Transpetro coloca em operação mais dois navios construídos em Pernambuco

Empresas / 04:32 - 7 de out de 2016

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Duas novas embarcações construídas para a Transpetro em Pernambuco começaram a operar nesta quinta-feira (6/10). O gaseiro Lúcio Costa e o suezmax Machado de Assis , respectivamente, 16º e 17º navios do Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef), partiram hoje para a sua primeira viagem. Oitavo suezmax construído pelo Estaleiro Atlântico Sul (EAS), o Machado de Assis seguirá para abastecimento em Salvador (BA). O navio tem capacidade para carregar cerca de um milhão de barris de petróleo. Com 274 metros de comprimento, seu porte bruto é de 157.700 toneladas. O Lúcio Costa, quarto gaseiro entregue à companhia, saiu do Estaleiro Vard Promar e seguirá para o Terminal de Suape. Com 117 metros de comprimento e capacidade para transportar 7 mil m³ de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), a embarcação está preparada para operar em todas as regiões do Brasil e na América do Sul. Essas duas entregas confirmam a qualidade dos serviços executados e exigidos pela companhia, em parceria com os estaleiros, o que possibilita uma melhora na eficiência logística para o escoamento da produção da Petrobras e incrementa os resultados da Transpetro. Atualmente, nove navios do Promef estão em fase de construção. No EAS são sete embarcações (dois suezmax e cinco aframax) e dois gaseiros no Vard Promar. A previsão de entrega dessas embarcações é até 2019.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor