Três perguntas: as perspectivas da terceirização do trabalho

Por Jorge Priori.

Conversamos com Daniel Machado de Campos Neto, CEO da EDC Group, sobre as perspectivas da mão de obra terceirizada no Brasil. Daniel trabalha em um modelo que ele chama de HRAS (Human Resource as a Service / Recursos Humanos como Serviços), no qual se oferece ao mercado um trabalho completo de forma a possibilitar que o departamento de recursos humanos do contratante passe a ser visto como uma consultoria de relações humanas, oferecendo um serviço mais especializado para toda a parte estratégica de desenvolvimento humano.

Um ponto interessante sobre o posicionamento da EDC é que o grupo faz questão de não trabalhar com o tripé que acabou rotulando esse mercado e diminuindo a sua dimensão: recepção, limpeza e segurança.

 

Na sua opinião, a visão estigmatizada sobre a terceirização de mão de obra e a utilização de mão de obra temporária mudou no Brasil? Como o mercado de terceirização é visto no exterior?

No Brasil ainda há um longo caminho a ser percorrido quando se fala de trabalho terceirizado. Aqui, a terceirização é vista como um “subemprego” e não como uma ferramenta estratégica de gestão de pessoas nas empresas, o que faz com que o Brasil apareça na lista dos maiores mercados para as consultorias de recursos humanos.

Para algumas pessoas, ser bem-sucedido no trabalho significa entrar numa empresa, ter uma carreira estável e criar vínculos por muitos anos. Neste contexto, o terceirizado era visto como instável e, portanto, mal sucedido. Os tempos mudaram, e as novas gerações não têm mais esse tipo de conexão com as empresas, possuindo uma outra visão sobre o sucesso profissional. O que era uma desvantagem, tornou-se uma vantagem: trabalhar em uma consultoria que oferece uma carreira dinâmica. Afinal, o profissional terceirizado pode atuar em diferentes empresas e projetos, sem ter que trocar de emprego toda hora.

Com relação a visão no exterior, de acordo com uma pesquisa realizada anualmente pela WEC (Confederação Internacional das Agências de Emprego), o mercado de terceirização e serviços de RH movimentou € 495 bilhões em 2019. Sendo que o setor de serviços foi o que mais contratou mão de obra terceirizada e temporária em todo o mundo. Na América do Sul, 47% da força de trabalho é terceirizada ou temporária.

Outro dado importante que podemos destacar é o percentual de profissionais terceirizados em relação à população economicamente ativa. O Brasil está na 12ª posição, atrás de países desenvolvidos como Inglaterra, Alemanha, França, Japão e Estados Unidos. A pesquisa revela que países desenvolvidos usam um percentual maior de mão de obra terceirizada que os países em desenvolvimento. Vale ressaltar também que nos países que citamos acima, o papel estratégico da terceirização já é compreendido por governos e empresários.

 

A EDC possui uma empresa especializada no outsourcing para mercados como automotivo, agribusiness, industrial, engenharia, facilities e correlatos. Como esses mercados podem utilizar de forma inteligente a terceirização de mão de obra?

Os setores da economia que trabalham com inovação e especialização precisam contar com o profissional certo na hora certa. Isso confere uma enorme vantagem competitiva para eles, pois muitas vezes não faz sentido para as empresas manter em seu quadro colaboradores especializados e caros. Neste contexto, a terceirização de mão de obra especializada se torna uma ferramenta estratégica, permitindo às empresas buscarem profissionais qualificados que contribuirão efetivamente em seus projetos.

Para o profissional especializado também é interessante trabalhar em empresas de outsourcing, pois eles estarão envolvidos em projetos diferentes e sendo desafiados a pensar e criar sempre que for solicitado para um novo job.

 

O cenário econômico tem se apresentado de forma desafiadora para 2022. Como você tem visto o impacto desse cenário na EDC?

Em 2021 a EDC Group se tornou uma holding, com três novas empresas: EDC Uni, EDC Serviços e EDC Engenharia. Nós oferecemos serviços de outsourcing especializado, mão de obra temporária, hunting, BPO e projetos especiais que visam fornecer o profissional adequado à necessidade das empresas, proporcionando a cada colaborador a oportunidade de crescimento e desenvolvimento.

Este ano, nós crescemos 60% em faturamento em meio a uma crise sanitária, econômica e política. Daqui a quatro anos, esperamos ser quatro vezes maiores. Estamos sempre atentos ao movimento do mercado e de olho nas mudanças. Nós já detectamos que, no longo prazo, a terceirização de colaboradores e mão de obra será uma tendência, porém ela precisa ser vista de forma estratégica para agregar valor às organizações.

Desde o início da pandemia, em 2020, a EDC Group acumulou não só crescimento exponencial, mas também ganhou robustez. Nas empresas, o departamento de RH passou a ser visto como essencial, pois as organizações precisam realizar muitas adaptações, oferecer benefícios e ainda cuidar da saúde mental de seus colaboradores. Com este novo cenário, nós fomos parceiros dos nossos clientes, fornecendo suporte a todas essas novas demandas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Petrobras informa sobre venda de direitos minerários de potássio

A Petrobras informa que iniciou a etapa de divulgação da oportunidade (teaser), referente à venda de seus direitos minerários para pesquisa e lavra de...

Brasilux entra no mundo do metaverso

Empresa cria evento com a apresentadora Renata Fan em auditório virtual.

Pronampe ainda não atende plenamente microempresas

Para entidade é necessário auxiliar o setor na retomada econômica.

Últimas Notícias

Fiagros têm captação líquida satisfatória até junho

Esses fundos entraram em operação em agosto de 2021

Vendas financiadas de veículos leves e pesados crescem pouco

Em relação a julho de 2021, no entanto, queda é de 18,8%

Índices influenciaram o mercado nesta semana

Ibovespa encerrou nesta sexta-feira com alta de 2,33%

Petrobras informa sobre venda de direitos minerários de potássio

A Petrobras informa que iniciou a etapa de divulgação da oportunidade (teaser), referente à venda de seus direitos minerários para pesquisa e lavra de...

China aposta no controle da inflação este ano

BPC: condições favoráveis para manter os preços geralmente estáveis