Títulos de capitalização da Brasilcap premiam moradores da Região Sul

Morador de São Sebastião do Caí (RS) recebe R$ 428 mil com título Ourocap. Em Turvo (SC), felizardo ganha R$ 357 mil

Seguros / 23:27 - 22 de mai de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Os títulos de capitalização Ourocap são motivo de alegria para dois moradores da Região Sul. Em tempos de atenção à economia por conta da Covid-19, os mais novos contemplados podem concretizar planos e projetos de vida graças à disciplina financeira. Ambos são clientes da Brasilcap – empresa de capitalização da BB Seguros – e foram contemplados com prêmios que totalizam R$ 785 mil em sorteios do Ourocap.

Um dos felizardos é morador de São Sebastião do Caí (RS), município localizado a 60 qilômetros de Porto Alegre. Ele recebeu prêmio de R$ 428 mil, o equivalente a 178 vezes a renda mensal média do município, segundo dados do IBGE (2017). O cliente de 32 anos havia comprado seu Ourocap em janeiro e, agora, poderá organizar suas finanças, comprar uma casa confortável ou mesmo abrir um negócio próprio.

Já o prêmio de R$ 357 mil saiu para um cliente Ourocap da pequena cidade de Turvo, no sul de Santa Catarina. O valor é 162 vezes a renda média mensal da cidade, que tem 12 mil habitantes.

No primeiro trimestre deste ano, a Brasilcap contemplou 960 títulos de capitalização com um total de R$ 14,6 milhões – soma que certamente fez a diferença na vida de muitas famílias, especialmente no cenário trazido pela Covid-19.

Os estados da Região Sul estão entre os sete com maior volume de prêmios: Santa Catarina aparece em quarto com R$ 825 mil distribuídos para 283 títulos; em sexto, Rio Grande do Sul (R$ 808 mil para 207 títulos) e sétimo, Paraná (R$ 807 mil para 211).

No Brasil, a empresa distribuiu, no mesmo período, os seguintes montantes pelos estados: São Paulo (R$ 3,3 milhões para 805 títulos); Minas Gerais (R$ 1,9 milhão para 476 títulos) e Distrito Federal (R$ 917 mil para 383 títulos). A média é de R$ 162 mil distribuídos para 44 títulos a cada dia em todo o país.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor