Tiro no pé

Os aposentados brasileiros não foram os únicos prejudicados pela introdução do fator previdenciário, que adiou para as calendas o direito à aposentadoria. A fórmula imposta aos  submetidos aos cinco anos do período de transição para o novo regime é tão draconiana que estimula a antecipação da aposentadoria antes do cumprimento do pedágio de tempo de contribuição e/ou idade. É que a cada mês a mais na ativa corresponde uma perda crescente no valor a receber. Com isso, a própria Previdência, embora mais adiante fosse pagar aposentadoria menos miserável, é atingida pela antecipação do pedido de aposentadoria e a conseqüente interrupção do recolhimento da contribuição aos seus cofres.

Dia de festa
“Rio, Mulher em Festa” é o evento em homenagem ao Dia Internacional das Mulheres que a vice-governadora do Rio, Benedita da Silva, realiza hoje, a partir de 9h, na Concha Acústica da Uerj. A abertura do evento será com show do grupo Os Morenos seguidapor outras atrações. O público receberá lanche e o refrigerante será liberado para as crianças. Também haverá sorteios de tratamentos de beleza (penteados afro, maquiagem e manicure, patrocinados pelo estúdio Afro Dai). Todas as mulheres receberão rosas. A iniciativa tem objetivo de resgatar a auto-estima das mulheres de baixa renda, afirma a vice-governadora.

Para inglês ver
A reação do presidente FH diante do anúncio dos Estados Unidos de que vão taxar as exportações brasileiras de aço, além de limitar a participação nacional naquele mercado, somente foi mais forte do que a velhota carola atacada por um maníaco sexual, como relembrava, ontem, o vizinho de página Janio de Freitas: “Se você não me largar em meia hora, eu começo a pedir socorro.”

Saídas
A se confirmar a previsão da Câmara de Comércio França-Brasil (CCFB), as exportações brasileiras para a União Européia (UE) devem crescer cerca de 10% nos próximos dois anos, chegando a R$ 16,2 bilhões em 2003. Como a CCFB, no entanto, não revelou sua estimativa sobre o desempenho das importações, não se sabe se é o caso de abrir o champanhe ou se preparar para pagar a conta.

Ficção & ficção
Uma das mais divertidas histórias que circulam na Internet trata da simulação de uma entrevista coletiva na qual Deus anuncia o fim do mundo para o dia seguinte e a forma como diferentes periódicos adaptariam a informação a seus estilos. A história vem a calhar a propósito da ameaça de o PFL deixar o governo, em resposta ao endurecimento do jogo nas hostes governistas para tentar garantir a participação de um candidato tucano no segundo turno das eleições para presidente.
Posto diante do desafio de sintetizar ficção e realidade, um editor espirituoso, mas não desprovido de seriedade, hoje, poderia manchetear: “PFL deixa o governo – é o fim do mundo!”.

Entradas
Não deixa de ter seu lado tragicômico a frase que anuncia a ação de um dos mais recentes vírus que atormentam a rede. Acompanhada do arquivo Coke.exe, a mensagem oferece um protetor de telas supostamente da Coca Cola. Ao abrir o arquivo, o usuário é brindado com o anúncio drink a coke and go to hell (beba uma coca e vá para o inferno), antes de ver desaparecer todos arquivos do computador.

“After Day”
Alguém poderia convocar algum daqueles especialistas em ações militares que palpitaram sobre os supostos desdobramentos da invasão dos Estados Unidos ao Afeganistão para explicar que conflito é esse no qual os invasores só começam a sofrer baixas depois que a guerra termina? Ou será que aquela superioridade norte-americana toda era apenas videoclipe?

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBenefício
Próximo artigoGuerra subterrânea

Artigos Relacionados

Qual a parcela de culpa da Ericsson no terrorismo?

Multi sueca é processada por pagar propina no Iraque que teria chegado ao Estado Islâmico.

BC eleva juros, mas inflação segue disseminada

Remédio errado a partir de diagnóstico equivocado.

Ainda é a economia

Redução dos preços coloca algum combustível na campanha de Bolsonaro.

Últimas Notícias

Seis milhões de empresas inadimplentes e o custo da dívida sobe 391%

Alta da Selic coloca empresas que possuem financiamentos e empréstimos em situação crítica.

Burocracia bancária faz sete em cada 10 brasileiros perderem dinheiro

Já Pix alcança o segundo lugar no ranking de meios de pagamento aceitos pelo comércio eletrônico.

‘Americano’?

Por Eduardo Marinho.

Jô Soares, eterno em nossos corações e mentes

Por Paulo Alonso.

Microcrédito para taxistas será votado na terça

Projeto de André Ceciliano abre linha de até R$ 80 mil para renovar frota.