Temperatura global ultrapassará marca de 1,5° de aquecimento até 2028

Maio foi 12º mês consecutivo de temperatura recorde; há 80% de chance de marca de 1,5° ser batida em ao menos 1 dos próximos 5 anos

137
Crianças se refrescam da alta temperatura no México
Crianças se refrescam do calor no México (foto de Francisco Canedo, Xinhua)

Há 80% de probabilidade de que as temperaturas globais médias anuais ultrapassem a marca de aquecimento de 1,5° Celsius em ao menos um dos próximos cinco anos, alertou a agência meteorológica e climática da ONU nesta quarta-feira, Dia Mundial do Meio Ambiente.

A probabilidade tem aumentado constantemente desde 2015, quando era quase zero, de acordo com a Atualização Global Anual da Organização Meteorológica Mundial (OMM).

A previsão é outro alerta severo de que o mundo está cada vez mais perto da meta de menor aquecimento estabelecida no Acordo de Paris, que visa limitar o aquecimento global a bem menos de 2° Celsius acima dos níveis pré-industriais, e prosseguir esforços para o limitar a 1,5° Celsius até ao final deste século, afirmou a agência climática com sede em Genebra.

Prevê-se que a temperatura média global perto da superfície para cada ano entre 2024 e 2028 seja entre 1,1° e 1,9° Celsius superior à linha de base de 1850–1900, de acordo com o relatório.

Espaço Publicitáriocnseg

O mês passado foi o maio mais quente já registrado em todo o mundo, marcando o 12º mês consecutivo de temperaturas médias globais recordes, informou a rede de monitoramento climático da União Europeia (UE) nesta quarta-feira.

Dados do Serviço Copernicus para as Alterações Climáticas (C3S) da UE revelaram que a temperatura média global do ar à superfície em maio de 2024 foi 0,65° Celsius acima da média de 1991–2020.

“É chocante, mas não surpreendente, que tenhamos alcançado esta sequência de 12 meses”, disse o diretor do C3S, Carlo Buontempo, em comunicado. Ele salientou que, embora esta sequência de meses recorde acabe por terminar, o padrão geral das alterações climáticas continua, sem sinais de reversão à vista.

A temperatura média global em maio de 2024 foi 1,52° Celsius acima da média pré-industrial de 1850–1900, marcando o 11º mês consecutivo igual ou superior a 1,5º Celsius, de acordo com dados do C3S.

Os dados também mostraram que a temperatura média global dos últimos 12 meses foi a mais alta já registada, situando-se 0,75° Celsius acima da média de 1991–2020 e 1,63° Celsius acima da média pré-industrial de 1850–1900.

Com Agência Xinhua

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui