28.1 C
Rio de Janeiro
domingo, janeiro 24, 2021

Também lá

A felicidade bancária com o regime de Felipe Calderón só é comparável com a que tem no Governo Lula. No primeiro trimestre do segundo ano de governo, a banca que opera no México obteve rendimentos líquidos 54,22% superiores aos do mesmo período do ano anterior, segundo dados da Comissão Nacional Bancária e de Valores (CNBV). O BBVA-Bancomer foi responsável por nada menos que 34% dos lucros totais que o grupo espanhol obteve em 2007, informa o boletim eletrônico Resenha Estratégica.

Companhia
Além do Banco Central do Brasil, apenas seu congênere do México utiliza o recurso do swap reverso. No Brasil, esse mecanismo faz com o Tesouro Nacional – agora, laranja do BC – perca quando o câmbio valoriza e quando o juros sobem.

Pátria
Para registro: somente no Brasil e em alguns poucos sites da Europa – o mais importante o do Financial Times – a cervejaria Inbev é identificada como “belgo-brasileira”. Em todos os demais – como os pesos-pesados como New York Times, MSNBC, Bloomberg e BBC – é simplesmente a “cervejaria belga”. Na Reuters internacional, também. (No site em português, a referência é ao suposto controle dividido entre os dois países). Na Forbes, a única referência ao Brasil é quanto ao time de administradores originários de Pindorama, definido como “cruel cortador de custos”.

Dívida com a Previdência
“Como reduzir os débitos junto à Receita com a redução da prescrição previdenciária nas execuções fiscais e parcelamentos de débitos público”. O nome do seminário é gigantesco e a possibilidade de diminuir a dívida também. A publicação da Súmula Vinculante 8, pelo STF, mostra a inconstitucionalidade da prescrição previdenciária decenal. O seminário pretende orientar o contribuinte a agir diante dessa decisão. O palestrante será o consultor tributário Roberto Rodrigues de Morais, membro do Conselho Consultivo da Coad. A realização é da Veritae. Será no Rio de Janeiro (R. Rodrigo Silva, 18, 7º andar), no dia 7 de agosto. Informações: cursos@veritae.com.br

Saúde é dinheiro
Há muito tempo tem-se como verdade que a maior prosperidade traz melhores opções de saúde, mas o contrário também é verdade? Mais saúde traz mais prosperidade, tanto pessoal quanto nacional?
Estudos da OMS na Europa mostram que o aumento da expectativa de vida é claramente acompanhado pela melhora do desempenho econômico. Entre 1970 e 2003, na parte ocidental, o aumento da expectativa de vida teve o “valor” de 29%-38% do Produto Interno Bruto (PIB) e ultrapassou muito os gastos com saúde de cada país. Na parte oriental, o relacionamento foi ainda mais claro: entre 1990 e 2003, os países que tiveram redução na expectativa de vida tiveram perdas no bem-estar social entre 16%-31%, e aqueles que tiveram aumento na expectativa de vida tiveram um benefício de 12%-31% do PIB.

Satisfação dupla
Um estudo alemão feito entre 1995 e 2005 mostrou que um aumento de 10% na satisfação da saúde melhorou o salário horário das mulheres em cerca de 0,14%-0,47% e dos homens em cerca de 0,09%-0,88%. Em um recente estudo da Federação Russa, a boa saúde (comparada com pior saúde) mostrou um aumento de salário de 22% para as mulheres e de 18% para os homens.

Nutrição
O hospital Pró-Cardíaco (RJ) está com inscrições abertas para pós-graduação em nutrição. O objetivo do curso é desenvolver competências e habilidades do nutricionista, envolvido na prática clínica, bem como buscar a valorização da prevenção e tratamento das doenças cardiovasculares. Com início previsto para o dia 2 de agosto, o curso terá 30 vagas e será realizado quinzenalmente, aos sábados, das 8h às 18h. As inscrições poderão ser feitas, até o dia 22, pelo telefone (21) 2131-1444 ou pelo e-mail procep@procardiaco.com.br

Lixo
As operadoras de telefonia móvel não parecem preocupadas com o spam no celular, até porque são as primeiras a enviar aos assinantes mensagens não solicitadas.

Marcos de Oliveira e Sérgio Souto

Artigo anteriorOutdoor
Próximo artigoGanhos maiores
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Incerteza da população ou dos mercados?

EUA e Reino Unido espalham suas expectativas para os demais países.

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Copom está alinhado com maioria da expectativa do mercado

Considerando foco na inflação de 2022, estamos considerando agora que BC começará a aumentar Selic em maio e não em agosto.

Primeira prévia dos PMI’s e avanço da Covid-19

Bolsa brasileira sucumbe ao terceiro dia de queda, mediante aos temores fiscais.

Exterior em baixa

Queda acontece em meio às preocupações com problemas para obtenções de vacinas.

Más notícias persistem

Petróleo negociado em NY mostrava queda de 2,60% (afetando a Petrobras), com o barril cotado a US$ 51,75.

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.