Tensão por Covid-19 aumenta

No exterior, as operações de venda para realizações de lucros, após a alta da semana passada, junto com a preocupação com a pandemia da Covid-19 fazem com que os futuros dos índices de Nova Iorque e as Bolsas europeias caem. A marca “assustadora” de 90 milhões de casos confirmados de Covid-19 no mundo e os números de casos/mortes na Chinas fizeram com que a Covid-19 voltasse a tomar todas as atenções. Às 7h33, o futuro do Dow Jones cedia 0,59%, o S&P 500 caía 0,54% e Nasdaq recuava 0,41%. Na Europa, Londres tinha queda de 0,36%, enquanto a Bolsa de Frankfurt recuava 0,75% e a de Paris, 0,52%. Já o índice DXY, que mede a variação do dólar frente uma cesta de seis rivais fortes, marcava alta de 0,43%, a 90,485 pontos. O euro caía a US$ 1,2159, ante US$ 1,2227 na tarde de sexta-feira. A libra esterlina cedia a US$ 1,3495, após US$ 1,3570. Na China, as Bolsas fecharam em queda seguindo a cautela com a Covid-19 no mundo e a retomada do lockdown (confinamento) em diversas região do país, sendo assim, o índice composto de Xangai caiu 1,08%. Em Seul, o índice Kospi perdeu 0,12%. Na Oceania, o índice S&P/ASX 200 fechou em queda de 0,90%. Já o índice Hang Seng, de Hong Kong, encerrou o dia em alta de 0,11%. Tóquio não funcionou devido a um feriado no Japão. Às 7h20, o dólar valia 104,15 ienes, ante 103,95 ienes na tarde de sexta-feira.

.

Thiago Penteado

Trader Mesa de Câmbio

Travelex Bank

Leia mais:

Brasil segue cautela do exterior e opera em queda, dólar sobe

Comércio do Brasil com exterior desaba quase 10%

Artigos Relacionados

Mercado com cautela e inflação chega a 6,10% ao ano

No Brasil, o Ibovespa fechou com alta de 0,59%, em 118 mil pontos; avanço acompanhou o bom humor externo.

Bolsas mundiais operam sem direção única nesta sexta

Mercado local monitora reação do Bolsonaro sobre a decisão do ministro do STF para a instalação da CPI da Covid-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Eleição no Peru está indefinida. Empate técnico entre 5 candidatos

Primeiro turno será no domingo. segundo turno está previsto para o dia 6 de junho.

Equador: Não haverá contagem rápida no domingo de eleições

Arauz, candidato do ex-presidente Rafael Correa lidera as pesquisas com 37% das intenções de voto contra 30% do candidato do Aliança Creo, o banqueiro Guillermo Lasso.

Indicador econômico global mantém trajetória de recuperação

Segundo FGV, fato reflete avanço das campanhas de vacinação contra a Covid.

Brasil movimentou R$ 2 tri em transações com cartões em 2020

Transações digitais foram impulsionadas por modernização do mercado e pandemia.

IPCA de março variou abaixo da expectativa do mercado

Nossa projeção para o ano que vem permanece de 6,5%, podendo ser antecipada para este ano.