Trem de carga China-Europa facilita exportações natalinas

Um trem de carga especial China-Europa que está transportando mercadorias de natal está a caminho de Duisburg, Alemanha, local onde as mercadorias serão enviadas para outros países europeus incluindo Polônia, Bélgica, Suécia, França e Holanda.

Um trem de carga China-Europa saindo do Parque de Comércio e Logísticas Internacional de Xi’an, Xi’an, noroeste da Província de Shaanxi da China, 13 de abril, 2021. (Xinhua/Li Yibo)

Xinhua - Silk Road

Shenzhen, 10 Nov (Xinhua) — Um trem de carga especial China-Europa que está transportando mercadorias de natal está a caminho de Duisburg, Alemanha, local onde as mercadorias serão enviadas para outros países europeus incluindo Polônia, Bélgica, Suécia, França e Holanda.

O trem está sido carregado com 50 TEUs (unidade de equivalência a 20 pés) de mercadorias com o valor equivalente a 20 milhões yuan (aproximadamente 3,1 milhões dólares americanos), partiu da cidade de Shenzhen no sul da China em 5 de novembro e espera-se chegar à Europa depois de mais ou menos 16 dias, disse a Alfândega de Shenzhen nesta segunda-feira.

Fabricado principalmente nas províncias Guangdong e Fujian, os itens para exportação apresentam uma alta demanda durante a temporada de compras de natal na Europa, como roupas, sapatos, equipamentos de ginástica, lareira elétrica, iluminação LED e peças automotivas.

O serviço de carga especial foi introduzido para atender as necessidades urgentes das empresas de comércio eletrônico transfronteiriças na Grande Área da Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau e cidades vizinhas.

“Setembro e outubro marcam a temporada de pico de expedição de pedidos natalinas. Porém, houve restrições de capacidade nos transportes marítimos e terrestres este ano por causa da pandemia Covid-19”, disse Wang Ping, vice gerente geral da Shenzhen Huashang International Supply Chain Service Co., Ltd., acrescentando que, sem o serviço de trem, os fabricantes terão de escolher o frete aéreo, que custa mais caro.

O serviço de trem pode cortar o custo de transportação em 30% comparado às rotas marítimas e é apenas 20% do custo de frete aéreo, Wang acrescentou, expressando sua alegria pelo arranjo “oportuno” do serviço.

Introduzida no agosto de 2020, a rota de 13.438km de Shenzhen-Duisburg está entre as mais longas linhas de trem de carga China-Europa. Até o final de outubro, ela já operou 131 viagens, transportando 81.400 toneladas de mercadorias com o valor superando 3,4 bilhões yuan.

As viagens de trem de carga China-Europa tiveram um ritmo de crescimento robusto desde o início de 2021, com o número total subindo 32% anualmente atingindo 10.030 pelo final de agosto, mostram os dados da China State Railway Group Co., Ltd.

Durante o período, os trens de carga transportaram aproximadamente 964.000 TEUs de contêineres de mercadorias, um aumento de 40% em comparação com o mesmo período em 2020.

Os trens de carga China-Europa operando ao longo de 73 rotas já transportaram mercadorias para mais de 170 cidades em 23 países europeus. O serviço do trem também forneceu suporte ao desenvolvimento econômico e social nos países e regiões ao longo da Cinturão e Rota.

Leia também:

Metrô construído por China em Vietnã começa as operações comerciais

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Brilhante comércio de cerejas entre a China e o Chile

Um total de 356.000 toneladas de cerejas foram exportadas do Chile durante a temporada 2021-2022, com 88% do total indo para a China, de acordo com a iQonsulting, uma empresa de consultoria, com sede em Santiago, capital do Chile.

Empresa chinesa construirá parque de ciências agrícolas em Paracatu

A Prefeitura de Paracatu, no estado brasileiro de Minas Gerais, assinou um acordo com uma empresa chinesa para abrigar um parque de ciências agrícolas, visando construir o maior centro sul-americano de pesquisa e desenvolvimento de sementes de soja e milho e da cadeia de suprimentos.

FMI Eleva pesos de renminbi e dólar na cesta de SDR

O Fundo Monetário Internacional anunciou no sábado um aumento no peso do renminbi chinês e do dólar americano na cesta de Direitos Especiais de Saque (SDR) após concluir a revisão quinquenal.

Últimas Notícias

Eletrobras anuncia lucro de R$ 2,7 bi no primeiro trimestre

Resultado foi gerado por redução de custos e contratos bilaterais; comissão da Câmara discute impacto da privatização.

Brasil deverá atingir 12,5% da produção mundial de algodão até 2030

Segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, em março, as cotações da commodity subiram em 5,41%.

TSE autoriza ‘vaquinha virtual’ para financiar candidaturas

Eleitores agora podem contribuir com os seus candidatos.

Botijão de gás poderia custar R$ 60

Segundo Fernando Siqueira, com média de R$ 114, aproximadamente, o botijão chega a custar até R$ 160.

IGP-10 varia 0,10% em maio

Queda verificada em abril e maio nos preços de grandes commodities agrícolas e minerais contribuiu para queda da inflação ao produtor.