Teletrabalho

O governo espanhol vai permitir que cerca de 20 mil funcionários públicos, 10% do total do quadro do Estado, possam trabalhar em casa. De caráter voluntário e prevista para vigorar no final de 2008, o teletrabalho não poderá, porém, exceder 40% da jornada semanal. Pela proposta enviada pelo Ministério de Administrações Públicas, segunda-feira, ao Conselho Econômico e Social (CES), o empregado interessado no trabalho não-presencial deve ter pelo menos dois anos no serviço público, ter conhecimento de informática e ter cursado um curso de formação específica.

“After” Bush
A livraria Leonardo da Vinci, do Rio de Janeiro, promove, nesta quarta-feira, às 18h30, encontro com o economista Reinaldo Gonçalves, da UFRJ, para discutir as perspectivas das relações entre Brasil, Venezuela e Estados Unidos no campo energético após a visita do presidente dos Estados Unidos, George Bush. O livro O Brasil é viável? (Paz e Terra), dos professores Joaquim de Carvalho, João Paulo de Almeida Magalhães, Hélio Jaguaribe, Eduardo Ítalo Pesce e dos embaixadores Luiz Augusto Souto Maior e Amaury Porto de Oliveira, ajudará a enriquecer o debate. A livraria fica na Avenida Rio Branco 185 – subsolo.

Discriminação
Encerrada no último dia 9, a 51ª sessão da Comissão sobre o Status da Mulher, instalada dia 26 na sede das Nações Unidas, em Nova York, recebeu delegações de dezenas de países, que trataram de um assunto prioritário: “A eliminação de todas as formas de discriminação e violência contra as meninas”. A brasileira Legião da Boa Vontade apresentou uma declaração com boas práticas e recomendações colhidas nos diversos programas e projetos socioeducacionais que desenvolve há 57 anos em todo o país. Essas ações ultrapassam fronteiras, sendo replicadas na Argentina, no Paraguai, no Uruguai, na Bolívia, em Portugal e nos Estados Unidos.

Obstáculos
O Clube de Engenharia e a Associação Brasileira de Consultores de Engenharia (ABCE) realizam nesta terça, de 14h às 18h30, o seminário “PAC: Obstáculos a remover. O papel da Engenharia”. O evento será realizado no auditório do 22º andar do Clube (Av. Rio Branco, 124). Entre os palestrantes, o secretário de Política Nacional de Transportes do Ministério dos Transportes, José Augusto Valente, e o presidente do Sindicato Nacional da Construção Pesada, Luiz Fernando Santos Reis.

Custo Kassab
A Central de Outdoor, uma das principais empresas do setor, contesta os números do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PFL), sobre as demissões causadas pela proibição de publicidade externa na capital paulista. Segundo Kassab, não serão 20 mil, mas “apenas” 4 mil desempregados pela Lei 14.223, de setembro de 2006.
A Central insiste em que será extinto um mercado que gira R$ 200 milhões anuais, com demissão de 20 mil trabalhadores. “A lei deverá gerar pesadas indenizações da prefeitura para as empresas que terão suas atividades de comunicação encerradas pelo poder público, lucro cessante e altas custas trabalhistas. Ou seja, o ônus das indenizações recairá sobre os contribuintes”, alerta o presidente da Central de Outdoor, Raul Nogueira Filho.

Promessa
Cerca de 40 agricultores ocupam, desde o dia 5, a sede do Instituto de Terras e Cartografia do Estado do Rio de Janeiro, no Centro da capital. Eles querem pressionar o governo estadual a pagar a indenização pela compra da fazenda Sempre Verde, em Duque de Caxias, conforme determinação judicial e acordo assinado em fevereiro do ano passado. Cerca de 80 famílias aguardam a desapropriação efetiva da área.

Fuso horário
Anfitrião da reunião de secretários estaduais de Fazenda do Sudeste, o fluminense Joaquim Levy chegou mais de uma hora atrasado.

Sede
A falta de chuvas e a falta de luz (na área da distribuidora Ampla) obrigam a Região Metropolitana do Rio e as cidades de Niterói e São Gonçalo a economizar água.

Artigo anteriorLavagem segura
Próximo artigoBye bye, Bush
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Inflação e PIB expõem falácia do Teto dos Gastos

‘Faz sentido?’, pergunta Paulo Rabello. ‘Claro que não’.

Mirem-se nos exemplos da Shell e da Exxon

Petrobras é fundamental para o desenvolvimento brasileiro.

Governo pode – e deve – controlar progresso tecnológico

Tecnologias transformadoras do século 20 não teriam sido possíveis sem liderança do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

MPEs veem oportunidades geradas pela crise

Principal mudança foi alocação de recursos para trabalhar e atender remoto, seguida por investimentos em tecnologia para vendas não presenciais.

Mudança de sinais

Terça começou tensa para os mercados de risco no mundo; hoje, a expectativa para o dia é de Bovespa seguindo em recuperação.

Quatro conselheiros da Petrobras decidem deixar o cargo

Eles são representantes da União no Conselho da empresa, petrolífera divulgou nota ontem à noite.

Biden quer estados priorizando vacinação de professores

Presidente americano pediu que educadores recebam pelo menos uma dose de vacina.

PEC fiscal e lockdown ficam no radar em dia de PIB

Em Nova Iorque, as pressões dos treasuries e a queda das companhias de tecnologia tiveram forte impacto nas Bolsas.