Três perguntas: cuidados com day trade, influenciadores e criptomoedas

Por Jorge Priori.

O day trade é uma operação maravilhosa que permite ganhar dinheiro sem ter dinheiro, sendo necessário apenas comprar e vender com lucro no mesmo dia. Para aprender a fazer isso, a pessoa precisa contratar um curso com preço especial, cujas propagandas são veiculadas através de plataformas como o Youtube.

Ok, mas isso é verdade mesmo? Para tirarmos essa dúvida, conversamos com Tiago Cespe, fundador da Cespe Educação Financeira e da Cespe Investimentos, primeiro escritório do Rio de Janeiro credenciado pelo Safra Invest. Também conversamos sobre influenciadores digitais e analistas, e sua opinião sobre o mercado de criptomoedas.

 

O apelo do day trade é muito utilizado para atrair a atenção dos investidores, principalmente dos iniciantes. Essa operação é tão simples quanto parece? É possível ganhar dinheiro de forma constante, tranquila e segura com day trade?

O day trade realmente não é simples. Para fazê-lo, uma pessoa pode usar a análise gráfica. Um home broker, por exemplo, gera os gráficos para um investidor, mas o que ele está vendo está sendo visto por todos os investidores, pois todos têm o mesmo acesso.

Não é com um curso ou com uma live que uma pessoa vai aprender a fazer análise gráfica. Existem diversas técnicas diferentes que são conhecidas por todos os investidores profissionais. Para que uma pessoa possa utilizar a análise gráfica, ela deve fazer ao menos três cursos.

Tão importante quanto isso, a pessoa tem que se identificar com o mercado financeiro, pois o que mais derruba as pessoas na bolsa de valores é o emocional. Quando uma pessoa está usando um simulador, ela está tranquila. Quando se coloca o dinheiro da sua vida em jogo, é muito mais complicado. A pessoa coloca um ponto de entrada e saída. O mercado começa a cair e bate no ponto de stop (venda). Se a pessoa não tiver um emocional equilibrado, uma visão estratégica, ela não vai sair na hora em que tem que sair.

As pessoas que são atraídas pelas propagandas de day trade têm a ganância de ganhar dinheiro rápido, a qualquer custo. O problema é que a quantidade de pessoas que ganham é muito menor que a quantidade de pessoas que perdem. As pessoas que ganham já têm uma jornada de experiência. Uma pessoa com cinco anos de mercado financeiro já começa a ter uma estratégia.

Com relação aos valores, a pessoa deve investir pequenos montantes, ainda mais se for operar no mercado de opções ou futuro. Esse valor não pode fazer falta, pois ele vai ser usado como um aprendizado. Depois de um ano e meio acertando 70% ou mais das operações feitas, a pessoa pode começar a pensar em aumentar o valor investido.

Muitas pessoas na internet te influenciam a pegar todo o seu patrimônio e investi-lo na Bolsa. O pior que pode acontecer é a pessoa ganhar as três primeiras operações. Ela vai ficar confiante demais, pegar todo o seu dinheiro e colocá-lo na Bolsa. É quando ela começa a perder. Daqui a pouco, a pessoa vai olhar e ver que perdeu o seu dinheiro, o dinheiro da família e o dinheiro dos amigos. Essa história se repete ano a ano.

O day trade tem que ser visto como um caminho de médio e longo prazo, onde a pessoa vai aprender a gerir o seu dinheiro e fazer essas operações.

 

Quais são os cuidados que as pessoas devem ter com influenciadores digitais e casas de análise?

Quando uma pessoa começa a estudar, ela deve buscar profissionais que realmente são capacitados com a certificação de analista CNPI (Certificado Nacional do Profissional de Investimento). Verificar se esse profissional atua no mercado financeiro na prática, não sendo apenas um teórico. Muito menos alguém que acabou de aprender e acha que pode ficar replicando o que aprendeu, sem nunca ter ganho dinheiro na Bolsa. Pior: se investiu, perdeu e resolveu ganhar dinheiro vendendo cursos de day trade. O que mais acontece são pessoas que perderam dinheiro na Bolsa e fazem posts dizendo que acertaram. Isso é muito fácil de ser montado.

