Tunga

Dois novos artifícios da banca ameaçam os bolsos da clientela. Uma das malandragens é dirigida contra os que, tendo sendo clientes de mais de um banco, não desejam pagar CPMF nas transferências para suas próprias contas. Além de vários bancos, como o Banespa, cobrarem pela concessão do cheque usado exclusivamente para essa operação, muitas instituições, como o mesmo Banespa e o Banco do Brasil, decidiram caracterizar os detentores desse tipo de talão como usuários de cheques comuns, que não sofrem restrições para qualquer tipo de operação. Com isso, passaram a cobrar pela manutenção das contas, inclusive as usadas exclusivamente para receber salários.
Tunga II
A segunda malandragem consiste em redefinir, segundo os interesses da banca, o conceito de conta-salário, modalidade isenta pelo Banco Central de qualquer tarifa de manutenção. Para os comuns mortais, conta-salário é aquela na qual recebe exclusivamente seu salário, sem movimentações adicionais nem utilização de outros serviços, além do saque do salário. Para a banca, porém, a redefinição de conta-salário exclui o uso de um talão de cheque mensal, embora o BC faculte o cliente de optar entre a concessão de um talão de cheque ou um cartão eletrônico. Não por acaso, a turma do Proer já faturou R$ 4 bilhões com cobrança de tarifas até os primeiros três meses deste ano.

Investida
Após adquirir 30% do Globo.com, a Telecom Italia poderá fazer uma investida no site do Grupo Clarín, na Argentina. Quem informa é a revista Ponto-com, que estreou em agosto com noticiário sobre Internet focado na América Latina. A reportagem de capa da publicação esbarrou na realidade: ao falar das sete vidas de Juan Villalonga à frente da Telefónica S/A, a revista não contava que o “equilibrista”, como qualifica o executivo, iria cair do posto em seguida.

Sucessão
A CUT realiza seu congresso nacional na semana que vem. Na ocasião será decidido quem será o sucessor de Vicentinho na presidência da entidade. Dois candidatos disputam a indicação, na corrente majoritária do movimento, a Articulação: João Vaccari Neto, presidente do Sindicato dos Bancários, e João Felício, do Sindicato dos Professores. Ambos são de São Paulo.

Assaltos
Relatório mostrando a incidência dos assaltos e outras ocorrências vinculadas à segurança em agências bancárias será entregue amanhã ao secretário de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro, Josias Quintal. O levantamento foi elaborado pelo Sindicato dos Bancários e compreende o período de janeiro de 1998 até maio último.

Fobia
Como esta coluna previra terça-feira, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CJC) do Senado engavetou ontem o requerimento do senador Pedro Simon (PMDB-RS) para que fosse desarquivada a CPI dos Corruptores, corolário abandonado do impeachment de Collor. O parecer contrário do relator, senador Bernardo Cabral (PFL-AM), foi acompanhado por 15 senadores, contra sete que apoiaram o requerimento de Simon. Simon atribuiu o resultado a uma “pressão fantástica” de setores do empresariado sobre os senadores.

Expiação
A nomeação de Michel Camdessus para o Conselho Pontifício do Vaticano, responsável pelas políticas sociais da Igreja Católica, só pode ter uma intenção: purgação.

Fundos
Nos próximos dias 22 e 23 será realizado em Brasília o 1º Congresso Nacional dos Fundos de Pensão, promovido por seus associados. Entre as propostas a serem apresentadas consta a criação de uma entidade nacional, que congregaria os associados de alguns bilhões de dólares, até porque o TCU já recomendou, pelo menos para a Funcef, a direção paritária da instituição.

Fantasma oficial
Um cidadão que se inscreveu no CPF em março deste ano resolveu, por curiosidade, consultar o site da Receita Federal na Internet para conferir que estava tudo em ordem. Para sua surpresa, após dezenas de tentativas e incontáveis horas de espera, recebeu a resposta que seu número de CPF havia sido cancelado.

Artigo anteriorFumaça baiana
Próximo artigoMercado & realidade
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Cristiano Ronaldo, Coca-Cola e Nelson Rodrigues

Atitude do craque português realmente derrubou ações da companhia de bebidas?

Empresa pode dar justa causa a quem não se vacinar?

Advogado afirma que companhias são responsáveis pela saúde no ambiente de trabalho.

No privatizado Texas, falta luz no inverno e no verão

Apagões servem de alerta para quem insistem em privatizar a Eletrobras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Brasil: 3º maior em descomissionamento offshore em 10 anos

Tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 1584/21 que propõe regras para o desmonte e a reciclagem de embarcações e de instalações...

Eve faz parceria para acelerar soluções de mobilidade aérea urbana

A Eve Urban Air Mobility Solutions, Inc (Eve), da Embraer, e a Skyports, companhia líder no segmento de vertiportos, anunciaram nesta segunda-feira uma parceria...

UE promete tolerância zero em relação a fraude

A Comissão Europeia vai ter “tolerância zero” em relação à fraude e às “desconformidades” na utilização dos fundos europeus por parte dos 27 Estados-membros...

Primeiros REITs da China começam a ser negociados

O primeiro lote de fundos de investimento imobiliário em infraestrutura (REITs, sigla em inglês) da China começou a ser negociado nesta segunda-feira, com cinco...

Investimento estrangeiro direto recua 20 anos no Brasil

Os fluxos de investimento estrangeiro direto (IED), devido a crise da Covid-19, despencaram globalmente em 35% em 2020, ao passarem de US$ 1,5 trilhão...