Três perguntas: Simpress – a pandemia, perspectivas e desafios

Por Jorge Priori.

A Simpress é uma empresa especializada em infraestrutura base de TI. Trabalhando com o modelo de outsoursing de equipamentos e soluções, a empresa teve que se adaptar a uma nova realidade dos seus clientes causada pela pandemia: o home office.

Conversamos sobre o processo de adaptação da empresa com seu CEO, Vittorio Danesi. Fundada em 2001, a Simpress foi adquirida pelo Grupo Samsung em 2016. No ano seguinte, a empresa passou a fazer parte da HP (Nyse, HPQ; B3, HPQB34) depois que a multinacional americana comprou a divisão de impressoras da Samsung.

 

Quais foram os impactos da pandemia na Simpress?

A Simpress desenvolveu o modelo SaaS – Simpress as a Solution – tendo como base itens como PCs, notebooks, smartphones, coletores de dados e impressoras laser e térmicas. Trata-se de itens fundamentais para a automatização de operações de setores como comércio, indústria, saúde e, agora, do modelo home office.

Com a adoção do home office devido à pandemia, o outsourcing de impressão foi a área de atuação mais impactada. Nosso faturamento chegou a cair de 25% a 30% com a queda no volume de impressões. Esse fato vem sendo revertido passo a passo. Ainda em 2020, o composto de ofertas Simpress Negócios equilibrou a receita perdida em impressão a laser. Esse comportamento se confirmou no início de 2021.

Tivemos um forte crescimento de outsourcing de notebooks, smartphones, tablets e coletores de dados. Havíamos começado a trabalhar com esses itens no final de 2019, e isso foi muito demandado pelos clientes devido à pandemia. As empresas precisaram se estruturar para que seus colaboradores passassem a trabalhar de casa.

Temos também o exemplo dos centros logísticos de distribuição de produtos adquiridos pelos e-commerce, que demandaram maior quantidade de equipamentos, como impressoras térmicas e coletores de dados.

 

Como a Simpress se saiu nos primeiros meses de 2021?

Com os aprendizados do ano passado, 2021 começou positivo para nós. No primeiro trimestre, a Simpress cresceu 17% em relação ao mesmo período do ano passado. O volume de contratos firmados aumentou 21%. A maior parte envolve notebooks, smartphones e tablets. Foram mais de 32 mil equipamentos expedidos só no início deste ano.

 

Quais são as perspectivas e desafios da empresa?

Vejo uma melhora nas expectativas para os próximos meses, apesar de a pandemia não estar controlada e do surgimento de novas cepas ao redor do mundo. Nesse momento, já temos mais informações e já aprendemos com o que vivemos em 2020. Mesmo atrasados, se a vacinação não sofrer mais interrupções, acredito que o cenário brasileiro melhore a partir de agosto/setembro.

A Simpress sai dessa experiência melhor posicionada no mercado. A cultura do Outsourcing of Things (OoT; em português, terceirização das coisas) ganhou força. As empresas estão mais maduras, e o mercado exigindo cada vez mais dos executivos. Terceirizar o gerenciamento de equipamentos de TI é benéfico para todos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Petrobras: mais prazo de inscrição no novo Marco Legal das Startups

Interessados em participar do primeiro edital da Petrobras baseado no novo Marco Legal das Startups (MSL) poderão inscrever-se até o dia 12 de dezembro....

Vantagens e desvantagens de aderir ao ROT em São Paulo

Contribuinte que não optar arcará com mais obrigações acessórias.

Últimas Notícias

Mercado corre do risco em momento de estresse

Se tem uma coisa que o mercado é previsível é com relação ao seu comportamento em momentos de estresse é aversão ao risco. “Nessa...

Petrobras: mais prazo de inscrição no novo Marco Legal das Startups

Interessados em participar do primeiro edital da Petrobras baseado no novo Marco Legal das Startups (MSL) poderão inscrever-se até o dia 12 de dezembro....

Canal oficial para investidor pessoa física na B3

A partir desta sexta-feira, a nova área logada do investidor da B3, lançada em junho, passa a ser o canal que centraliza todas as...

Fitch Ratings atualiza metodologia de Rating de Seguros

A Fitch Ratings, agência de classificação de risco, publicou nesta sexta-feira relatório de atualização de sua Metodologia de Rating de Seguros. Segundo a agência,...

STF desbloqueia bens de Lula

Por maioria de três votos a um, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta sexta-feira, desbloquear os bens do ex-presidente Lula...