A pessoa também pode buscar um gestor de fundo ou um agente autônomo de investimentos, mas que atue no mercado financeiro e que realmente utilize o que vai ensinar. Depois disso, a pessoa deve buscar outro especialista para aprender técnicas diferentes.

Isso também serve para casas de análises. Se os analistas de uma casa de análise foram processados pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e perderam seus certificados, eles não são mais especialistas do mercado financeiro, portanto suas opiniões não deveriam ser consideradas.

Se realmente é possível ganhar milhões fazendo operações de day trade na Bolsa, por que existem influenciadores e analistas gráficos ministrando cursos em vez de gastar o próprio tempo fazendo essas operações? É porque isso não é verdade. Pode acontecer de você ganhar 100, 200, 300% numa operação, mas isso não será constante. Quem sabe fazer isso de verdade não fica vendendo curso.

 

Como você tem visto o mercado de criptomoedas?

Na minha opinião, como as criptomoedas foram desenvolvidas para que o proprietário não seja identificado, elas são muito utilizadas para lavagem de dinheiro. Elas também são influenciadas por pessoas muito conhecidas que fazem um simples twitter para gerar valorizações, fazendo com que outras pessoas entrem no mercado sem fundamento algum.

Pode ser que no futuro as moedas sejam digitais, mas será necessário criar muitas regras de segurança para isso. Da forma como ocorre hoje, eu não recomendo investir em criptomoedas.

Se for o caso, no Brasil existe uma forma segura de se investir nesse mercado. Trata-se do ETF HASH11 negociado na B3. Pelo HASH11 o investidor está exposto ao desempenho do índice Nasdaq Crypto Index (NCI) que busca refletir o desempenho de uma cesta de criptomoedas.

É preciso estudo, inteligência financeira e emocional para que uma pessoa consiga conviver com as oscilações abruptas que acontecem no mercado de criptomoedas, que é influenciado por forças obscuras e fora de qualquer tipo de análise que possa ser feita.

Leia também:

Três perguntas: o mercado de criptomoedas em maio de 2021

Artigos Relacionados

B3 acolhe novo fundo gerido pela XP Asset

Aconteceu nesta terça-feira, na B3, o toque de campainha para comemorar o lançamento de mais um ETF (Exchange-Traded Fund), que é um fundo de...

Queda do bitcoin era um movimento esperado

A criptomoeda bitcoin teve uma queda abrupta e se aproximou de US$ 34 mil nesta terça-feira, pela primeira vez em cinco meses. O recuo...

TCU: Ferrovia Malha Oeste não presta serviço adequado

Falhas na fiscalização da ANTT permitiram degradação da linha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

CVM lança novo Sistema de Gestão de Fundos de Investimento

A partir de 5 de julho, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) irá disponibilizar o novo Sistema de Gestão de Fundos de Investimento (SGF)....

B3 acolhe novo fundo gerido pela XP Asset

Aconteceu nesta terça-feira, na B3, o toque de campainha para comemorar o lançamento de mais um ETF (Exchange-Traded Fund), que é um fundo de...

Airbus e chinesa AVIC fazem parceria

Um projeto de equipamento de fuselagem do Airbus A320 foi lançado em conjunto pela Airbus e pela Aviation Industry Corporation of China (AVIC) nesta...

BID lança guia para ajudar na emissão de títulos sustentáveis

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) lançou um guia para auxiliar e fomentar a emissão de títulos temáticos. O lançamento acontece por meio do...

Vivant lança lata comemorativa ao Dia Internacional do Orgulho LGBT

A lata estampa as cores do arco-íris e traduz o posicionamento da empresa sobre o respeito à diversidade.