Tecnologia: conheça o potencial da realidade virtual

Previsão de desenvolvimento nos próximos anos e impacto na sociedade em diversas frentes.

Informática / 09:19 - 9 de jul de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Domínio público

Uma interface avançada capaz de fazer com que o usuário consiga emergir e interagir com um mundo virtual criado unicamente pelo computador: esse conceito pode parecer algo possível apenas em filmes de cunho futurista e de ficção científica, mas a verdade é que isso está longe de ser utopia. Chamada de realidade virtual, essa tecnologia está presente na sociedade há algum tempo, mas ainda não teve nem um pouco de seu total potencial explorado.

Embora ainda possa soar abstrato projetar o futuro da realidade virtual, há vários indicativos que mostram como essa tecnologia pode se desenvolver nos próximos anos e assim impactar a sociedade em diversas frentes.

O jogo se tornando cada vez mais real

Ao jogar um game de última geração, a sensação de realidade é sentida de diversas maneiras através de gráficos super apurados e a qualidade de som de última geração. No entanto, se depender da realidade virtual, ainda há muito o que ser aprimorado com o potencial que essa tecnologia apresenta para o mundo dos games.

Já imaginou colocar um par de óculos e se sentir como se você estivesse treinando o FC Barcelona no Camp Nou? Isso é uma possibilidade por meio da realidade virtual, que está se aproximando dos jogos de simulação de esporte — como por exemplo o jogo The League, que está sendo produzido para diversas plataformas para ser o primeiro game de realidade virtual para esta modalidade.

Um outro exemplo de como os jogos de cassino podem ser incrementados com a presença da realidade virtual está nos jogos de blackjack. Com o principal objetivo do jogador é derrotar o dealer, no blackack é preciso não exceder 21 no valor total e ainda bater a mão da casa. Pelo fato de que o jogo é diretamente competido diante do dealer, a realidade virtual incrementa ainda mais a experiência de divertimento num ambiente online em que é possível ter contato “direto” com a banca.

A realidade virtual como um salva-vidas

Quando o assunto é realidade virtual e o futuro do consumo, geralmente as pessoas associam essa tecnologia com o entretenimento, mas nem só para este mercado que a tecnologia pode se desenvolver como relevante para o futuro.

Um exemplo de como a realidade virtual pode ser amplamente utilizada para outros fins é por meio da aviação, como um método importante de prevenção a possíveis imprevistos.

Imagine o seguinte cenário: um imprevisto enche a cabine do piloto de fumaça e impossibilita a visão do piloto. Sem visão para enxergar o painel do cockpit, ele puxa uma máscara debaixo de seu assento e a coloca no rosto de maneira prática. Essa máscara, especial e equipada com realidade virtual, faz com que o piloto tenha acesso a todos os mecanismos de controle do avião exibidos dentro da máscara — assim retomando o controle da aeronave ao comandante e impedindo qualquer possível desastre.

Tal cenário está sendo utilizado em fase de teste na FedEx Express, empresa que realiza centenas de voos todos os dias para entregas particulares em todo mundo. Nesse caso, eles estão testando o uso de uma máscara de oxigênio equipada com óculos inteligentes que, através da realidade virtual, possa tornar possível o piloto guiar o avião por meio do uso desse acessório.

Chamado de Smoke Assured Vision Enhanced Display (SAVED), o dispositivo, produzido pela empresa ODG, promete revolucionar a área da aviação por meio desta ferramenta de segurança que pode se tornar importante para os pilotos.

É claro que ainda serão necessários vários testes e melhorias para que o SAVED possa ser utilizado na aviação comercial, no entanto, a sua produção e os testes por uma empresa séria como a FedEx mostram que a tecnologia pode ter um grande futuro no ramo.

 

Uma tecnologia importante para o treinamento

Domínio Público

Colocar um par de óculos especial, emergir dentro de uma plataforma virtual e se sentir “dentro” de um novo mundo são as premissas da realidade virtual. Essas características possibilitam essa tecnologia ser utilizada no treinamento de funcionários de diversos setores.

É o que a empresa Panic Lobster, com atuação no mercado brasileiro, tem realizado nos últimos anos. “Ajudamos a desenvolver habilidades de comunicação nas pessoas, usando realidade virtual e outras tecnologias. Oferecemos soluções de treinamento para pessoas físicas e empresas que precisam desenvolver suas equipes”, afirma a descrição do produto em seu site oficial.

Com a tecnologia apresentada pela Panic Lobster, a aplicação do treinamento para pessoas de diferentes ramos se torna possível. Por exemplo, por meio da realidade virtual, um profissional da área da comunicação pode treinar um discurso perante a uma plateia lotada para assim perder o medo de falar em público.

Dessa maneira, é possível praticar a apresentação de um discurso para uma reunião de negócios e treinar a oratória para diversos fins. Tudo por meio da realidade virtual, que emerge a pessoa dentro de um mundo que parece real.

Além da área da comunicação, a realidade virtual também está sendo implementada para o treinamento de profissionais de diversas outras áreas, como aviação e a medicina.

 

Assessoria

 

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor