Suspeitas de corrupção com vacinas somam R$ 12 bi, e subindo

Governo Bolsonaro negociou 560 milhões de doses com intermediários.

Ao rebarbar ofertas de vacinas diretamente dos fabricantes e privilegiar negociação com intermediários, o Governo Bolsonaro escancarou as portas para dezenas de atravessadores e deixou no ar robustas suspeitas de corrupção, que a Polícia Federal poderá investigar, se tiver autonomia. Os casos suspeitos – até agora – são:

1) Covaxin: 20 milhões de doses iniciais + 50 milhões solicitadas em ofício do Ministério da Saúde de 6 de março. A US$ 15 a dose, as encomendas somariam US$ 1,050 bilhão. O possível “comissionamento” da vacina indiana varia de US$ 13,66 por dose (telegrama da Embaixada do Brasil na Índia estimava o preço em US$ 1,34 a dose) a US$ 5 (ata de reunião do Ministério da Saúde com a Precisa falou em US$ 10 ou menos). Tem-se portanto suspeita de sobrepreço entre US$ 956 milhões e US$ 350 milhões.

2) Davati (inicialmente AstraZeneca, depois Jansen): 400 milhões de doses. O PM Luiz Paulo Dominguetti falou em pedido de “pixulé” de US$ 1 por dose. Porém os preços oferecidos variaram muito, ao sabor da briga entre as supostas (segundo a senadora Simone Tebet) quadrilhas no Ministério da Saúde. A suspeita, portanto, é de, no mínimo, US$ 400 milhões.

3) Coronavac: 30 milhões de doses através de um intermediário a US$ 28 cada (o preço do Instituto Butantan é de US$ 10). Suspeita de propina de US$ 540 milhões.

4) Convidecia: 60 milhões de doses pelas quais seriam pagos US$ 17 cada. Se levar em conta que a igualmente chinesa Coronavac, fornecida pelo Butantan, custou US$ 10, haveria uma suspeita de sobrepreço de US$ 7 a dose, ou US$ 420 milhões.

No total, a suspeita de “pixulé”, “comissionamento”, propina, vai a, no mínimo, US$ 1,710 bilhão, ou R$ 8,740 bilhões. Se levada em conta a dose mais barata da Covaxin, o montante vai a US$ 2,316 bilhões, ou R$ 11,840 bilhões. Valor suficiente para bancar mais uma rodada de auxílio emergencial e ainda sobrar R$ 2,8 bilhões de troco.

 

Autônomo

A Onii, startup de lojas sem atendentes, inaugurou uma na Servier do Brasil, multinacional do setor da saúde localizada em Jacarepaguá (Rio de Janeiro). A loja funciona 24 horas e conta com refeições, bebidas e até doces e sorvetes.

 

Olha a faca

Mimimi e vitimização, diria Jair Bolsonaro sobre o presidente Bolsonaro ir a um hospital cuidar de soluço e prisão de ventre.

 

Rápidas

Nesta segunda-feira, a FGV Energia reúne, em webinário sobre o setor de petróleo, Anelise Lara (IBP), Heloisa Borges (EPE), Marcelo Araújo (Ipiranga) e Wilson Ferreira Jr. (BR). Às 18h, pelo canal da FGV no YouTube *** O advogado Mauricio Moreira Menezes, sócio do Moreira Menezes, Martins Advogados e professor de Direito Comercial da Uerj, será um dos debatedores de “Solução em Foco”, da @tmabrasil, com o tema “Os créditos trabalhistas na nova Recuperação Extrajudicial”, nesta terça, às 9h *** Tramita no Congresso Nacional a PEC da reforma eleitoral (PEC 125/2011), assunto que foi tema do podcast Conversa com o Judiciário com a participação dos especialistas e mediação do corregedor-geral da Justiça Eleitoral, ministro Luis Felipe Salomão. Disponível em plataformas de streaming.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Cem anos de Celso Furtado

A atualidade de um dos mais importantes intelectuais do planeta.

Zodíaco dos vinhos: Libra

O vinho clássico libriano é um pouco indeciso.

Redução do ICMS sobre arroz, feijão e gás de cozinha

Alerj deverá votar projeto que visa baratear alimentação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

KPMG é alvo de críticas por auditorias em bancos ingleses

A KPMG, empresa que presta serviços de auditoria, enfrenta uma nova onda de críticas sobre a qualidade das seus trabalhos nos bancos, depois de...

Airbus inaugura projeto de aeronaves A350 na China

A Airbus inaugurou seu projeto de aeronaves A350 em seu centro de conclusão e entrega de fuselagem larga em Tianjin, norte da China. É...

Plataforma P-70, na Bacia de Santos, alcança capacidade de projeto

A P-70, localizada no campo de Atapu, na porção leste do pré-sal da Bacia de Santos, atingiu em 12 de julho sua capacidade de...

BC amplia iniciativas de ESG para suporte ao crédito

As recentes iniciativas regulatórias do Banco Central do Brasil (BC) para intensificar as divulgações relacionadas a questões ambientais, sociais e de governança (Environmental, Social...