverá ser multiplicado por sete quando o discurso virar realidade.

Privatização
Nas localidades em Minas Gerais em que o serviço de distribuição de água foi privatizado, a tarifa aumentou 200%, denunciou o pesquisador e escritor Rui Nogueira, que realiza, há seis anos, um estudo sobre o setor no mundo. No Rio de Janeiro, a Cedae, companhia estatal de saneamento, admite a privatização parcial em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Segundo o presidente da empresa, Wagner Victer, a Cedae encontrava-se em estado caótico quando ele assumiu a presidência e o seu objetivo é o de reestruturar a companhia para que ela possa voltar a crescer. “Só em Belford Roxo, temos 3 milhões de contas vencidas, o que totaliza R$ 250 milhões. Se tivéssemos condições, continuaríamos com o controle da estação de tratamento da cidade. Mas não há dinheiro para realizar os investimentos necessários naquela área”, disse Victer, completando que parcerias precisam ser feitas para que a instituição possa manter a sua rentabilidade.

Oportunidades
O secretário fluminense de Desenvolvimento Econômico, Julio Bueno, será recebido nesta quarta-feira pelo presidente do Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro (CDL-Rio), Aldo Gonçalves, na sede da entidade, para um almoço-palestra com os empresários do comércio lojista. Julio Bueno vai falar sobre oportunidade de investimento no estado.

Doença
O Tribunal de Contas da União (TCU) apura irregularidades na aplicação de recursos públicos destinados à Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. O TCU constatou realização de despesas indevidas na aquisição de bens e contratação de serviços fora das finalidades do Programa Saúde da Família. O ministro Valmir Campelo foi o relator do processo.

Artigo anteriorContra a baixaria
Próximo artigoCapital
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Incerteza da população ou dos mercados?

EUA e Reino Unido espalham suas expectativas para os demais países.

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Copom está alinhado com maioria da expectativa do mercado

Considerando foco na inflação de 2022, estamos considerando agora que BC começará a aumentar Selic em maio e não em agosto.

Primeira prévia dos PMI’s e avanço da Covid-19

Bolsa brasileira sucumbe ao terceiro dia de queda, mediante aos temores fiscais.

Exterior em baixa

Queda acontece em meio às preocupações com problemas para obtenções de vacinas.

Más notícias persistem

Petróleo negociado em NY mostrava queda de 2,60% (afetando a Petrobras), com o barril cotado a US$ 51,75.

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.