TAM tem novo presidente

Acredite se Puder / 15:20 - 10 de jul de 2001

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O Conselho de Administração da TAM decidiu que Daniel Mandelli Martin, vice-presidente Corporativo e de Estratégia, substituirá o falecido Rolim Adolfo Amaro, acumulando a presidência do CA e da empresa. E o economista Antônio Luiz Teixeira de Barros Júnior ocupará o cargo de vice-presidente do conselho. Começou a reação Os dirigentes da Força Sindical entraram com ação civil pública contra o aumento de 16,6% na tarifa de energia elétrica que será aplicado pela Eletropaulo na área de concessão da distribuidora, ou seja, a capital paulista e mais 23 municípios, incluindo ABC. A central sindical decidiu tomar a medida após receber milhares de reclamações dos trabalhadores que acusam o governo federal de conceder aumento abusivo no preço da tarifa. Paulo Pereira da Silva afirma que este não é o momento e a maneira certa para ajustar a tarifa e, além disso, os trabalhadores tiveram aumentos baseados na inflação e não é justo conceder aumentos acima da inflação. O presidente da Força Sindical está coberto de razão, pois tal aumento é para compensar os tais "investimentos" que diversos grupos estrangeiros dizem ter feito nas ex-estatais. Bradespar estreou no Latibex As ações da Bradespar começaram a ser negociadas no Latibex, o mercado de empresas latino-americanas em euros. As ordinárias terminaram cotadas a 3,7 euros, o equivalente a US$ 3,12, e registraram baixa de 1,86%. As preferenciais perderam 2,56% e terminaram em 3,81 euros, ou seja, a US$3,22. Hitachi reduzirá custos A Hitachi Ltd., a maior fabricante de equipamentos eletrônicos do Japão, está acelerando o esforço para a redução de custos através de reestruturações e do plano de abandonar os investimentos na área serviços de computadores. O objetivo segundo Etsuhiko Shoyama, presidente da companhia é aumentar em 25% as vendas de sistemas eletrônicos e de serviços em 2002 e, com isso, elevar para 8% a rentabilidade operacional. Com o plano de reestruturação iniciado em 1999, a Hitachi economizou 24 bilhões de ienes em 2000 e pretende chegar a 70 bilhões de ienes no atual ano fiscal, que se encerra em março de 2002. Em momento algum o executivo japonês falou em demissões. Em compensação, a inglesa BAE Systems anunciou o corte de 1.150 postos de trabalho nos estaleiros de Govan e Scotsoun, na Escócia. Tal anúncio foi feito após a companhia ter recebido encomenda do Ministério de Defesa britânico para a construção de dois destróieres "Type 45", operação que garantirá o futuro dos estaleiros escoceses a longo prazo.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor