Taxa de carbono vai custar quase € 800 mi à Turquia

Barreira ambiental da União Europeia é alerta para o Brasil.

Os exportadores turcos de produtos com alto consumo de energia, como cimento, aço e alumínio, poderão enfrentar custos adicionais exorbitantes quando as propostas legislativas apresentadas pela Comissão Europeia (CE) no âmbito do Green Deal entrarem em vigor.

Um estudo do Banco Europeu de Reconstrução e Desenvolvimento (Berd) descobriu que as empresas poderão ter que pagar taxas extras de € 777 milhões. Se apenas as emissões diretas forem consideradas, a conta cairia para € 399 milhões.

O Carbon Border Adjustment Mechanism (CBAM) da CE é um preço sobre as importações proporcional à emissão de carbono dos bens comprados de países sem precificação de carbono adequada. O mecanismo será implementado gradualmente, a partir de 2026, e inicialmente se aplicará apenas a um número selecionado de produtos. As taxas do CBAM podem alcançar 50% dos preços atuais do cimento, 18% do alumínio e 9% do aço.

É um alerta para o Brasil, que também poderá entrar na mira das barreiras comerciais europeias travestidas de barreiras ambientais.

 

Execução fiscal

De cada 100 processos de execução fiscal que tramitaram no Judiciário, apenas 13 foram baixados. Esse tipo de ação representa 39% do total de casos pendentes e 70% das execuções pendentes na justiça. Pioneiro em implantar automação e inteligência artificial em empresas brasileiras, Renato Mandaliti, CEO da Finch, falará sobre “Jurimetria: indo muito além dos dashboards”, nesta segunda-feira, na Fenalaw Week Digital Week.

O CEO explicará como a tecnologia pode ajudar a determinar padrões, montar modelos e prever comportamentos sobre resultados de ações judiciais, recomendações de acordos e, ainda, sugerir provisionamentos com economia de quase 40% dos valores que seriam gastos com processos.

 

País sem futuro

Tuíte do professor Marcio Pochmann: “Apagão no CNPq, incêndio na cinemateca. Sinais sínteses de um país sem rumo futuro, que se desfaz de sua própria memória. O Brasil já teve elites dirigentes muito ruins, mas inigualáveis as atuais. Vergonha histórica.”

 

Segue o fio

Do deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ): “O incêndio na Cinemateca não é uma tragédia anunciada. É resultado do projeto bolsonarista de destruição nacional. É mais um retrato da degradação cultural, ambiental e moral promovida pelo governo. Bolsonaro é um inimigo do Brasil, e tirá-lo do poder é questão de sobrevivência.”

 

Segue o fio, 2

Do governador do Maranhão, Flávio Dino: “Nero tocava lira enquanto o incêndio queimava Roma. Bem parecido com essa noite, com o incêndio da cinemateca e a live mais desvairada da história nacional.”

 

Inimigo íntimo

O descaso (ou projeto) com a Cultura por um governo repleto de militares que defende a ditadura levou à queima de milhares de documentos da Embrafilme, estatal do cinema fundada durante a ditadura militar.

 

Rápidas

Nesta segunda, o Instituto Doméstica Legal lança a campanha de abaixo-assinado “Salário Maternidade JÁ para a trabalhadora doméstica gestante”, em que pede a trabalhadora gestante afastada durante a pandemia entre em licença maternidade desde o início da gravidez e que o INSS arque com o salário, e não o empregador. Para participar, clique aqui  *** Aasp realizará nesta segunda-feira, às 19h15, o evento “Negócios jurídicos processuais: utilidade prática e limites” *** A Fundação Perseu Abramo está organizando o Ciclo de Diálogos “Paulo Freire 100 anos”, de 2 de agosto a 6 de setembro, sempre às segundas-feiras, 19h, pelo YouTube.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Terceira via tira a máscara

Diferença para atual governo está nos métodos, não nos fins.

Baía de Guanabara como sujeito de direitos

Em SC, Judiciário debate gestão e governança da Lagoa da Conceição.

Melhor bolinho de bacalhau

O mais novo ‘Patrimônio Cultural’, que foi frequentado por Pixinguinha.

Últimas Notícias

Jovem baixa-renda é mais requisitado para voltar a trabalho presencial

Quanto menor a renda familiar, maior o percentual; brasileiros de 18 a 25 anos somam 42% das contratações temporárias no primeiro semestre.

Formbook afetou mais de 5% das organizações

Capaz de capturar credenciais e registrar digitação de teclado, malware figurou em segundo lugar no ranking mensal do país.

Sauditas liberam exportação de carne de unidades de Minas

De acordo com o Ministério da Agricultura, autoridades do país suspenderam o bloqueio de cinco plantas de carne bovina mineira.

Comerciários do Rio têm aumento

Já em São Paulo, emprego no comércio registra a maior alta mensal desde novembro de 2020.