Táxi magnético

Enquanto alguns insistem que o Uber é uma inovação em transporte urbano – o que é renegado pelos estudiosos de tecnologias disruptivas – alternativas realmente novas vão pipocando pelo mundo. Israel deverá ser o primeiro país a utilizar o SkyTran – um monotrilho de levitação magnética desenvolvido com tecnologia da Nasa. O sistema emprega pequenos veículos em forma de cápsulas, para quatro passageiros, e não necessita de condutor, pois o movimento é automatizado. Eles circularão a 100 km/h. Os monotrilhos estarão a seis metros acima das ruas, com paradas de embarque a cada 400 metros. Ao aproximar-se de uma estação, o táxi – assim é chamado – passará por uma plataforma secundária, sem interromper o tráfego. No projeto inicial, cada cápsula é alimentada com energia elétrica. Posteriormente, será equipada com painéis solares.

Os designers asseguram que os passageiros poderão pedir o táxi por meio de uma página na internet ou de um aplicativo de celular, o preço da passagem será mais barato que o de um táxi convencional e que, com a implantação de painéis solares, ele se tornará o meio de transporte mais ecológico do mundo. Segundo os responsáveis, os sistemas de transportes subterrâneos podem custar entre US$ 100 milhões por quilômetro, enquanto o SkyTran custa cerca de US$ 8 milhões/km.

Sistema com tecnologia de propulsão semelhante, mas finalidade diferente, é desenvolvido há 16 anos na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Desde fevereiro passado, o MagLev Cobra tem um protótipo em testes no campus do Fundão. Só que o objetivo é transporte de massas, ao contrário do quase individual SkyTran.

É o preço do barril, estúpido

A Óleo e Gás Participações e a OGX Petróleo e Gás solicitaram à Agência Nacional de Petróleo (ANP) autorização para retomada de produção no Campo de Tubarão Martelo. As companhias têm intenção de voltar a produzir devido à elevação no preço do petróleo ocorrida nas últimas semanas. Antes da interrupção temporária, o FPSO OSX-3 estava produzindo em média 8,6 mil barris de óleo por dia. A ANP tem 60 dias para analisar a proposta.

Sentiram o golpe

A Folha de S.Paulo foi o jornal escalado nesta sexta-feira para tentar negar que a mídia internacional trata do impeachment no Brasil como um golpe institucional.

Visão internacional

O Nobel da Paz de 1980, o argentino Adolfo Pérez Esquivel, disse no Senado brasileiro que o processo contra Dilma Rousseff é um possível golpe de Estado.

Vire-se

Desabafo de um cliente e funcionário aposentado do BB: “Infelizmente, o Banco do Brasil de hoje não é mais aquele no qual ingressei em 1963. A administração é hostil aos clientes e funcionários. (…) É confortável alegar cláusulas desconhecidas pelos clientes, pois os contratos em geral não são dados a conhecer. É o chamado contrato de adesão, objeto de questionamento na Justiça. (…) Mudam para pior, como é usual. Criam armadilhas a cada dia (…)”

A queixa se refere ao pagamento de conta de cartão de crédito do BB no caixa eletrônico do próprio banco. A resposta da instituição financeira foi que “conforme consta na cláusula 3.6.3, o cliente é o responsável pela exatidão de datas de vencimentos, valores e beneficiários de créditos, referentes aos pagamentos, agendamentos de pagamento, transferências e depósitos efetuados pelo cliente em canais eletrônicos de atendimento (…)

Em resumo, os bancos eliminam caixas, demitem bancários e jogam a responsabilidade pelo serviço para o cliente. Nem ao menos isto representa redução nas tarifas; ao contrário, o aumento é sempre superior à inflação, muitas vezes disfarçado em mudanças nos “pacotes” oferecidos – pode-se dizer empurrados – aos correntistas.

Quem é quem

No próximo dia 9, o Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ) vai publicar o que considera a mais completa informação já divulgada sobre companhias secretas offshore e as pessoas por trás delas. O levantamento tem como base os documentos vazados no escândalo Panama Papers. Os dados poderão ser consultados e incluem mais de 200 mil companhias, trustes, fundações e fundos baseados em 21 paraísos fiscais, de Hong Kong a Nevada (EUA).

Quem financia quem

O ICIJ, grupo que reúne 190 jornalistas de 65 países, tem entre seus financiadores a Ford Foundation e a Open Society Foundations (cujo fundador e principal executivo é George Soros).

Rápidas

O segundo dos 12 seminários regionais de Fortalecimento do Turismo do Estado do Rio de Janeiro, planejados para cada uma das regiões turísticas fluminenses, foi realizado nesta sexta-feira, em Resende. Nos eventos são apresentados os projetos já realizados da Secretaria de Estado de Turismo do Rio de Janeiro/ TurisRio e as novas ações programadas, além de discutido o planejamento do turismo na região *** O administrador e consultor de empresas Roberto Barretto fará palestra na próxima terça-feira, às 19h, na Universidade Estácio de Sá, em Copacabana. O tema será “Estratégia e Inovação”. A palestra é aberta ao público.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Deputado bolsonarista: servidor não pode ser sacrificado

‘Sociedade acha que não é o momento da reforma administrativa’.

Engie valerá R$ 2,5 bi a mais após acordo com Aneel

Prorrogação da concessão sem pagamento de outorga.

Apelo de Biden ao multilateralismo fica sem crédito

Na ONU, presidente dos EUA desmente mundo dividido em blocos rígidos.

Últimas Notícias

Pitch Night Mulheres no Comando

Grupo de mulheres investidoras anjo autofinancia startup de tecnologia lideradas por elas mesmas.

Limite de R$ 1 mil para saques entre 20 h e 6h deve dividir opiniões

Crescimento de golpes obriga BC a adotar medidas restritivas Na tentativa de evitar fraudes, o Banco Central adotou esta semana duas medidas restritivas: limite de...

Brasileiros começam a descobrir a Mesa proprietária

No Brasil o conceito ainda é desconhecido para a maioria das pessoas, mas é possível ganhar dinheiro trabalhando como trader no mercado financeiro e...

China: US$ 1,47 tri em aeronaves nos próximos 20 anos

O mercado de aviação da China criará uma demanda de novas aeronaves comerciais avaliada em US$ 1,47 trilhão nos próximos 20 anos, informou uma...

Cerca de 51% das ações ordinárias da ES Gás serão vendidas

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o governo do Estado do Espírito Santo e a Vibra Energia (antiga BR Distribuidora) assinaram,...