32.4 C
Rio de Janeiro
sábado, janeiro 23, 2021

Tensão na política norte-americana

No exterior, os principais índices futuros de Nova Iorque mudaram para o negativo, após uma tentativa de alta mais cedo, essa migração ocorreu devido às tensões dos investidores com a decisão da Câmara dos Representantes sobre o impeachment do presidente Donald Trump, que deve ocorrer ainda hoje. Na Europa, as Bolsas também estão operando entre perdas e ganhos, em razão da cautela com as novas restrições impostas para conter a disseminação da Covid-19. Às 7h37, os futuros dos índices de Nova Iorque cediam 0,10% (Dow Jones), caía 0,16% (S&P 500) e recuava 0,06% (Nasdaq). Na Europa, Londres tinha queda de 0,11%, Paris subia 0,24%, enquanto o Dax, de Frankfurt avançava 0,09%. O euro valia US$ 1,2176, ante US$ 1,2208 da tarde de ontem. A libra era negociada US$ 1,3669, após US$ 1,3667 da véspera. O Dollar Index subia 0,16%, a 90,237 pontos. O juro da T-note de dois anos subia a 0,1489%, enquanto o da T-note de 10 anos cedia a 1,1207% e o retorno do T-bond de 30 anos baixava a 1,862%.

.

Thiago Penteado

Trader Mesa de Câmbio

Travelex Bank

Leia mais:

Mercados perdem tração

Crise política e Covid geram cautela aos agentes

Artigos Relacionados

Copom está alinhado com maioria da expectativa do mercado

Considerando foco na inflação de 2022, estamos considerando agora que BC começará a aumentar Selic em maio e não em agosto.

Primeira prévia dos PMI’s e avanço da Covid-19

Bolsa brasileira sucumbe ao terceiro dia de queda, mediante aos temores fiscais.

Exterior em baixa

Queda acontece em meio às preocupações com problemas para obtenções de vacinas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Copom está alinhado com maioria da expectativa do mercado

Considerando foco na inflação de 2022, estamos considerando agora que BC começará a aumentar Selic em maio e não em agosto.

Primeira prévia dos PMI’s e avanço da Covid-19

Bolsa brasileira sucumbe ao terceiro dia de queda, mediante aos temores fiscais.

Exterior em baixa

Queda acontece em meio às preocupações com problemas para obtenções de vacinas.

Más notícias persistem

Petróleo negociado em NY mostrava queda de 2,60% (afetando a Petrobras), com o barril cotado a US$ 51,75.

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.