Titanic

Ultimamente, a City londrina vem sendo chamada – até pelos jornais locais – de “Islândia sobre o Tâmisa”.

Deslumbrados
Mentes colonizadas produzem fatos colonizados. Se ignora os problemas que afetam mais diretamente a vida de seus leitores, ouvintes e telespectadores, a mídia tupiniquim é pródiga ao expor seu deslumbramento com o Governo Obama. Noves fora esquecimento do apoio militante à invasão do Iraque perpetrada por Bush, a imprensa nacional é pródiga em oferecer detalhes indispensáveis à vida dos brasileiros, como a marca do vestido de Michele Obama ou ainda detalhes sobre as qualidades de bailarino do novo presidente.

Serraram o Nassif
O jornalista Luis Nassif, que, semana passada, teve seu contrato de trabalho suspenso pela TV Cultura, controlada pelo Governo do Estado de São Paulo, atribuiu a decisão à proximidade das eleições presidenciais para a sucessão presidente Lula: “A maluquice das eleições de 2006 voltou antecipadamente; 2010 já começou, este é o ponto”, acusou Nassif em entrevista ao Portal Vermelho, acrescentando que, recentemente, criticou a publicidade da Sabesp, empresa paulista de água: “Como pode uma empresa com atuação estadual patrocinar eventos de televisão no Brasil inteiro?”.

Ordens de cima?
Na mesma entrevista, Nassif descartou a possibilidade de a demissão ter tido qualquer motivo de ordem profissional: “O Paulo Markun (presidente da Fundação Anchieta, a mantenedora da TV Cultura) não tomaria sozinho essa decisão… Se em dezembro ele acertava ampliar minha participação, é evidente que a mudança de orientação se deve a outros fatos”, contou o jornalista, que, agora, vai se dedicar ao seu blog.

Opção nacional
O setor turístico de Pernambuco espera que 2009 seja tão bom como foi 2008, quando houve um considerável aumento no fluxo de turistas nacionais e estrangeiros, assim como na captação de novos vôos internacionais e atração de empreendimentos. Segundo o presidente do Recife Convention Bureau (Recife CVB) e da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-PE), José Otávio de Meira Lins, em Recife e no Litoral Sul “a hotelaria está beirando os 100% de ocupação, graças ao trabalho de promoção realizado pela Prefeitura do Recife, o estado e iniciativa privada”.
A expectativa é que o turismo interno seja mais valorizado, já que a alta do dólar fez muitos brasileiros trocarem as viagens ao exterior por temporada de férias no Brasil. “A crise assusta todo mundo mas o dólar alto está fazendo pipocar nossas reservas no Litoral Sul (Porto de Galinhas) e na Região Metropolitana do Recife. Com o turismo de negócios e convenções, teremos de março a novembro de 2009 uma boa ocupação garantida”, completa José Otávio.

Primeira
O professor Bayard Boiteux, diretor da Escola de Turismo e Hotelaria da UniverCidade, ministra dia 27 a aula inaugural do MBA em Turismo e Negócios da Ucam.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPrivatistas
Próximo artigoRegra

Artigos Relacionados

Indústria naval apresenta propostas para eleições 2022

Setor quer deixar para trás maré ruim dos últimos 7 anos

Brics+ será gigante em alimentos e energia

Bloco ampliado desafia EUA rumo a nova ordem mundial.

Para combater Putin, adeus livre mercado

Teto para preço do petróleo é nova sanção desesperada do G7.

Últimas Notícias

Senado vai analisar vetos na Lei Aldir Blanc

Existe uma fila de 36 vetos aguardando votação dos senadores e deputados

Caixa: desconto de até 44% para regularizar penhor em atraso

As unidades com serviço de penhor disponível podem ser consultadas no site da Caixa

Índice de Preços ao Produtor (IPP) sobe 1,83% em maio

Das 24 atividades analisadas, 21 tiveram alta de preços

Acqio inclui transações via Pix em suas soluções de pagamento

Em abril os pagamentos feitos via Pix atingiram a marca histórica de 11,5%, no comércio eletrônico

Pedidos de empréstimos recuam e cartão continua vilão

Segmento teve queda de 8,3% no mês de maio.