Tecnologia imersiva: uma nova âncora do setor imobiliário

239

Por Regina Teixeira, especial para o Monitor

Fundado há 61 anos, o Grupo Patrimar – que atua na construção, incorporação e comercialização de imóveis – está usando a tecnologia imersiva para ampliar o entendimento externo e atrair mais clientes para os seus empreendimentos de alta renda. Denominada arena imersiva de meta realidade, a Patrimar Xperience é uma ferramenta desenvolvida em parceria com a empresa norte-americana Yupix. A novidade foi inspirada nos lançamentos da cidade de Miami, na Flórida (EUA).

“Temos o hábito aqui na empresa de levar nosso time para conhecer o mercado imobiliário do exterior. Em uma dessas viagens internacionais que fizemos, conhecemos dois empreendimentos que utilizavam a tecnologia de meta realidade para o cliente visitar as áreas comuns e apartamentos decorados. Ficamos simplesmente encantados com a solução tecnológica e não medimos esforços para trazer a tecnologia em primeira mão para os nossos projetos no Brasil”, conta Alex Veiga, CEO do Grupo Patrimar.

A novidade foi usada na apresentação do luxuoso e sofisticado empreendimento residencial Icon Golf Residence (na Barra da Tijuca), localizado em um terreno com 12.788,78 m². Segundo Veiga, o Icon foi idealizado para encantar o cliente desde o primeiro contato no lounge de vendas. “É uma experiência de meta-realidade inédita no país para esta finalidade, levando a visitação a outro nível por meio dos sentidos”, resume o CEO. O empreendimento possui um Valor Geral de Vendas (VGV que é a soma do valor potencial de venda de todas as unidades de um empreendimento) de R$ 470 milhões.

Espaço Publicitáriocnseg

O Grupo Patrimar começou sua trajetória em Minas Gerais e hoje também está no interior de São Paulo e na cidade do Rio de Janeiro. O Grupo trabalha com empreendimentos voltados para alta renda, com a marca Patrimar Engenharia, e também para as classes econômica e média com a Construtora Novolar

Alex Veiga explicou à reportagem do Monitor Mercantil o que representa a tecnologia de experiência imersiva no mercado imobiliário. Ele também apontou suas impressões sobre o momento que atravessa o mercado de imóveis novos.

A tecnologia de experiência imersiva é uma nova tendência no mercado imobiliário de alto padrão?

-A tecnologia de experiência imersiva é uma tendência no mercado como um todo, não só o mercado de alto padrão. Isso porque ela permite que o cliente tenha uma experiência extraordinária, na medida em que ele consegue andar pelo empreendimento e enxergar o projeto imobiliário da maneira que ele efetivamente ficará. É uma experiência que, sem dúvidas, veio para ficar. Inspirada nos empreendimentos de Miami, nos EUA, a arena imersiva de meta realidade do Icon Golf Residence foi um sucesso no lounge de vendas da Patrimar.

Que avaliação faz do mercado de empreendimentos novos?

– Com relação ao mercado de empreendimentos novos, eu posso afirmar que esse mercado está muito aquecido, tendo em vista o sucesso dos últimos empreendimentos que foram colocados à venda pela Patrimar, como o Icon Golf Residence (na Barra da Tijuca) que vendeu 90% das unidades de alto padrão em apenas 48 horas. Isso é muito fácil de entender, uma vez que esses empreendimentos vêm com uma série de novidade pós-pandemia.

Parece que há neste momento uma oferta grande de venda de imóveis usados. A Patrimar faz retrofit?

-É justamente em decorrência desse sucesso, desse alto nível de comercialização dos empreendimentos novos, que existe um volume maior de imóveis usados à venda. Geralmente, as pessoas que adquiriram os imóveis novos colocam à venda os seus imóveis usados. Até o momento, a Patrimar não fez nenhum retrofit.

Na Zona Sul do Rio de Janeiro, há vários empreendimentos residenciais sendo construídos aproveitando parte de imóveis antigos. Seria esse um novo nicho para as construtoras para regiões que não possuem oferta de terrenos como é o caso da Zona Sul?

-As alternativas e possibilidades que estão surgindo na Zona Sul do Rio de Janeiro vieram para ficar, uma vez que o retrofit no mundo inteiro é considerado uma atividade extraordinária e porque esses imóveis estão situados em locais espetaculares. É possível observar o retrofit nas grandes capitais, como Nova York, Paris, Londres. É um mercado praticamente eterno que será uma constante daqui para frente no Rio de Janeiro, uma vez que não existe mais disponibilidade de terrenos na chamada Zona Sul.

Painel de participantes fechado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui